Automação como ferramenta para gestão de energia: estudo de caso do Centro de Tecnologia (CT) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) / Automation as an energy management tool: case study of Technology Center (CT) of Federal University of Rio de Janeiro (UFRJ)

Luiz Eduardo Benevides Pequeno, Rafael Sadao Monteiro, Armando Carlos de Pina Filho

Abstract


A eficiência econômica desempenha um papel particularmente importante no uso institucional dos edifícios. Tornou-se aparente que os custos operacionais são um fator significativo para a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). As reduções de custos tornaram-se possíveis no mercado de eletricidade graças ao gerenciamento de energia. A automação está facilitando essa integração e comunicação dos componentes na distribuição elétrica, tornando os sistemas elétricos mais confiáveis contra falhas e desperdícios, além de apoiar a eficiência energética graças a funções de medição integradas. Este trabalho apresenta as características do consumo de energia elétrica da UFRJ, além dos detalhes de sua cobrança por parte da concessionária responsável, assim como as ferramentas de automação disponíveis no mercado e como elas podem ser aproveitadas no Centro de Tecnologia (CT). O objetivo principal é identificar de que forma a automação do sistema poderia contribuir na redução dos custos de energia da UFRJ. O método utilizado na pesquisa foi principalmente a visita a campo, além da coleta de dados e pesquisa bibliográfica. Ao final do artigo foram sugeridas as modificações necessárias para a melhoria da gestão de energia no Centro de Tecnologia e apresentadas suas contribuições.


Keywords


Automação, Gestão de Energia, Eficiência.

References


AMARAL, H. L. M.; SOUZA, A.N.; GASTALDELLO, D. S.; FERNANDES, F.; VALE, Z. Smart meters as a tool for energy efficiency. In: 11th IEEE/IAS International Conference on Industry Applications, Juiz de Fora - MG, Brasil, 07-10 dez. 2014.

ANNEL. Agência Nacional de Energia Elétrica. Por Dentro da Conta de Luz, 7ª Edição. Brasília - DF, 2016.

BENEVIDES PEQUENO, L. E.; MONTEIRO, R. S.; PINA FILHO, A. C. Automação como ferramenta para gestão de energia: estudo de caso do Centro de Tecnologia (CT) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). In: II Simpósio Nacional de Gestão e Engenharia Urbana, Anais, p. 656-662. São Paulo: Blucher, 2019.

DE FARIA, A. B. M.; ROCHADEL, A. D. Gestão de energia elétrica no campus Darcy Ribeiro: Rateio e ferramentas. Trabalho de Conclusão de Graduação. Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, Brasília - DF, jul. 2008.

DI SANTO, K. G.; KANASHIRO, E.; DI SANTO, S. G.; SAIDEL, M. A. A review on smart grids and experiences in Brazil. Renewable and Sustainable Energy Reviews, Vol. 52, 2015, p. 1072-1082.

FALCÃO, D. M. Smart Grid e Microrredes: O Futuro já é Presente. In: VIII Simpósio de Automação de Sistemas Elétricos (SIMPASE). Rio de Janeiro - RJ, 09-14 ago. 2009.

KUP, M. T. Estudo da Medição Inteligente para Consumidores Residenciais no Brasil. Projeto de Graduação. Curso de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ. Rio de Janeiro - RJ, 2015.

LEITE, J. B. Desenvolvimento de um Sistema de Gerenciamento de Energia (EMS – Energy Management System) para a Rede Elétrica Inteligente (Smart Grid). Tese de Doutorado. Faculdade de Engenharia da Universidade Estadual Paulista, UNESP. Ilha Solteira, São Paulo, 2015.

LIGHT. Regulamentação para Fornecimento de Energia Elétrica a Consumidores em Média Tensão (RECON), março 2016.

MME. Ministério de Minas e Energia. Manual da Tarifação da Energia Elétrica, agosto 2011.

NIŽETIĆ S.; DJILALI N.; PAPADOPOULOS A.; RODRIGUES J. J. P. C. Smart technologies for promotion of energy efficiency, utilization of sustainable resources and waste management. Journal of Cleaner Production, Vol. 231, 2019, p. 565-591.

OLIVEIRA, L. S. de. Gestão do consumo de energia elétrica no campus da UnB. Dissertação de Mestrado. Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, Brasília - DF, ago. 2006.

SCHNEIDER ELECTRIC. Disponível em: . Acesso em: março 2018.

SIEMENS. Disponível em: . Acesso em: março 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-227

Refbacks

  • There are currently no refbacks.