Avaliação reológica da polpa e concentrado de cupuaçu (Theobroma grandiflorum schum) / Rheological evaluation of pulp and cupuaçu concentrate (Theobroma grandiflorum schum)

Fabiano da Silva Melo, Bruna Mie Okaneku, Dilson Nazareno Pereira Cardoso, Wenderson Gomes dos Santos

Abstract


No presente trabalho, foi realizada a análise do comportamento reológico da polpa integral e do concentrado de cupuaçu (Theobroma grandiflorum schum), fornecidos por uma empresa local com o objetivo de comparar os resultados obtidos com a literatura relacionada e com os parâmetros estabelecidos pela legislação. Verificou-se os dados reológicos sobre a polpa e concentrado de cupuaçu obtidos ajustando-os aos modelos reológicos de Bingham, Herschel-Bulkley, Ostwald-de-Waele e Casson. Verificou-se que o modelo de Herschel-Bulkley adequou-se melhor aos dados experimentais, com valores para R2 de 0,9967 e 0,9991 para a polpa e para o concentrado, respectivamente. As polpas analisadas demonstraram características típicas de um fluido pseudoplástico. A partir dos dados obtidos na análise é possível utilizá-las para estudos relacionados as condições de processamento e armazenamento da polpa e do concentrado de cupuaçu, visto que seu comportamento em diferentes condições foi analisado.

 


Keywords


Cupuaçu, reologia de alimentos, concentrado de cupuaçu.

References


Belibağli, K. B., & Dalgic, A. C. (2007). Rheological properties of sour cherry juice and concentrate. International journal of food science & technology, 42(6), 773-776.

Bezerra, J, R. M. V; Rigo, M.; Córdova, K. R. V.; Demczuk Jr., B. (2009). Estudo do efeito da temperatura nas propriedades reológicas da polpa de morango (Fragraria ananassa). Ambiência, v. 5, n. 1, p. 37-47.

Cabral, M. F. P., QUEIROZ, A. D. M., & FIGUEIRÊDO, R. D. (2002). Comportamento reológico da polpa de cupuaçu (Theobroma grandiflorum Schum.) peneirada. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande, 4(1), 37-40.

Cardoso D.N.P, Marcedo A.N, Racanelli L.A, Santos W.G, Oliveira R.M, Rodrigues E.C, Souza J.A.S (2020). Estudos da aplicação de aditivo polimérico na trabalhabilidade de materiais cimentícios elaborados com matéria prima reciclada. Braz. Ap. Sci. Rev.,Curitiba, v. 4, n. 1, p. 370-381.

Cavalcante, P. B. (1991). Frutas comestíveis da Amazônia. Edições Cejup.

Chaves, M. A., Baptistia, F., da Silva, J. N., Rodrigues, L., & Viana, A. D. (2013). A rheological model for Cupuassu (Theobroma grandiflorum) pulp at different concentrations and temperatures. International journal of food engineering, 9(4), 353-363.

Costa, H. C., Arouca, F. O., Silva, D. O., & Vieira, L. G. M. (2018). Study of rheological properties of açai berry pulp: an analysis of its time-dependent behavior and the effect of temperature. Journal of biological physics, 44(4), 557-577.

da Silva, F. C., Guimarães, D. H. P., & Gasparetto, C. A. (2005). Reologia do suco de acerola: efeitos da concentração e temperatura. Ciência e Tecnologia de Alimentos, 25(1), 121-126.

Ferreira, G. M., Guimarães, M. J. O. C., & Maia, M. C. A. (2008). Efeito da temperatura e taxa de cisalhamento nas propriedades de escoamento da polpa de cupuaçu (T. grandiflorum Schum) integral. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal-SP, 30(2), 385-389.

Ferreira, G. M., de Melo Queiroz, A. J., da Conceiçao, R. S., & Gasparetto, C. A. (2002). Efeito da temperatura no comportamento reológico das polpas de caju e goiaba. RECEN-Revista Ciências Exatas e Naturais, 4(2), 175-184.

Gonçalves, M. V. V. A., da Silva, J. P. L., Mathias, S. P., Rosenthal, A., & de Araujo Calado, V. M. (2013). Caracterização físico-química e reológicas da polpa de Cupuaçu congelada (Theobroma grandiflorum schum). Exatas & Engenharia, 3(07).

Haminiuk, C. W. I. Estudo do comportamento reológico e colorimétrico das misturas ternárias e sistemas pécticos de polpas de morango, amora-preta e framboesa. 2007. 147f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos) Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2005.

Lopes, A. S., Mattietto, R. D. A., Menezes, H. C. D., Silva, L. H. M. D., & Pena, R. D. S. (2013). Rheological behavior of Brazilian Cherry (Eugenia uniflora L.) pulp at pasteurization temperatures. Food Science and Technology, 33(1), 26-31.

de Oliveira, R. C., de Barros, S. T. D., & Rossi, R. M. (2009). Aplicação da metodologia bayesiana para o estudo reológico da polpa de uva.

Pelegrine, D. H.; Vidal, J. R. M. B.; Gasparetto, C. A. Estudo da viscosidade aparente das polpas de manga (Keitt) e abacaxi (Pérola). Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 20, n. 1, 2000.

Reticena, K. D. O. (2015). Estudo do comportamento reológico da polpa de maracujá enriquecida com polpa de banana verde (Bachelor's thesis, Universidade Tecnológica Federal do Paraná).

Scremin, F. F. (2007). Influência do estado de maturação e das etapas de processamento na reologia e caracterização físico-química da polpa de goiaba (Psidium guajava L.) pasteurizada.

Sousa, E. P.; Queiroz, A. J. M.; Figueirêdo, R. M. F.; Lemos, D. M. Comportamento reológico e efeito da temperatura da polpa de pequi em diferentes concentrações.Brazilian Journal of Food Technology. Campinas, v. 17, n. 3, p. 226-235, jul./set. 2014.

Vendrúsculo, A. T. Comportamento reológico e estabilidade física de polpa de carambola (Averrhoa carambola L.). Dissertação (Pós–Graduação em Engenharia de Alimentos). Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-222

Refbacks

  • There are currently no refbacks.