Gamificação como estratégia de dinamização de disciplina técnica do curso de Redes de Computadores do Ensino Médio Integrado / Gamification as a strategy to boost technical discipline in the Integrated High School Computer Networks course

Isabelle de Araújo lira, Isaac Teixeira de Souza, Fabricio Carneiro Costa

Abstract


Ao analisar a Educação Brasileira no século XXI, após reformas, ela passou a ser organizada com o Ensino Infantil I e II, Fundamental I e II, e Ensino Médio que é dividido em regular e integral. A educação integral conta com o ensino profissional além do ensino regular, nesse contexto, o ensino profissional traz conteúdos mais técnicos visando preparar os alunos para o mercado de trabalho. Com isso, percebe-se a dificuldade que eles têm em absorver conteúdos técnicos, e aplicá-los em sua vida profissional após formação. Essas dificuldades são inerentes ao associar teoria à prática, pois em algumas disciplinas, devido à baixa infraestrutura pedagógica educacional, nem sempre possibilitam vivência prática de mercado, e as instituições de ensino também não tem estrutura adequada, assim o aluno não obtém experiência suficiente no final do curso. Como objetivo geral desse trabalho, tem-se, gamificar a disciplina de Montagem e Instalação de Sistemas Informáticos, do curso técnico profissionalizante de Redes de Computadores. Como objetivos específicos: desenvolver um protótipo de um sistema para gerenciar um jogo de tabuleiro em sala de aula e propor estratégia de gamificação da disciplina. Atualmente, a tecnologia está presente em diversas áreas, o uso delas em sala de aula visa estimular o aprendizado dos alunos. Assim, espera-se proporcionar em um ambiente lúdico, uma melhor experiência após sua formação, e estimular a curiosidade dos alunos, aumentando o interesse e a conexão entre os conteúdos teóricos e práticos.


Keywords


Educação, Ensino médio, Tecnologia da Informação e Comunicação, Gamificação.

References


ARANHA, Maria Lucia de Arruda. História da Educação e Pedagogia. 3. ed. São Paulo: Moderna, 2006.

AUSUBEL, D. P. Aprender a aprender, Plátano Edições Técnicas, 1° edição. 2003.

BIELSCHOWSKY, Carlos Eduardo. Tecnologia da informação e comunicação das escolas públicas brasileiras: o programa Proinfo Integrado. Revista e-curriculum, v. 5, n. 1, 2009. Disponível em: file:///C:/Users/Cyber%20-%2001/Downloads/3256-7344-1-SM.pdf. Acesso em: 06 mai. 2019.

BRASIL. Lei n° 9.934, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 26 mar. 2019.

CANALI, Heloisa Helena Barbosa. A trajetória da educação profissional no Brasil e os desafios da construção de um ensino médio integrado à educação profissional. Cadernos do programa de desenvolvimento educacional do estado do Paraná, Curitiba-PR, 2009. Disponível em: http://www.do.ufgd.edu.br/paulolima/arquivo/ept/texto%2012.pdf. Acesso em: 04 mai. 2019.

CAVENAGHI, Ana Raquel Abelha; BZUNECK, José Aloyseo. A motivação de alunos adolescentes enquanto desafio na formação do professor. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. 2009. p. 1478-1489. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2009/1968_1189.pdf. Acesso em: 04 mai. 2019.

DA SILVA, Andreza Regina Lopes et al. Gamificação na educação. Pimenta Cultural, 2014. Disponível em: https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=r6TcBAAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT6&dq=gamifica%C3%A7%C3%A3o&ots=faSIZSHNMn&sig=WWP5usJSEN1_0gAkKET_QQuH8LU#v=onepage&q=gamifica%C3%A7%C3%A3o&f=false. Acesso em: 06 mai. 2019.

DE OLIVEIRA, Cláudio. TIC’S na educação: a utilização das tecnologias da informação e comunicação na aprendizagem do aluno. Pedagogia em Ação, v. 7, n. 1, 2015. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/pedagogiacao/article/viewFile/11019/8864. Acesso em: 26 mar. 2019.

DE PAULA FREITAS, Natanielly; LEITE, Aline Fernanda Ventura Sávio. A educação brasileira: síntese dos principais acontecimentos que marcaram a educação no Brasil. Revista Saberes Docentes, v. 1, n. 2, 2016. Disponível em: http://revista.ajes.edu.br/index.php/rsd/article/view/94/72. Acesso em: 02 mai. 2019.

FARDO, Marcelo Luis. A gamificação aplicada em ambientes de aprendizagem. RENOTE v.11, n.1,2013. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/renote/article/view/41629/26409. Acesso em: 26 mai. 2019.

