Políticas públicas de prevenção à criminalidade: o Programa Escola da Vida do Corpo de Bombeiros Militar do Pará / Public policies for the prevention of criminality: the school of life Program of the Military Fire Brigade of Pará

Helton Charles Araújo Morais, Andréa Bittencourt Pires Chaves, Rodolfo Gomes do Nascimento

Abstract


Objetivo: O presente estudo objetiva analisar o Programa Escola da Vida implementado pelo Corpo de Bombeiro Militar do Pará como uma política pública de prevenção da criminalidade. A escolha do tema resulta da importância de discutir mecanismos viáveis de prevenção à criminalidade no Brasil. Método: O estudo foi desenvolvido à luz da pesquisa qualitativa descritiva por meio do levantamento bibliográfico e pesquisa documental. Resultados e discussão: o Programa Escola da Vida é uma importante política pública de prevenção à criminalidade, assegurando a proteção de crianças e jovens cidadãos vulneráveis socioeconomicamente. Considerações finais: Na guisa conclusiva foi possível relatar o imperativo das políticas públicas de segurança na direção da prevenção. Acredita-se na premente necessidade de implementar um amplo programa com políticas públicas de segurança em prol da cidadania aliada à educação e na possibilidade da geração de renda para comunidades carentes.

 


Keywords


Políticas Públicas. Prevenção da Criminalidade. Programa Escola da Vida.

References


ABRAMOVAY, M. Cotidiano das escolas: entre violências. Brasília: UNESCO, 2005.

ABREU, J. e FERRARI, M. C. Retrato social da discriminação racial e da marginalização criminal do negro no Brasil: um estudo do perfil sócio racial dos detentos do Presídio Regional de Tijucas (SC). Revista Brasileira de Ciências Criminais. São Paulo.17, (77), 2010.

ALBERTO, M. et al. Programa de erradicação do trabalho infantil e garantia de direitos. Revista Direitos Fundamentais & Democracia. 22, (1), 2017.196-227.

ATLAS da Violência. mapeia os homicídios no Brasil. Brasília. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=30253. Acesso em: 13 jun. 2019.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BATISTA, A. et al. Metropolização, homicídios e segurança pública na área metropolitana de Brasília: o município de Águas Lindas de Goiás. Sociedade e Estado. 31, (2), 2016. 433-457.

BEATO FILHO, C. Crimes e cidades. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br. Acesso em: 20 jun. 2020.

_______ Lei 8.069/90. Disponível em: http://www.planalto.gov.br. Acesso em: 20 jun. 2020.

BECCARIA, Cesare. Dos Delitos e Das Penas. São Paulo: Atlas, 2012.

BELGA, M. et al. Concepções de programas de prevenção à violência e promoção da cultura de paz. Cadernos Saúde Coletiva. 25, (2), 2017.

CARVALHO, V. et al. Política de segurança pública no Brasil: avanços, limites e desafios. Revista Katálysis. 14, (1), , 2011. 59-67.

CBMPA. Boletim Geral Nº 188 de 07 de 0utubro de 2013 do CBMPA.

_______. Projeto Político Pedagógico do Programa Escola da Vida, CBMPA, 2015, Belém do Pará, 2019.

_______. Regimento interno do programa escola da vida do CBMPA, CBMPA, 2013, Belém do Pará, 2013.

CNJ. Disponível em: http://www.cnj.jus.br. Acesso em: 20 jun. 2020.

CRUZ, C. et al. Transparência da gestão pública municipal: um estudo a partir dos portais eletrônicos dos maiores municípios brasileiros. Revista de Administração Pública. 46, (1), 2012. 153-76.

DEPERON, R.; PINHO, C. Adolescente em conflito com a lei: vítima e vitimizador. Psicologia Argumento. 30, (70), 2017.

FERNANDES, Nuno Miguel Alves. A responsabilidade social das empresas: A dimensão interna: uma ferramenta para a criação de valor. 2010. Dissertação (Mestrado em Contabilidade) Lisboa: Instituto Politécnico de Lisboa, Instituto Superior de Contabilidade Administração de Lisboa, 2010.

FOUCAULT, M. Vigiar e Punir. 39ª ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

FREIRE, P. Política e Educação. 7ª ed. São Paulo: Cortez, 2003.

FREITAS, M. Os negros, os pobres, os excluídos e as prisões que escancaram desigualdade. Disponível em: http://montesclaros.com Acesso em: 20 jun. 2020.

IFOPEN. Levantamento nacional de informações penitenciárias: Infopen mulheres. 2018.

MELO NETO, F.; FROES, C. Responsabilidade Social e Cidadania Empresarial. São Paulo: Cortez, 2001.

MESQUITA NETO, P. Prevenção do Crime e da Violência e Promoção da Segurança Pública no Brasil. In: LESSA, R. (Coord.). Arquitetura Institucional do Sistema Único de Segurança Pública. Rio de Janeiro: SESI, 2004.

OLIVEIRA, A. A criminalidade Juvenil no Município do Rio de Janeiro. Revista do Serviço Social da UNIGRANRIO. 1, (2), 2018.

PANUCCI, L. Aumento da Criminalidade: causas. São Paulo: Intermas, 2004.

PARÁ. Constituição do Estado do Pará. Disponível em: http://www.sistemas.gov.pa. Acesso em: 20 jun. 2020.

SANTANA, L.; DA SILVA, M.; CHAGAS, C. O uso da produção cartográfica na análise do território e da violência no bairro do Guamá, Belém-pa. Revista Geonorte. 7, (1), 2013. 1623-1636.

SANTOS, A. A emergência da criança como sujeito de direitos na educação infantil. Zero-a-Seis. 19 (36), 2017. 223-234.

SANTOS, I.; GONTIJO, J.; AMARAL, E. A política de segurança pública no Brasil: uma análise dos gastos estaduais (1999-2010). Opinião Pública. 21, (1), 2015. 105-131.

SANTOS, L.; MAYORGA, C. Pobreza e favela: a política pública de segurança em Belo Horizonte, Brasil. Revista de Direito da Cidade. 7, (2), 2015. 468-483.

SOUSA, A. et al. Avaliação da implementação do programa educacional de resistência às drogas e à violência no estado do Rio Grande do Norte. Administração Pública e Gestão Social. 5, (4), 2013. 152-161.

SOUZA, E.; MINAYO, M. Segurança pública num país violento. Cadernos de Saúde Pública. 33, 2017.

TEIXEIRA, M. et al. Tensões paradigmáticas nas políticas públicas sobre drogas: análise da legislação brasileira no período de 2000 a 2016. Ciência & Saúde Coletiva. 22, 2017. 1455-1466.

VERGARA, S. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 16. ed. São Paulo: Atlas, 2016.

WAISELFISZ, J. Mapa da Violência 2016. Os Jovens do Brasil. Brasília, 2016.

ZAFFARONI, E. Em busca das penas perdidas: a perda de legitimidade do sistema penal. 5. ed. Rio de Janeiro: Revan, 2017.

ZALUAR, Alba. Oito temas para debate: violência e segurança pública. Oeiras. 38, 2002. Disponível em . Acesso em 12 jun. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-393

Refbacks

  • There are currently no refbacks.