Locais de atenção à saúde das pessoas em situação de rua: construção de um mapa / Places of health care for people in street situation: construction of a map

Kenny Silva Del Hoyo, Cristine Moraes Roos, Milena Amorim Zuchetto, Caroline Porcelis Vargas, Cláudia Porcelis Vargas, Lucas Antunes

Abstract


Introdução: São diversos os desafios de assegurar os direitos das pessoas em situação de rua, porém o Consultório na Rua emerge como uma iniciativa ampliada em saúde, com expertise na atenção à esse grupo populacional e sensibilidade. Objetivo: Construir um mapa que auxilie a localizar os pontos de atenção à saúde das pessoas em situação de rua. Método: Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória com abordagem qualitativa realizada na capital do estado de Santa Catarina. A fim de elucidar os pontos de atenção à saúde desta população, foi construído um mapa identificando tais locais. Resultados: Foram encontrados quinze locais de atenção à saúde das pessoas em situação de rua. Tais locais foram descritos em material educativo disponibilizado aos profissionais de saúde que atendem esta população, bem como foi construído um mapa que localiza eficientemente estes locais. Conclusão: A construção do mapa e do material educativo facilita o atendimento a esta população, pois elucida e orienta os locais de atenção à saúde dos mesmos.


Keywords


Pessoas em Situação de Rua, Vulnerabilidade Social, Enfermagem, Saúde

References


Ferreira VC. A relação entre lógicas institucionais e práticas estratégicas organizacionais: o papel da agência nacional de saúde suplementar na regulação dos reajustes do setor. Braz. J. of Develop. 2020. Doctoral dissertation, Universidade Paulista. 7(6): 42217-42236. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-001

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2012 [acesso em 24 out 2018]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/geral/pnab.pdf

Florianópolis, Lei nº. 8751 de 07 de dezembro de 2011. Política municipal de atendimento à população em situação de rua no município de Florianópolis. Câmara municipal de Florianópolis 09 dez 2011. 58 (58supl):7.

Brasil. Ministério do Planejamento. Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Contagem Populacional. Gestão [acesso em 24 out 2018]. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sc/florianopolis/panorama.

ICOM (Santa Catarina). Diagnóstico Social Participativo da População em Situação de Rua na Grande Florianópolis. Florianópolis: Instituto Comunitário Grande Florianópolis, 2017. p. 28 [acesso em: 24 out 2018]. Disponível em: http://www.icomfloripa.org.br/populacao-de-rua-lanca-relatorio-em-parceria-com-o-icom/

Marques G. Q., Lima M. A. As tecnologias leves como orientadoras dos processos de trabalho em serviços de saúde. Revista gaúcha de enfermagem. Porto Alegre. Vol. 25, n. 1 (abr. 2004), p. 17-25. 2004 [acesso em 24 out 2018]. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/23537/000439821.pdf

Brasil. Lei nº. 8078, de 11 de setembro de 1990. Código de Defesa do Consumidor. Diário Oficial da União 12 set 1990; 128(176 supl):1

Brasil. Portaria nº 122, de 25 de janeiro de 2012. Define as diretrizes de organização e funcionamento das Equipes de Consultório na Rua. Brasília, DF, 2012 [acesso 24 out 2018]. Disponível em: http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/Portaria_122_Consultorio_na_Rua.pdf

Brasil. Ministério do Desenvolvimento Social. Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua - Centro POP. Brasília, 2015 [acesso em 26 nov 2018]. Disponível em http://mds.gov.br/assuntos/assistencia-social/unidades-de-atendimento/centro-pop

Prefeitura Municipal de Florianópolis. Secretaria Municipal de Assistência Social. Abordagem Social (Rua). Florianópolis, 2018 [acesso em 26 nov 2018]. Disponível em http://www.pmf.sc.gov.br/servicos/index.php?pagina=servpagina&id=4698

Prefeitura Municipal de Florianópolis. Secretaria Municipal de Assistência Social. Serviços. Florianópolis, 2018 [acesso em 26 nov 2018]. Disponível em http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/semas/index.php?pagina=servpagina&id=4617

Governo do Estado de Santa Catarina. Secretaria de Estado de Saúde. Instituto de Psiquiatria. Florianópolis, 2018 [acesso em 26 de nov 2018]. Disponível em http://www.saude.sc.gov.br/index.php/noticias-geral/todas-as-noticias/1627-noticias-2016/5408-ipq-completa-75-anos-de-atividades-voltadas-a-saude-publica-de-santa-catarina

Abreu DD. Consultório na rua: atuação dos profissionais em Santa Catarina. Florianópolis. Tese [Doutorado em Saúde Coletiva] - Universidade Federal de Santa Catarina; 2017.

Prefeitura Municipal de Florianópolis. Instituto de Geração de Oportunidades de Florianópolis. Florianópolis, 2018 [acesso 26 nov 2018]. Disponível em http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/igeof/index.php

Paula B, Helena V. Anna RF. Linha de cuidado de câncer de mama e de colo de útero: um estudo sobre referência e contra referência em cinco regiões de saúde de São Paulo, Brasil. BIS. Boletim do Instituto de Saúde. 2017;17(2):146-66 [acesso em 24 out 2018]. Disponível em: http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/ses-34272




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-370

Refbacks

  • There are currently no refbacks.