Efeito de uma intervenção nutricional na pressão arterial de pacientes hipertensos / Effect of a nutritional intervention on arterial pressure of hypertensyve patients

Stéphanie Chater Mitri, Kelen Cristina Estavante de Castro, Alessandro Reis

Abstract


O objetivo deste estudo foi o avaliar o efeito de uma intervenção nutricional na pressão arterial em pacientes hipertensos e comparar com a manutenção da alimentação habitual. Foram acompanhados 24 pacientes portadores de HAS por seis meses, sendo 13 deles orientados a seguir uma nutrição baseada na dieta Dietary Approaches to Stop Hypertension (DASH). Foram coletados dados de Pressão Arterial (PA), Índice  de Massa Corporal (IMC) e Circunferência da Cintura (CC) pré- e pós- intervenção de todos os pacientes. Foram aplicados um questionário sociodemográfico, um Questionário de Frequência Alimentar (QFA) e um Questionário Referente a Atividade Física (IPAQ -versão curta). Após a intervenção nutricional, observou-se adesão ao tratamento, porém sem relação com a diminuição da PA, do IMC ou da CC. Conclui-se que a intervenção nutricional não foi efetiva na diminuição da PA, entretanto, houve mudança nos hábitos alimentares dos pacientes orientados a seguir a dieta.

 


Keywords


Intervenção Nutricional, Hipertensão Arterial Sistêmica, Hipertensos.

References


ÁVILA, A., et al. VII Diretrizes Brasileiras de Hipertensão, Conceituação, Epidemiologia e Prevenção Primária, REVISTA BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO, Rio de Janeiro, v.107, n.3, Supl. 3, Setembro 2016

BEILIN, L. J., et al. Vegetarian diet and blood pressure levels: incidental or causal association? Am J Clin Nutr. 1988;48:806-10.

BENEDETTI, T. R. B., et al. Reprodutibilidade e validade do Questionario Internacional de Atividdae Fisica ( IPAQ) em homens idosos. Ver. Bras. Med. Esporte, São Paulo, v. 13 n. 1, p 11-16, jan.-fev, 2007.

BERTOLINI, D.N.P, SIMONETTI, J.P.The male genre and health care: the experience of men at a health center. ESC ANNA NERY, 18(4):722-727; 2014.

BRASIL. Ministério da saúde. Instituto nacional de alimentação e nutrição. Coordenação de orientação alimentar. Manual da Pirâmide dos alimentos. 1997. Brasília.

BRICARELLO, L.P., et al. Dieta DASH (Dietary Approach to Stop Hypertension): Reflexões sobre adesão e possíveis impactos para a saúde coletiva. CIEN SAUDE COLET [periódico na internet](2018/Ago).

BURGOS, P.F.M., et al. A obesidade como fator de risco para a hipertensão. REV BRAS HIPERTENS vol. 21(2):68-74, 2014.

COLTRO, A. J., et al. Frequência de fatores de risco cardiovascular em voluntários participantes de evento de educação em saúde. Revista da Associação Médica Brasileira, vol.55 n.5. São Paulo 2009.

FIGUEIREDO, V.C., et al. Controle do tabaco no Brasil: avanços e desafios de uma política bem sucedida CAD. SAÚDE PÚBLICA, 33 Sup 3:e00104917; 2017.

HEIMMANN, V. H.; STOLARCZYK, L M. Avaliação da composição corporal aplicada. São Paulo: Manole, 2000.

KIM, H., ANDRADE, F.C. Diagnostic status of hypertension on the adherence to the dietary approaches to stop hypertension (DASH) diet. PREV MED REP 2016;28(4):525–31.

LICHTENSTEIN, A. H., et al. Diet and lifestyle recommendations revision 2006: A scientific statement from the American Heart Association Nutrition Committee. Circulation. 2006;114;82-96.

LIMA, M. M., BUENO, M. B. Avaliação de uma ação educativa nutricional para adolescentes de uma escola pública de ensino integral da cidade de Jundiaí-SP. J Health Sci Inst. 2016;34(4):213-8

MALACHIAS, A. M. V., et al., 7ª Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial. Sociedade Brasileira de Cardiologia • ISSN-0066-782X • Volume 107, Nº 3, Supl. 3, Setembro 2016

MAZZARO, C. C.,Intervenções em Dieta e Pressão Arterial na América Latina – Revisão Sistemática e Meta-Análise. Arq Bras Cardiol. 2014; 102(4):345-354.

OLIVEIRA, D.V., et al, prática de atividade física por idosos frequentadores de unidades básicas de saúde. GERIATR GERONTOL AGING;11(3):116-23, 2017.

PIPER, V. A., et al. Dieta DASH na redução dos níveis de pressão arterial e prevenção do acidente vascular cerebral. Scientia Medica (Porto Alegre) 2012; volume 22, número 2, p. 113-118.

SANTOS, L.P.G., et al. Associação entre Síndrome Metabólica, doença cardíaca e síndrome da apneia obstrutiva do sono. Braz. J. of Develop., Curitiba, v 6, n 3, p.16634-166521, mar. 2020.

STEINBERG, D., BENNETT, G.G., SVETKEY, L. The DASH diet, 20 years later. JAMA, 317(15):1529–30, 2017.

WESCHENFELDER, M.D., GUE, M.J. Hipertensão arterial: principais fatores de risco modificáveis na estratégia saúde da família. Enfermería Global Nº 26 Abril 2012

WHO (World Health Organization). Diet, nutrition and the prevention of chronic diseases: report of a join WHO/FAO expert consultation. Technical Report Series 916. Geneva; 2003.

World Health Organization - WHO. Obesity: preventing and managing the global epidemic: Report of a WHO Consultation. Geneva: World Health Organization, 2000. Technical Report Series, 894.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-294

Refbacks

  • There are currently no refbacks.