Ações educativas em atenção primária à saúde: uma proposta para estratégias de saúde da família / Educational actions in primary health care: a proposal for family health strategies

Alberto João M’batna, Nicásio Urinque Mendes, Karim Suleimane Só, Jesus João M’batna

Abstract


Objetivo: relatar as atividades educativas realizadas por um grupo de internos de enfermagem numa Unidade Básica de Saúde (UBS) abordando temas relacionados a principais programas da AB. Método: Trata-se de um relato de experiências das Atividades Educativas (AE) desenvolvidas por quatro internos de enfermagem de uma Universidade Federal de caráter Internacional durante a vigência de internato de enfermagem na atenção primária à saúde. As AE aconteceram numa Unida Básica de Saúde (UBS), do município de Maracanaú/CE que alberga quatro equipes de estratégia de saúde da Família (ESF), essas atividades foram realizadas entre os meses de março a maio de 2018. Dentre os programas que beneficiaram das AE tem-se: o de acompanhamento dos hipertensos e diabéticos (HIPERDIA), prevenção ginecológica, pré-natal, puericultura, planejamento familiar e atenção a saúde mental. Resultados: Em cada um dos programas foi abordado um tema específico: no HIPERDIA foi abordada a importância da consulta de enfermagem no programa; na prevenção ginecológica debateu-se sobre o câncer de colo de útero e os corrimentos vaginais. Conclusão: O presente trabalho mostrou a possibilidade e importância da realização de atividades coletivas em qualquer programa de atenção primária, enfatizando um planejamento prévio das atividades com a contribuição de cada membro da equipe multiprofissional.

 

 


Keywords


Atenção Primária, Atividades Educativas, Estudantes de Enfermagem.

References


BRASIL. Ministério da Saúde. Direção-Geral da Saúde (DSG). Programa Nacional de alimentação Saudável. Alimentação e Nutrição na Gravidez. Mar. 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. PORTARIA Nº 1.631, DE 1º DE OUTUBRO DE 2015. Aprova critérios e parâmetros para o planejamento e programação de ações e serviços de saúde no âmbito do SUS. 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 1101, de 12 de junho de 2002. Que estabelece os parâmetros da cobertura assistencial no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS.

BRASIL. Ministério da Saúde. PORTARIA nº 2.436 DE 21 de Setembro de 2017. Aprova a nova Política Nacional de Atenção Básica. 2017.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM (COFEN). Parecer CTAS nº 14 – 2015, em resposta ao questionamento sobre o tempo mínimo das consultas de enfermagem.

FALKENBERG, M.B. et al. Educação em saúde e educação na saúde: conceitos e implicações para a saúde coletiva. Ciência & Saúde Coletiva, 19(3):847-852, 2014.

NUNES, T.R.C.; GIRARDI, D.M.; PEREIRA, J. Educação em Saúde na Atenção Básica. Coleção Gestão da Saúde Pública – Volume 12. 2013.

SOUSA, A.S.J.; et al. Consulta de enfermagem ao cliente hipertenso na estratégia saúde da família. Rev enferm UERJ, Rio de Janeiro, v. 23, n. 1, P. 102-7, jan/fev 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-279

Refbacks

  • There are currently no refbacks.