Promoção da homeostase glicêmica em indivíduos diabéticos através do exercício físico: Uma revisão narrativa / Promotion of glycemic homeostasis in diabetic individuals through physical exercise in: A narrative review

Maria Eduarda da Silva, Wellington Manoel da Silva, Daniele da Silva Mendonça, Danielly Alves Mendes Barbosa, Lenildo Sena de Lira Silva, Thyago de Oliveira Rodrigues, Josenilson Felix da Silva, Elivalda Andrade Silva

Abstract


O artigo busca analisar quais são os mecanismos do exercício físico para homeostase glicêmica em indivíduos diabéticos. O Diabetes Mellitus (DM) é um importante e crescente problema de saúde pública em todos os países. Considerada como uma das principais ameaças a saúde, é uma doença silenciosa, cuja descoberta apenas acontece após a manifestação de sintomas ou através de exames de rotinas. O estudo trata-se de uma revisão narrativa da literatura, que busca descrever sobre determinado assunto, baseando-se em análises e interpretações da produção científica existente. O Diabetes Mellitus é uma doença endócrina que causa desequilíbrio metabólico, caracteriza-se pela elevada glicemia em jejum e o aumento de concentrações de glicose sanguínea, após refeições, devido a uma menor sensibilidade insulínica nos tecidos alvo ou redução da produção de insulina pelo pâncreas. Os principais sintomas da DM são diurese e sede excessiva, aumento do apetite, perda de peso, cansaço, turvação visual e infecções, sendo as mais comuns, as infecções de pele. A prática de exercício físico realizado por indivíduos Diabéticos é de suma importância para manter a homeostase glicêmica e melhorar a qualidade de vida.

 


Keywords


Diabetes mellitus, Estilo de vida, Exercício Físico.

References


American Diabetes Association. Diabetes Care, v. 28, p.37-42, 2005.

ARSA, G.; LIMA, L.; ALMEIDA, S.S.; MOREIRA, S.R.; CAMPBELL, C.S.G.; SIMÕES, H.G. Diabetes mellitus tipo 2: aspectos fisiológicos, genéticos e formas de exercício físico para seu controle. Rev bras cineantropom desempenho hum, v.11, n. 1, p. 103-111, 2009.

BASSUK, S. S.; MANSON, J. E. Epidemiological evidence for the role of physical activity in reducing risk of type 2 diabetes and cardiovascular disease. Journal of Applied Physiology, v.99, n. 3, p.1193-1204, 2005.

BRADY, M. J.; NAIRN, A. C.; SALTIEL, A. R. The regulation of glycogen synthase by protein phosphatase 1 in 3T3-L1 adipocytes. Evidence for a potential role for DARPP- 32 in insulin action. The Journal of Biological and Chemistry, v. 272, n.47, p. 29698-29703, 1997.

CAMPOREZ, J.P.G.; ALMEIDA, F.N.; MARÇAL, A.C. Efeitos do exercício físico sobre a via de sinalização da insulina. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 12, n. 2, p. 172-186, 2013.

CROSS, D. A.; ALESSI, D. R.; COHEN, P.; ANDJELKOVICH, M.; HEMMINGS, B. A. Inhibition of glycogen synthase kinase-3 by insulin mediated by protein kinase B. Nature, v.378, n.6559, p.785-789, 1995.

Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2017-2018, Organização José Egídio Paulo de Oliveira, Renan Magalhães Montenegro Junior, Sérgio Vencio, São Paulo, Editora Clannad, 2017.

ELY, K.Z.; SPODE, F.S.; BARCELLA, R.C.; SCHONHO FEN, I.V.; PAIVA, D.; POHL, H.H.; POSSUELO, L.G. Exercício físico na Dibetes Mellitus, uma revisão narrativa. Revista do Departamento de Educação Física e Saúde, v. 18, 2017.

FU, Z.; GILBERT, E.R.; LIU, D. Regulation of insulin synthesis and secretion and pancreatic Beta-cell dysfunction in diabetes. Current Diabetes Reviews, v. 9, n. 1, p. 25-53, 2013.

GREGG, E.W.; SATTAR, N.; ALI, M.K. The changing face of diabetes complications. Lancet Diabetes Endocrinology, v. 4, n. 6, p. 537-47, 2016.

HANSEN, et al. Type 2 diabetes alters metabolic and transcriptional signatures of glucose and amino acid metabolis during exercise and recovery. Diabetologia, v. 58, n. 8, p. 1845-54, 2015.

