Cerrado Goiano: Diagnóstico da relação saúde – ambiente em municípios pertencentes à microrregião de Ceres, estado de Goiás / Cerrado Goiano: diagnosis of the health - environmental relationship in municipalities belonging to the Ceres microregion, state of Goiás

Renata Sousa Nunes, Sérgio Sousa Nunes, Murilo Marques Costa, Geisenely Vieira Dos Santos Ferreira, Rosimeire de Morais Oliveira, Lucrécia Ferreira Martins, Suelen Marçal Nogueira, Doraci Maria dos Santos Trindade

Abstract


O presente artigo teve como enfoque a região do Vale do São Patrício, Microrregião de Ceres - GO com ênfase nos municípios que a compõem: Rubiataba, Ipiranga de Goiás e Nova Glória auxilia no conhecimento das transformações ambientais e socioeconômicas do bioma Cerrado goiano do Mato Grosso de Goiás. Assim, o objetivo geral da pesquisa foi descrever a expansão sucroalcooleira no Cerrado goiano e verificar a fragmentação de habitats nos municípios inseridos na Microrregião de Ceres - GO, comparando as alterações ocorridas devido à expansão sucroalcooleira, bem como a ocorrência de fragmentação de hábitas nos municípios da microrregião de Ceres – GO (Rubiataba, Ipiranga de Goiás e Nova Glória), mas precisamente da região onde encontra-se localizado a usina Cooper Rubi. A metodologia foi de pesquisa bibliográfica e documental no contexto das temáticas relacionadas ao Bioma Cerrado, bem como observações in loco dos municípios em estudo e registros de observações de oralidade e grupos focais. A metodologia utilizada foi de caráter documental com abordagem descritiva e quali-quantitativa, tendo como fonte de dados a Secretarias Municipais de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos dos municípios de Ipiranga de Goiás; Nova Gloria e Rubiataba, e, utilização ainda de monitoramento do desmatamento dos biomas brasileiros por Satélite CANASAT (2010).. Buscou-se ainda dados de análises epidemiológicas quanto a saúde da população dos três municípios, comparando alterações ocorridas nos últimos dez anos e observações in loco dos municípios em estudo por meio dos dados obtidos pelo Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS) do Ministério da Saúde. Por meio desse estudo foi possível concluir a Microrregião de Ceres -GO sofreu esta interferência. Assim, sua paisagem se apresenta fragmentada, onde os remanescentes na maioria se encontram isolados em meio a extensas áreas de pastagem e, ou culturas agrícolas. O histórico de ocupação e uso do solo da Microrregião de Ceres –GO ocasionou transformações na paisagem. Os resultados da caracterização e das descrições demosntram que os fragmentos florestais que compunham a microrregião foram alterados, havendo supressão de grande parte da vegetação pelo uso do solo na agricultura e pecuária. E, através de tais resultados não foi observardo correlação entre doenças respiratórias e o processo de usinagem da cana-de-açúcar nos municípios.

 

 


Keywords


Sucroalcooleiro, impactos ambientais, cerrado, geografia saúde.

References


BAYMA, Adriana Panhol. Análise do potencial de séries temporais de índices de vegetação (NDVI e EVI) do sensor MODIS para detecção de desmatamentos no bioma Cerrado. Dissertação. Brasília. Instituto de Geociências. Universidade de Brasília, 2015. 99p.

BORGES, Mariley Gonçalves; RODRIGUES, Herick Lyncon Antunes; LEITE, Marcos Esdras. Mapeamento de fitofisionomias do cerrado na microrregião de Grão Mogol, através de imagens de satélite LANSAT 8 e SENTINEL – ZA. Revista Tocantinense de Geografia. vol 6, n. 10. set/dez, 2017.

BRITO, Henrique Mendes Gustavo; PEREIRA, Rodrigo Moura; REIS, Elton Fialho; MACEDO, Marina Alberti. Determinação da área cultivada com cana-de-açúcar na microrregião de Ceres –GO., através de imagens LANDSAT TM. Revista Científica. Anápolis, n. 1, vol 2, 2015.

COX, C; BARRY, Peter. 1931- Biogeografia: uma abordagem ecológica e evolucionária / C. Barry Cox e Peter D. Moore; tradução e revisão técnica Luiz Felipe Coutinho Ferreira da Silva. - [Reimpr.]. - Rio de Janeiro : LTC, 2011.

