Docência em educação a distância: Análise do papel docente nas interações online / Distance learning: analysis of the teacher's role in online interactions

Cláudio Firmino Arcanjo, Welleson Feitosa Gazel, Antônio Adriano Alves de Souza

Abstract


Este artigo é um recorte da dissertação de mestrado intitulada “Formação de professores de matemática para o uso do Geogebra: Apropriação e contribuições didáticas”, defendida em janeiro de 2019. A presente pesquisa vem apresentar pressupostos teóricos que embasam o papel docente na EAD e confronta estas postulações com dados coletados em pesquisa, notadamente qualitativa e seguindo o passo-a-passo do Estudo de Caso enquanto abordagem metodológica. Foram sujeitos da pesquisa docentes que ministram cursos na Universidade Aberta do Brasil e que participaram de capacitação oferecida pela Coordenadoria de Educação a Distância da Universidade Federal de Alagoas. Os docentes apresentaram algumas competências e compartilharam seus saberes na prática e da formação entre seus pares. Finalmente, constata-se e destaca-se o papel docente enquanto promotor de interação no Ambiente Virtual de Aprendizagem é significativo e emergente uma formação consistente e uma prática que conduza a criação de redes de interação.

 

 


Keywords


Interação, Educação online, Docência online.

References


ALVES, L. R.; LAGO, A.; NOVA, C. C. Nos bastidores do ensino online: do planejamento à avaliação. In: ANPED, 2003, Poços de Caldas. Cd-rom do encontro. 2003 - GT 16 - Educação e Comunicação. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2009.

ARCANJO, C.F. Formação de professores de matemática para o uso do Geogebra: Apropriação e contribuições didáticas. 177 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Ciências da Educação. Universidad Columbia del Paraguay. Asunción-PY, 2019.

BELLONI, M. Educação a distância. Campinas: Autores Associados, 2008.

BENTES, R. D. F. A avaliação do tutor. In: LITTO, F; FORMIGA, M. (orgs.) Educação a distância: o estado da arte. São Paulo: Pearson, 2009.

BLANCO, E.; SILVA, B. Tecnologia educativa em Portugal: conceito, origens, evolução, áreas de intervenção e investigação. Revista Portuguesa de Educação, 1993. vol. 6, nº 3, p. 37-55.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996.

BRASIL. Resolução CD/FNDE Nº 26, de 5 de junho de 2009. Disponível em: http://uab.capes.gov.br/images/stories/downloads/legislacao/resolucao_fnde_n26.pdf. Acesso em: 20 jun. 2011.

BEZERRA, M. Docência em educação a distância: tecendo uma rede de interações. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Pernambuco, CE, Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica, 2010.

GONÇALVES, J.E.L. Os impactos das novas tecnologias nas empresas prestadoras de serviços. São Paulo, RAE, v. 34, n. 1, p. 663-681, jan/fev, 1994.

NUNES, A.; SANTOS, G. Introdução a educação a distância. 2 ed. Aracaju: Unit, 2007.

MATTAR, J. Interatividade e aprendizagem. In: LITTO, F.M, FORMIGA, M. Educação a distância: o estado da arte. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2009, p.112-120.

MATTAR, L. Interatividade e aprendizagem. In: LITTO, F.M.; FORMIGA, M. Educação a distância: o estado da arte. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2009, p. 112-120.

MORAN, J. M. A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. Campinas, SP: Papirus, 2007.

MORAN, J. M.; MASETTO, M; BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 2013.

MOREIRA, A.F.B.; KRAMER, S. Contemporaneidade, Educação e Tecnologia. Disponível em: . Acesso em: 21 nov. 2014.

PETTERS, O. A educação à distância em transição: tendências e desafios. São Leopoldo: Unisino, 2004.

PIMENTEL, F.S.C. Interação on-line: um desafio da tutoria. Alagoas: UFAL. 110p. (mestrado em Educação Brasileira) – Universidade Federal de Alagoas. Centro de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira. Maceió, 2010.

PRIMO, A. Interação mediada por computador – Comunicação, Cibercultuta, Cognição. Porto Alegre: Sulina, 2007.

SILVA, M. (org.). Educação online. São Paulo: Loyola, 2003.

TRIVIÑOS, A.N. Bases Teórico-Metodológicas da Pesquisa Qualitativa em Ciências Sociais. Idéias Gerais Para a Elaboração de um Projeto de Pesquisa. Cadernos de Pesquisa Ritter dos Reis. Porto Alegre, 2001.

WENGER, E. Artificial Intelligence and Tutoring Systems: Computational and Cognitive Approaches to the Communications of Knowledge. Los Altos, CA: Morgam Kaufmann Publishers, 1987.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-212

Refbacks

  • There are currently no refbacks.