Educação de jovens e adultos: (trans)formando vida e formação profissional / Youth and adult education: (trans) forming life and vocational training

Ana Karen Alves Campos, Suelene Vaz da Silva, Rosângela Medeiros da Luz

Abstract


Este artigo apresenta um estudo realizado no contexto do ensino médio na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA) vinculada à formação profissional do Instituto Federal de Goiás, câmpus Goiânia. A pesquisa qualitativa de natureza aplicada possui 55 participantes, alunos do primeiro período, sendo 26 alunos do curso Técnico Integrado em Cozinha, 14 do curso Técnico Integrado em Informática e 15 do curso Técnico Integrado em Transporte. O objetivo do estudo foi compreender os porquês de esses alunos não terem frequentado a escola na idade esperada pelas Leis brasileiras que amparam o direito à escolaridade e de terem retomado a vida escolar. Para tanto, são considerados como princípios norteadores a Constituição Federal do Brasil/1988, que incorporou como um de seus fundamentos a proposição de que toda educação visa o pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, nº 9.394/96, que estabelece ser a EJA destinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade dos estudos no ensino fundamental e médio na idade própria. Os resultados mostram que a vida pessoal, principalmente questões financeiras e familiares, lidera as justificativas dos participantes de abandono da escola. Por outro lado, a esperança de que a educação lhes propicie oportunidades para um melhor emprego é a razão principal de retorno à escola. Alguns deles são conscientes de que estão revestidos constitucionalmente de direitos à escolaridade e ao trabalho digno, outros definem o acesso à educação como a realização de um sonho, demostrando desconhecimento de que ela se constitui como um dever do estado e um direito do cidadão.


Keywords


Escolaridade tardia, Educação, Trabalho, Cidadania.

References


AJALA, Michelle Cristina. ALUNO EJA: motivos de abandono e retorno escolar na modalidade EJA e expectativas pós EJA em Santa Helena-PR. [S.l.]: Virtual Books, 2011. Disponível em: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/1647/1/MD_PROEJA_2012_IV_16.pdf. Acesso em: 10 maio 2019.

BRASIL. Constituição (1970). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1970.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988. 292 p.

BRASIL. Lei Federal nº 9.394/1996 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Congresso Nacional, Brasília, DF, 20 dez. 1996.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação (CNE). Câmara de Educação Básica (CEB). Parecer n.º 11/2000, de 07 de junho de 2000. Diretrizes Curriculares para Educação de Jovens e Adultos. Brasília, 2000

BRASIL. Lei Federal nº 11.741, de 16 de Julho de 2008. Altera dispositivos da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União - Seção 1 – 17 jul. 2008, p. 5 (Publicação Original), Presidência da República.

COSTA, Bruno Botelho. Paulo Freire: educador-pensador da libertação. Pro-Posições, v. 27, n. 1(79), p. 93-110, jan./abr., 2016.

CRUZ, Érica; GONÇALVES, Márcia Ribeiro; OLIVEIRA, Munich Ribeiro de. A Educação de Jovens e Adultos no Brasil: políticas e práticas. EDUCAÇÃO, Rio de Janeiro, abr. 2012.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. São Paulo: Paz e Terra, 1979.

IANNI, Octávio. O mundo do Trabalho. São Paulo em perspectiva, v. 8, n. 1, p. 2-12, jan./mar., 1994.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

PEREIRA, Josué Vidal. O PROEJA no Instituto Federal de Goiás – Campus Goiânia: um estudo sobre os fatores de acesso e permanência na escola. 2011. 154 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

RURNMERT, Sonia Maria. Educação de jovens e adultos trabalhadores no Brasil atual: do simulacro à emancipação Sonia. PERSPECTIVA, Florianópolis, v. 26, n. 1, p. 175-208, jan./jun., 2008.

SILVA, Jorge Luiz Teles da. Princípios da educação de jovens e adultos, p. 1-19, sem/ano. Disponível em: http://confinteabrasilmais6.mec.gov.br/images/documentos/legislacao_vigente_EJA.pdf. Acesso em: 04 maio 2019.

SILVA, Márcia Regina da. Prefácio. In: STECANELA, Nilda. (Org.). Caderno de EJA. Caxias do Sul, RS: Educs, p. 9-14, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-372

Refbacks

  • There are currently no refbacks.