Consumo de moluscos e perfil econômico-cultural dos habitantes de São Francisco do Carapanari/Santarém/PA / Mollusc consumption and economic-cultural profile of the inhabitants of São Francisco do Carapanari/Santarém/PA

Ana Jéssica Pereira da Silva, Ione Iolanda dos Santos, Patricia Dias dos Santos, Jaqueline Lima de Moura, Ladson Fábio Araújo de Oliveira

Abstract


Moluscos são recursos pesqueiros bastante explorados comercialmente ao redor do mundo, com grande potencial alimentício. Buscou-se traçar um perfil de consumo de moluscos pelos habitantes da comunidade de São Francisco do Carapanari/Santarém/Pará e apresentar informações acerca de sua condição sócio econômica. Para isso, elaborou-se um questionário e entrevistou-se 114 moradores. Verificou-se que a maioria dos entrevistados (91,2%) nunca tinha consumido moluscos e os motivos foram classificados em: Não sabia o porquê (64,08%), por falta de conhecimento (11,65%), por gosto pessoal (19,42%), porque não saber as maneiras de preparo (0,97%), por falta de curiosidade (0,97%) e por falta de oportunidade (2,91%). Sobre a renda familiar pode-se notar que 68 entrevistados possuíam até um salário mínimo (59,6%), onde apenas 2 deles relataram ter consumido os moluscos (1,7%), ao contrário dos outros 66 entrevistados (57,9%). Em até dois salários, foram enquadrados 24 entrevistados, onde 3 deles já consumiram os moluscos (2,7%) e 21 afirmaram que nunca consumiram (18,4%). Em até três salários, encontrou-se 10 entrevistados (8,8%), onde apenas 1 afirmou já ter consumido os moluscos (0,9%) e os outros 9 nunca consumiram (7,9%). Em mais de três salários, 12 entrevistados se encaixaram (10,5%), onde 4 já consumiram (3,5%) e 8 não consumiram (7,0%). Com essa análise, é possível perceber que quanto maior a renda familiar mais se tem relatos de consumo alimentício dos moluscos por parte dos habitantes.

 


Keywords


potencial alimentício, bivalve, Amazônia.

References


FAO. El estado mundial de la pesca y la acuicultura, Roma, 2018.

BARBOSA, F. S. Tópicos em malacologia médica. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 1995. 314 p.

SIMONE, L.R.L. Land and freshwater molluscs of Brazil. São Paulo, EGB/FAPESP. 2006. 390P.

PIMPÃO, D. M. Morfologia comparada de moluscos bivalves da Amazônia direcionada à taxonomia e sistemática filogenética de Hyriidae (MOLLUSCA, BIVALVIA, UNIONOIDA). 2009. 178P. Tese (doutorado) – Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia - INPA, Manaus.

PARASURAMAN, A. Marketing research. 2. ed. Addison Wesley Publishing Company, 1991.

SANTOS, I. I.; MARTINS, M. P.; SANTOS, P. D.; MOURA, J. L.; BATISTA, B. B.; GUIMARÃES, A. K. V.; SILVA, A. J. P. Análise bromatológica de moluscos Prisodon corrugatus e Prisodon obliquus encontrados na região amazônica. XX CONBEP. pg 1144. Florianópolis/SC, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-328

Refbacks

  • There are currently no refbacks.