Um olhar sobre a formação de professores para atuarem na educação a distância/A look at teacher training to act in distance education

Marcolino Sampaio dos Santos, Gilma Benjoino Oliveira, Jaciara de Oliveira Sant Anna Santos

Abstract


A pesquisa terá como objetivo principal analisar a formação de professores a partir da educação a distância, dando destaque para os principais avanços e desafios nesta modalidade de ensino. A metodologia utilizada neste trabalho foi a pesquisa bibliográfica, pois a mesma oferece meios que auxiliam na definição e resolução dos problemas já conhecidos, como também permite explorar novas áreas onde os mesmos ainda não se cristalizaram suficientemente, foi utilizados ainda documentos oficiais como a LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação 9394/96, além de resoluções e decretos sobre a temática, utilizou ainda autores que debatem a temática como: (PRETTO,  1996), (MORAN, 2002), (BRANDÃO, 2006), (FREIRE, 1996) entre outros. Nesta pesquisa estudará o emprego da educação a distância e da tecnologia na formação docente não apenas como uma ferramenta, mas, sim, como um meio eficaz, real e necessário para a construção do ensino e aprendizagem pós–modernos, sem, contudo, desconsiderar as limitações desta modalidade educacional, busca ainda repensar a formação do professor que atua ou que venha a atuar na educação a distância. Espera-se com o resultado deste trabalho oferecer aporte teórico aos professores que atuam na modalidade de Educação a Distância.


Keywords


Educação a Distância, Docência, Formação de professores

References


Censo EAD.BR: relatório analítico da aprendizagem a distância no Brasil 2009.

São Paulo: Pearson Education do Brasil.

BELLONI, M. L. Educação a Distância. 5ª Edição. Campinas: Autores Associados, 2009.

BRANDÃO, C. R. O que é educação. São Paulo: Brasiliense, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei 9.394 de 20/12/1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasil. In: Diário Oficial da União. Ano, n.º 248, de 23/12/1996.

. Decreto nº 2.494/98, de 10 de fevereiro de 1998. Disponível em:

. Acesso em: 27 ago. 2011.

.BRASIL. Decreto 5622, de 19 de dezembro de 2005, Presidente da República. Regulamenta o art. 80 da Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: . Acesso em: 12 out. 2015.

FERREIRA, Jacques de Lima; Lucymara CARPIM; BEHRENS, Maria Aparecida. Do

paradigma tradicional ao paradigma da complexidade: um novo caminhar na educação profissional. Téc. Senac: a R. Educ. Prof., Rio de Janeiro, v. 36, n.1, jan./abr. 2010. Disponível em: < www.senac.br/BTS/361/artigo5.pdf >. Acesso em: 03 nov. 2015.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 13. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

GOMES, Silvane Guimaraes Silva. Evolução Histórica da EAD. e-Tec Brasil – Tópicos em Educação a Distância. Disponível em:

Acesso em: 18 nov. 2015.

LÉVY, Pierre. As Tecnologias da Inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Editora 34, 1994.

MORAN, José Manuel. O que é educação a distância. 2002. Disponível em: http://www.eca.usp.br/prof/moran/dist.htm. Acesso em: 21 set. 2015.

NEDER, M. L. C. A educação a distância e a formação de professores: Possibilidades de mudança paradigmática. In: Educação a distância, Brasília: Liber Livro Editora, 2005.

NÓVOA, Antônio. Formação de professores e profissão docente. Disponível em:

< file:///C:/Users/COORDENA%C3%87%C3%83O/Desktop/FPPD_A_Novoa.pdf>. Acesso em: 10 de out. 2016.

PRETTO, Nelson De. Luca. Uma escola sem/com Futuro: educação e multimídia. Campinas/SP, Papirus, 1996.

RIANO, M. B. R. La evaluación em Educación a distancia In Revista Brasileira de Educação a Distância. Rio de Janeiro. Instituto de Pesquisas Avançadas. Ano IV, N° 20 1997.

SILVA, M ; CILENTO, S. A. Formação de professores para docência online: considerações sobre um estudo de caso. Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 23, n. 42, p. 207-218, jul./dez. 2014




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-348

Refbacks

  • There are currently no refbacks.