Atenção à saúde do trabalhador na atenção primária à saúde: uma revisão integrativa da literatura / Attention to worker health in primary health care: an integrative literature review

Marília Eufrásio da Silva, Mariel Wágner Holanda Lima, Erianna Yadja Lucina de Macedo, Mayra Beatriz Costa Medeiros, Vinícius Costa Maia Monteiro, Luanna Roberta Paiva de Oliveira, Isaac Newton Machado Bezerra, Natalia Raiane Silva Vieira

Abstract


Objetivo: Sintetizar as informações acerca da trajetória da saúde do trabalhador e as dificuldades encontradas na efetivação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora no contexto da Atenção Primaria à Saúde. Metodologia: Estudo do tipo revisão integrativa. Os artigos foram encontrados nas bases de dados da BIREME, utilizando os seguintes descritores: Saúde do trabalhador; Promoção da saúde; Atenção Primária à saúde Resultados: Depois do refinamento, a amostra final desta revisão foi constituída por 14 artigos. A análise dos artigos aponta que (85,7%) dos estudos foram produzidos no Brasil, os outros países que compuseram a avaliação foram Canadá e Espanha (14,3%). Os periódicos que compõem a base foram predominantes da área de Saúde Coletiva (64,2%) seguido das revistas da área da Enfermagem (14,1%), de Medicina (14,1%) e de Ciência (7,6%). Conclusão: A promoção da saúde ainda é vista de forma desconectada no quesito saúde do trabalhador, sendo assim, na grande maioria dos artigos encontramos os temas (Saúde do trabalhador; Promoção à saúde e Atenção Primária) analisados isoladamente. Esses achados mostram que as políticas públicas trabalham de forma fragmentada e curativa. Outro agravante na questão saúde do trabalhador é a insuficiência nos estudos que utilizam a atenção primária como importante papel no cuidado dos trabalhadores. Acatar a questão saúde do trabalhador é uma condição primordial no processo de construção de uma sociedade. Novamente, as mudanças no modelo de atenção devem ser capazes de responder e atender adequadamente às necessidades de saúde da população, envolvendo a gestão nas discussões e formulação de estratégias eficazes para efetivação da PNST.

 

 


Keywords


Saúde do Trabalhador, Promoção da Saúde, Atenção Primária à Saúde.

References


BEZERRA, I. N. M et al. Práticas integrativas e complementares em saúde junto a profissionais da atenção primária. Rev Bras Promoç Saúde. v. 32, 2019.

BORDIN, B. et al. Relação entre empatia e qualidade de vida: um estudo com profissionais da Atenção Primária à Saúde. REME – Rev Min Enferm. 23: e-1253, jan 2019.

BRASIL. Constituição (1988). Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 05 out. 1988.

BRASIL. Ministério da Saúde. Estruturação da rede nacional de atenção integral à saúde do trabalhador no SUS. Portaria GM Nº 1.679, de 19 setembro de 2002. Brasília, DF, 2002.

BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Portaria Nº 1.823, de 23 de agosto de 2012. Brasília, DF, 2012.

BRASIL. Portaria nº 1.823/GM, de 23 de agosto de 2012. Institui a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 24 ago. 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.488/ GM, de 21 de outubro de 2011. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS). Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 24 out. 2011.

CHAUHAN, B. F. et al. Behavior change interventions and policies influencing primary healthcare professionals’ practice-an overview of reviews. Implementation Science, v. 12, n. 1, 2017.

CORDEIRO, T. M.S. C.; ARAUJO, T. M. Capacidade para o trabalho entre trabalhadores de enfermagem da atenção básica à saúde. Bahia, Brasil. Rev. salud pública, Bogotá, v. 20, n. 4, p. 422-429, Aug. 2018.

COSSI, M. S.; S. M.; COSTA, R. O. CONCEPÇÕES DOS ENFERMEIROS SOBRE A SAÚDE DO TRABALHADOR. Rev. APS. 2017 jan/mar; 20(1): 40 - 46.

DIAS, E. C.; SILVA, T. L. Contribuições da Atenção Primária em Saúde para a implementação da Política Nacional de Saúde e Segurança no Trabalho (PNSST). Rev. bras. saúde ocup., São Paulo, v. 38, n. 127, p. 31-43, June 2013.

GONCALVES, R. M. A. et al. Estudo do trabalho em Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), São Paulo, Brasil. Rev. bras. saúde ocup., São Paulo, v. 40, n. 131, p. 59-74, jun. 2015.

HAESER, L. M.; BUCHELE, F.; BRZOZOWSKI, F. S. Considerações sobre a autonomia e a promoção da saúde. Physis, Rio de Janeiro, v. 22, n. 2, p. 605-620, June 2012.