FREITAS, Suzana Rossi Pereira Chaves de. O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM: A IMPORTÂNCIA DA DIDÁTICA. 2015. Disponível em:https://editorarealize.com.br/revistas/fiped/trabalhos/TRABALHO_EV057_MD1_SA8_ID857_29082016143835.pdf. Acesso em: 06 mai. 2019.

KASSIA, Gabriela; KELLI, Grayce. GAMIFICAÇÃO: BENEFÍCIOS DA UTILIZAÇÃO DO JOGO DE TABULEIRO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DAS AULAS DE CIÊNCIAS. 2018. Disponível em: file:///C:/Users/isabe/Downloads/786-16-3658-1-10-20180521.pdf. Acesso em: 02 jun. 2020.

KENSKY, V. M. Educação tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas: Papirus, 2007.Tecnologias e Ensino Presencial e a Distância. 5. ed. Campinas: Papirus, 2008.

MARCOS, J. O. S. É.; CRUZ, OLIVEIRA. Processo de ensino-aprendizagem na sociedade da informação. Educ. Soc, v. 29, n. 105, p. 1023-1042, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v29n105/v29n105a05. Acesso em: 05 mai. 2019.

MORAN, José Manuel. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias. Informática na educação: teoria & prática, v. 3, n. 1, 2000. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/InfEducTeoriaPratica/article/view/6474/3862. Acesso em: 05 mai. 2019.

MORATORI, Patrick Barbosa. Por que utilizar jogos educativos no processo de ensino aprendizagem. UFRJ. Rio de Janeiro, p. 04, 2003. Disponível em: http://www.nce.ufrj.br/GINAPE/publicacoes/trabalhos/t_2003/t_2003_patrick_barbosa_moratori.pdf. Acesso em: 02 nov. 2019.

NASCIMENTO, Maria Isabel Moura; LOMBARDI, J. C.; SAVIANI, D. O império e as primeiras tentativas de organização da educação nacional (1822-1889). Navegando pela História da Educação Brasileira. 2006. Disponível em: http://www.histedbr.fe.unicamp.br/navegando/periodo_imperial_intro.html. Acesso em: 02 nov. 2019.

NASCIMENTO, Paulo Ernesto Arrais do; RODRIGUES, Daniela Fernandes; DOMICIANO, Rosani de Lima; OLIVEIRA, Patrícia Freitas de. História da educação no Brasil e a prática docente diante das novas tecnologias. Disponível em: http://www.histedbr.fe.unicamp.br/acer_histedbr/seminario/seminario9/PDFs/8.19.pdf. Acesso em: 02 mai. 2019.

NETO, Alexandre Shigunov; MACIEL, Lizete Shizue Bomura. O ensino jesuítico no período colonial brasileiro: algumas discussões. Educar em revista, v. 24, n. 31, p. 169-189, 2008. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/12806. Acesso em: 01 mai. 2019.

PASSERO, Guilherme; ENGSTER, Nélia Elaine Wahlbrink; DAZZI, Rudimar Luís Scaranto. Uma revisão sobre o uso das TICs na educação da Geração Z. RENOTE, v. 14, n. 2, 2016. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/renote/article/viewFile/70652/40081. Acesso em: 27 mai. 2019.

SAVI, Rafael; ULBRICHT, Vania Ribas. Jogos digitais educacionais: benefícios e desafios. Renote, v. 6, n. 1, 2008. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/renote/article/viewFile/14405/8310. Acesso em: 26 mai. 2019.

SAVIANI, Dermeval. As concepções pedagógicas na história da educação brasileira. Texto elaborado no âmbito do projeto de pesquisa “O espaço acadêmico da pedagogia no Brasil”, financiado pelo CNPq, para o projeto, v. 20, 2005. Disponível em: https://ufpr.cleveron.com.br/arquivos/EM_450/concepcoes_pedagogicas.pdf. Acesso em: 01 mai. 2019.

SECO, Ana Paula; AMARAL, Tania Conceição Iglesias do. Marquês de Pombal e a reforma educacional brasileira. Faculdade de educação da UNICAMP, São Paulo, 2006. Disponível em: http://www.histedbr.fe.unicamp.br/navegando/periodo_pombalino_intro.html. Acesso em: 01 mai. 2019.

TULIO, Lucas Serrano; ROCHA, Elizabeth Matos. Elementos de Gamificação aplicados à Educação em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. 2014. Disponível em: http://eventos.ufgd.edu.br/enepex/anais/arquivos/330.pdf. Acesso em: 07 abr. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-307

Refbacks

  • There are currently no refbacks.