HARDIE, D.G.; CARLING, D. The AMP-activated protein kinase: fuel gauge of the mammalian cell? Eur J Biochem, v. 246 n. 2, p. 259-73.1997.

INTERNATIONAL DIABETES FEDERATION. IDF Atlas. 7th ed. Brussels, Belgium, 2015.

KAHN, B.B.; FLIER, J.S. Obesity and insulin resistance. Journal of Clinical Investigation, v. 106, n.4, p.473-81, 2000.

LIMA, V.A.; MASCARENHAS, L.P.G.; DECIMO, J.P.; SOUZA, W.C.; FRANÇA, S.N.; LEITE N. Efeito agudo dos exercícios intermitentes sobre a glicemia de adolescentes com diabetes tipo 1. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 23, n.1, p. 12-15, 2017.

LUCIANO, et al. Endurance training improves responsiveness to insulin and modulates insulin signal transduction through the phosphatidylinositol 3- kinase/Akt-1 pathway. European Journal of Endocrinology, v.147, n.1, p.149-157, 2002.

MARÇAL, D.F.S.; ALEXANDRINO, E.G.; CORTEZ, L.E.R.; BENNEMANN, R.M. Efeitos do exercício físico sobre diabetes mellitus tipo 1: uma revisão sistemática de ensaios clínicos e randomizado. J. Phys. Educ. v. 29, 2018.

NUUTILA, et al. Glucose-free fatty acid cycle operates in human heart and skeletal muscle in vivo. The Journal of Clinical Investigation, v.89, n.6, p.1767-1774, 1992.

O'DONOVAN, G.; KEARNEY, E. M.; NEVILL, A. M.; WOOLF-MAY, K.; BIRD, S. R. The effects of 24 weeks of moderate- or high-intensity exercise on insulin resistance. European Journal of Applied Physiology, p.1-7, 2005.

OLIVEIRA, E.M.; ALVES, G.B.; BARAUNA, V.G. Sistema renina-angiotensina: interação gene-exercicio. Revista Brasileira de Hipertensão, v. 19, n. 2, p. 125-129, 2003.

PAULI, J.R.; CINTRA, D.E.; SOUZA, C.T.; ROPELLE, E.R. Novos mecanismos pelos quais o exercício físico melhora a resistência à insulina no músculo esquelético. Arq Bras Endocrinol Metab, 2009.

ROBERTS, C.K.; BARNARD, R.J.; JASMAN, A.; BALON, T.W. Acute exercise increases nitric oxide synthase activity in skeletal muscle. Am J physiol Endocrinol Metab, 1999.

ROPELLE, E.R.; PAULI, J.R.; CARVALHEIRA, J.B.C. Efeitos moleculares do exercício físico sobre as vias de sinalização insulínica. Motriz, v.11, n.1, p.49-55, jan, 2005.

SANTOS, L.C.; SOUZA, L.R.; MARTELLI, A.; BERTELLI-COSTA, T.; DELBIM, L. Treinamento resistido para pacientes diagnosticados com diabetes tipo II. Revista Journal of Development, v. 6, n. 2, p. 7228-7239, 2020.

SAVAGE, D.B.; PETERSEN, K.F.; SHULMAN, G.I. Mechanisms of insulin resistance in humans and possible links with inflammation. Hypertension, v. 45, n. 5, p. 828-833, 2005.

SIMONEAU, J.A.; VEERKAMP, J. H.; TURCOTTE, L.P.; KELLEY, D.E.; Markers ofcapacity to utilize fatty acids in human skeletal muscle: relation to insulin resistance and obesity and effects of weight loss. FASEB, v. 13, n. 14, p. 2051-60, 1999.

SMITH, A. G.; MUSCAT, G. E. Skeletal muscle and nuclear hormone receptors: implications for cardiovascular and metabolic disease. The International Journal of Biochemistry & Cell Biology, v.37, n.10, p.2047-2063, 2005.

SUCKALE, J.; SOLIMENA, M. Pancreas islets in metabolic signaling--focus on the beta-cell. Frontiers Bioscience,v. 13, p. 7156-71, 2008.

WICKLMAYR, et al. Local liberation oh kinins by working skeletal muscle tissue in man. Hormone Metabolism Research, v. 20, n. 8, p. 535, 1988.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-178

Refbacks

  • There are currently no refbacks.