JACQUES, C. C.; MILANEZ, B.; MATTOS, R. C. O C. Indicadores para Centros de Referência em Saúde do Trabalhador: proposição de um sistema de acompanhamento de serviços de saúde. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, p. 369-378, Fev. 2012.

LUA, I et al. Autoavaliação negativa da saúde em trabalhadoras de enfermagem da Atenção Básica. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro, v. 16, n. 3, p. 1301-1319, Dez. 2018.

NAVARRO, V. L. Saúde do trabalhador no SUS: aprender como o passado, trabalhar o presente, construir o futuro. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 22, n. 11, p. 2450-2452, Nov. 2006.

FERREIRA, N. N.; LUCCA, S. R. Síndrome de burnout em técnicos de enfermagem de um hospital público do Estado de São Paulo. Rev. bras. epidemiol., São Paulo, v. 18, n. 1, p. 68-79, Mar. 2015.

HERRUZO-CARO, B.; et al. Promoción de la salud en el lugar de trabajo. Hábitos de vida saludable y factores de riesgo cardiovascular en trabajadores de ámbito sanitario en atención primaria. Revista de la Asociación Española de Especialistas de Medicina del Trabajo, v. 26, n. 1, p. 1–83, 2017.

LACAZ F. A. C. O. campo Saúde do Trabalhador: resgatando conhecimentos e práticas sobre as relações trabalho-saúde. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, abr, 2007; 23(4): 757-766.

MAEMO, M.; CARMO, J. C. Saúde do trabalhador no SUS: Aprender com o passado, trabalhar o presente e construir o futuro, São Paulo: Hucitec; 2005.

MENDES, K.D.S.; SILVEIRA, R.C.C.P.; GALVÃO, C.M. Revisão Integrativa: Método de Pesquisa para a Incorporação de Evidências na Saúde e na Enfermagem. São Paulo, SP. Texto & Contexto - Enfermagem, v.17, n.4, p.758-764, 2008

MOREIRA, D. S. et al. Prevalência da síndrome de burnout em trabalhadores de enfermagem de um hospital de grande porte da Região Sul do Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 25, n. 7, p. 1559-1568, July 2009.

MOREIRA, I. J. B.et al. Perfil sociodemográfico, ocupacional e avaliação das condições de saúde mental dos trabalhadores da Estratégia Saúde da Família em um município do Rio Grande do Sul, RS. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, v. 11, n. 38, p. 1, 2016.

PEREIRA, I. V. S.; ROCHA, M. J. L.; SILVA, V. M.; CALDEIRA, A. P. Morbidade autorreferida por trabalhadores das Equipes de Saúde da Família. Ciência & Saúde Coletiva, v. 19, n. 2, p. 461–468, 2014.

PIMENTA, G. R. P.; et al. Ações De Promoção E Prevenção À Saúde Do Trabalhador Sob Risco De Exposição E Trans-. v. 20, n. 1, p. 140–144, 2017.

SILVA, A. S.; ROCHA, I. M. S.; SILVA, R. S.; PENNA, C. M. M. PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA TRABALHADORES DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA. Rev Enferm Atenção Saúde.jul/dez 2017; 6(2):153-160.

SILVA, C. C. S. et al. Percepção da enfermagem sobre condições de trabalho em unidades de saúde da família na Paraíba - Brasil. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 15, n. 1, p. 205–214, 2013.

SILVA, A. DA S.; ROCHA, I. M. S.; SILVA, R. S.; PENNA, C. M. M. PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA TRABALHADORES DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA. Rev Enferm Atenção Saúde.jul/dez 2017; 6(2):153-160.

SILVA, M. O. DA; PEIXOTO, D. A.; NÓBREGA, T. B. T. DA. Grupos de encontro na Estratégia Saúde da Família: Uma atenção ao trabalhador de saúde. Rev. APS, v. 16, n. 2, p. 197–201, 2013.

SILVEIRA, S. L. M.; CÂMARA, S. G.; AMAZARRAY, M. R. Preditores da Síndrome de Burnout em profissionais da saúde na atenção básica de Porto Alegre/RS. Cadernos Saúde Coletiva, v. 22, n. 4, p. 386–392, 2014.

TRIGO, T. R.; TENG, C. T.; HALLAK, J. E. C. Síndrome de burnout ou estafa profissional e os transtornos psiquiátricos. Rev. psiquiatr. clín., São Paulo, v. 34, n. 5, p. 223-233, 2007.

VELLO, L. S. Saúde do trabalhador na Atenção Primária à Saúde: Estudo de casa do um município na região metropolitana de São Paulo. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-182

Refbacks

  • There are currently no refbacks.