CUNHA, Nalim Rodrigues Ribeiro Almeida; TAVARES, Giovana Galvão. QUALIDADE DE VIDA E RISCOS SOCIOAMBIENTAIS: Estudo da expansão sucroalcooleira em Carmo do Rio Verde, Itapaci e Rubiataba na microrregião de Ceres - GO. Anais SNCMA, [S.l.], n. 8, nov. 2017. ISSN21795193.Disponívelem:. Acesso em: 10 fev. 2018.

FERREIRA, Idelvone Mendes. Bioma cerrado: caracterização do subsistema de Vereda. IX EREGEO. Encontro Regional de Geografia. Porto Nacional. Julho, 2005.

FLORENZANO, Teresa Gallotti. Iniciação em sensoriamento remoto. 3 ed. ampl e atua.. São Paulo: Oficina de textos, 2011.

GUIMARÃES, RB. Geografia e saúde. In: Saúde: fundamentos de Geografia humana [online]. São Paulo: Editora UNESP, 2015, pp. 17-39. ISBN 978-85-68334-938-6.Available from SciELO Books .IBRAHIN, FranciniImense Dias. Introdução ao geoprocessamento ambiental. São Paulo: Érica, 2014.

KLINK, Carlos A; MACHADO, Ricardo B. A conservação do cerrado brasileiro. Megadiversidade. vol 1, n. 1, jul, 2005.

LIMA, Camila Aparecida. O Cerrado Rupestre no Estado de Goiás com base em imagens LANDSAT ETM+. Dissertação. Mestrado em Engenharia Florestal. Departamento de Engenharia Florestal. Universidade de Brasília. Brasília, 2008. 116p.

PRIMACK, Richard B. Biologia da conservação. São Paulo: Planta, 2001.

RIBEIRO, Luiz Gustavo Faccini Helena. Geoprocessamento aplicado ao estudo de queimadas de cana-de-açúcar e condições climáticas: relações condições na região de Araraquara-SP. In: Introdução ao geoprocessamento ambiental. São Paulo: Érica, 2017.

RIBEIRO, Thiago Alvizi Cruz Helena. Colheita de cana-de-açúcar e seus impactos na saúde respiratória de moradores do noroeste do estado de São Paulo: contribuições do SIG. In: Geoprocessamento e saúde: muito além de mapas / organizadora Helena Ribeiro. -- Barueri, SP : Manole, 2017

RODRIGUES, Miguel Trefaut. A biodiversidade dos Cerrados: conhecimento atual e perspectivas, com uma hipótese sobre o papel das matas galerias na troca faunística durante ciclos climáticos. In: Cerrado: Ecologia, biodiversidade e conservação. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2005.

SANTIAGO, Anderson Ribeiro; PEREIRA, Alfredo. Imagens do sensor CCD/ CBERS-2 como subsídio na distinção entre fitofisionomias florestais, savânicas e campestres do bioma Cerrado. Anais XIV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. Natal. 25 a 30 de abril de 2009.

SILVA, Lilian da Rocha de. Análise das imagens do satélite RapidEye para discriminação de classes de cobertura vegetal do Cerrado. Dissertação. Brasília. Instituto de Geociências. Universidade de Brasília, 2015, 82.p.

SILVA, Mirian Fabiana da; SILVA, Angelica Cáritas da. Análise da produção de leite e de cana de açúcar no município de Rubiataba, Goiás. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável (RBAS). vol 7, n. 4. p. 9-15, dez, 2017.

SILVA, Sandro Dutra e; BARBALHO, Maria Gonçalves da Silva; FRANCO, José Luiz de Andrade. A expansão sucroalcooleira e a devastação ambiental nas matas de São Patrício, microrregião de Ceres, Goiás. Brasília/DF, 2013. História, histórias. Disponível em: Acesso em 21 de Maio de 2016.

SILVA, Whallas Cordeiro. Organização espacial e morfologia da cidade de Rubiataba – Goiás. Dissertação. Mestrado. Universidade Federal de Goiás. Instituto de Estudos Socioambientais (IESA). Goiânia, 2017.

SOARES, Láis Alves; CARVALHO, Fábio Martins Vilar. Alterações no uso do solo, fragmentação de hábitats e viabilidade de populações de mamíferos no cerrado. V Congresso Estadual de Iniciação Científica e Tecnológica do IF Goiano IF Goiano- Campus Iporá 21 a 23 de setembro de 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-164

Refbacks

  • There are currently no refbacks.