Análise microbiológica de Staphylococcus aureus na feira da Panair, Manaus - AM / Microbiological analysis of Staphylococcus aureus at the fair of Panair, Manaus - AM

Natália Manuela Cardoso de Oliveira, Flávia de Carvalho Paiva Dias, Julia Eudoxia Decaris Rolim, Edson Francisco do Espírito Santo

Abstract


A ausência de cuidados durante a cadeia produtiva pode comprometer a qualidade do pescado comercializado. Staphylococcus aureus é uma das principais bactérias patogênicas transmitidas principalmente pela manipulação inadequada, sendo considerado um micro-organismo responsável por grande parte dos surtos de intoxicação alimentar. Neste contexto, essa pesquisa teve como objetivo isolar e identificar Staphylococcus aureus em locais da Feira da Panair, localizada no município de Manaus - AM, e orientar os comerciantes quanto às boas práticas de manipulação de pescado. Foram coletadas amostras biológicas por meio de swabs estéreis, sendo cinco esfregaços das bancadas e cinco esfregaços das mãos dos manipuladores do estabelecimento em questão. Após a coleta, as amostras foram avaliadas quanto à presença bacteriana conforme a Instrução Normativa 62/2003, acrescentando-se o teste de Manitol aos testes complementares. Os resultados evidenciaram que 80% das mãos (4 amostras) e 60% das bancadas (3 amostras) apresentavam contaminação pelo micro-organismo. Em função desses resultados, realizou-se palestra sobre “Boas Práticas de Manipulação de Pescado” aos feirantes. A partir dos dados desse trabalho pode-se afirmar que o S. aureus é uma realidade entre os manipuladores da Feira da Panair, podendo assim contribuir na transmissão de doenças por alimentos (DTA’s).

 

 


Keywords


Boas práticas de manipulação do pescado, contaminação bacteriana, doenças transmitidas por alimentos, educação sanitária.

References


Albuquerque, W. F., Vieira, R. H. S. F., Vieira, G. H. F. (2006). Isolamento de Staphylococcus aureus do gelo, água, bancadas e vendedores de pescado da feira do Mucuripe, Fortaleza, Ceará. Revista Ciência Agronômica, 37(3), 299-303.

Brasil, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. (2013). Microbiologia Clínica para o Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde. Módulo 6: Detecção e identificação de bactérias de importância médica (1. ed). Brasília: Anvisa.

Brasil, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. (2019). Lista de Padrões Microbiológicos para Alimentos Prontos para Oferta ao Consumidor. Instrução Normativa N°. 60, de 26 de dezembro de 2019.

Brasil, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. (2003). Métodos Analíticos Oficiais para Análises Microbiológicas para Controle de Produtos de Origem Animal e Água. Instrução Normativa N°. 62, de 26 de agosto de 2003.

Brasil, Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. (2019). Guia de Vigilância em Saúde: volume único (3. ed). Brasília: Ministério da Saúde.

Downes, F. P., Keith, I. (2001). Compendium of methods for the microbiological examination of foods. (4. ed). Washington (D.C): American public health association.

Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO). (2018). El estado mundial de la pesca y la acuicultura 2018. Cumplir los objetivos de desarrollo sostenible. Roma: FAO.

Feitosa, A. C., Rodrigues, R. M., Torres, E. A. T., Silva, J. F. M. (2017). Staphylococcus aureus em alimentos. Revista Interdisciplinar da Universidade Federal do Tocantins, 4 (4), 15-31.

Infopesca. (2010). O mercado de pescado na região metropolitana de Manaus. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2020.

Macedo, V. F., Zanardo, J. G., Lopes, R. P. C., Mendonça, F. M. S., Raymundo, N. L. S., Moraes, R. (2016). Prevalência de coliformes e Staphylococcus aureus em mãos de manipuladores de feira livre de Vitória - ES. Revista Salus Journal Of Health Sciences, 2 (2), 27-38.

Ministério da Saúde. (2019). Doenças transmitidas por alimentos: causas, sintomas, tratamento e prevenção. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2020.

Moura, C. M. C., Costa, J. A., Sousa, A. M., Filho Santos, J. H., Bacelar, R. G.A., Santos, J. T. O., Muraton, M. C. S. (2018). Avaliação da qualidade microbiológica de filés de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus) e do gelo e a interação dos fatores após armazenagem. Revista Medicina Veterinária do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade Federal Rural de Pernambuco, 13 (3), 10-13.

Oliveira, A. B. A., Paula C. M. D., Capalonga, R., Cardoso, M. R. I., Tondo, E. C. (2010). Doenças transmitidas por alimentos, principais agentes etiológicos e aspectos gerais: uma revisão. Revista Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 30 (3), 279-285.

Olivetto, M. C., Ferraz, R. R. N. (2018). Qualidade microbiológica do consumo de pescado cru na culinária japonesa: síntese de evidências. Revista International Journal of Health Management Review, 4 (1), 01-05.

Organização Pan-Americana da Saúde. (2019). Segurança de alimentos é responsabilidade de todos. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2020.

Ponath, F. S., Valiatti, T. B., Sobral, F. O. S., Romão, N. F., Alves, G. M. C., Passoni, G. P. (2016). Avaliação da higienização das mãos de manipuladores de alimentos do Município de Ji-Paraná, Estado de Rondônia, Brasil. Revista Pan-Amazônica de Saúde, 7 (1), 63-69.

Resende, F. R., Fernandes, F. M. (2017). Incidência de Staphylococcus aureus em mãos de manipuladores de alimentos de unidades de alimentação e nutrição de Leopoldina (MG). Revista Científica da Faminas, 12 (1), 15-25.

Santos, G. M., Cavalcanti, B. S., Sampaio, M. M. R., Bomfim, A. V., Leal, M. J. B. (2018). Avaliação das condições higiênico-sanitárias de manipuladores e verificação da temperatura de comercialização do pescado em um mercado de peixe de Teresina-PI. Revista Eletrônica da FAINOR, 11 (1), 123-134.

Silva, A. T. F., Rocha, P. G. G., Filho Fonseca, L. B., Costa, C. A., Nascimento, J. C. S., Neto Carvalho, P. M. (2017). Alterações microbianas dos produtos de pescado curados: Revisão. Revista Pubvet, 11 (7), 658-661.

Silva, C. S. Condições higiênicossanitárias dos postos de comercialização de pescado nas feiras-livres e no mercado municipal de Aracaju – SE. 44p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Instituto Federal de Sergipe (IFS), São Cristovão, 2017.

Silva, J. B., Wanzeler, E. W., Guedes, R. M., Prazeres, A. R., Mescouto, L. G. B., Silva, E. V. C. (2020). Detecção de Staphylococcus coagulase positivo em peixes salgados e secos. Revista Brazilian Journal of Development, 6 (2), 6681-6692.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-434

Refbacks

  • There are currently no refbacks.