Mercados para a agricultura familiar / Markets for family farming

Luana Cristina Duarte, Camila Weber, Gabrieli dos Santos Amorim, Rosani Marisa Spanevello, Adriano Lago

Abstract


Estudos de diferentes contextos sobre a agricultura global, apresentam a necessidade dos agricultores se solidificarem o que lhes permite exercer de maneira ativa nos processos de desenvolvimento rural. Nesse sentido, os mercados voltados para a agricultura familiar, possibilitam que os produtores tenham certa autonomia em suas decisões e principalmente na permanência e continuidade do meio rural. Assim, este estudo tem por objetivo, abordar os mercados para a agricultura familiar, mostrando a importância deles para a reprodução social e geração de renda, através de uma revisão bibliográfica com busca em dados secundários, trazendo o que autores da área discutem sobre o assunto, focando mais no mercado dos orgânicos, no institucional e no mercado de especialidade de nichos. Desta forma será mostrado que o acesso das famílias a estes mercados é de grande importância para a sua permanência no campo.


Keywords


Mercados, mercados e agricultura familiar, geração de renda, reprodução social.

References


AGNE, C.L.; WAQUIL, P.D. Redes de proximidade: agricultores, instituições e consumidores na construção social dos mercados para os produtos das agroindústrias rurais familiares na região central do RS. REDES, Santa Cruz do Sul, v.16, n.1, p.149-171, jan/abr. 2011. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017. doi: http://dx.doi10.17058/redes.v16i1.1609.

ANJOS, F.S et al. Estado e Agricultura Familiar: o papel das políticas públicas de incentivo à agroindustrialização no extremo sul do Brasil. REDES, Santa Cruz do Sul, v.16, n.3, p.80-97, set.-dez. 2011. Disponível em: . Acesso em: 21 dez. 2017.

AZEVEDO, E. et al. Agricultura familiar orgânica e qualidade de vida: um estudo de caso em Santa Rosa de Lima, SC, Brasil. Revista Brasileira de Agroecologia, v.6, n.3, p.81-106, 2011. Disponível em: . Acesso em: 13 dez. 2017.

BELTRÃO, N.E.M. Agricultura orgânica e seu potencial como estratégia de produção. IV Congresso Brasileiro de Algodão, Goiânia, 2003. Disponível em: . Acesso em: 13 dez. 2017.

BORTOLUZZI, D.L. Agroindústria familiar rural e desenvolvimento econômico: um estudo no Município de Doutor Maurício Cardoso/RS. 2013. 91f. TCC (Trabalho de Conclusão de Curso em Ciências Econômicas) - Curso de Ciências Econômicas, Faculdade Horizontina. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

CAMARGO, R.A.L et al. O papel do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) no fortalecimento da agricultura familiar e promoção da segurança alimentar. Temas de Administração Pública, Araraquara, v.8, n.2, 2013. Disponível em: . Acesso em: 21 dez. 2017.

CAMPANHOLA, C.; VALARINI, P.J. A agricultura orgânica e seu potencial para o pequeno agricultor. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v.18, n.3, p.69-101, set.-dez. 2001. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2017.

DIESEL, V. et al. Caracterização da agroindústria familiar de aguardente de cana-de-açúcar na região da Quarta Colônia, RS. I Congresso Internacional de Desenvolvimento Rural e Agroindústria Familiar, São Luiz Gonzaga, 2005. Disponível em: . Acesso em: 12 dez. 2017.

ESTEVAM E JACQUES. A fronteira entre o mercado (in)formal de produtos da agricultura familiar no sul de Santa Catarina – Brasil. Revista Brazilian Journal of Development (BJD, Curitiba, v. 5, n. 12, p.28493-28500 dec. 2019. Disponível em: < http://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/5124/4678>. Acesso em: 05 jan. 2020.

FERNANDES, D.M.M; KARNOPP, E. A agricultura familiar e a cadeia produtiva de alimentos orgânicos: conquistas. RDE - Revista de Desenvolvimento Econômico, Salvador, v.16, n.29, p.130-137, dez. 2014. Disponível em: . Acesso em: 21 dez. 2017.

FNDE. PNAE - Programa Nacional de Alimentação Escolar. 2017. Disponível em: . Acesso em: 21 dez. 2017.

FORNAZIER, A.; WAQUIL, P.D. A importância do cooperativismo na inserção de pequenos produtores nos mercados: o caso da produção de maçã na serra catarinense. In: CONTERATO, M.A. et al. (Orgs.). Mercados e agricultura familiar: interfaces, conexões e conflitos. Porto Alegre: Via Sapiens, 2013. 358p. Disponível em: . Acesso em: 16 dez. 2019.

GAZOLLA, M.; PELEGRINI, M. As experiências familiares de agroindústria-lização: uma estratégia de produção de novidades e de valor agregado. Ensaios FEE, Porto Alegre, v.32, n.2, p.361-388, nov. 2011. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2017.

GUILHOTO, J.J.M. et al. A importância da agricultura familiar no Brasil e em seus estados. 2007. Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2017.

HAHN, C.L. et al. Análise de mercado dos produtos da agroindústria familiar: Estudo de caso do perfil do consumidor e do produtor Santo-Angelense – Rio Grande do Sul – Brasil. Espacios, Caracas, v.38, n.21, p.5, 2017. Disponível em: . Acesso em: 19 dez. 2017.

IBGE. Censo Agropecuário 2006: agricultura familiar, primeiros resultados, Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação. Censo Agropecuário, Rio de Janeiro, 2009. Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2017.

IPEA. O Perfil da Agroindústria Rural no Brasil: uma análise com base nos dados do Censo Agropecuário 2006. Brasília, 2013. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2017.

LUNARDON, M.T. Agricultura Orgânica. 2007. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2017.

MALUF, R.S. Mercados agroalimentares e a agricultura familiar no Brasil: agregação de valor, cadeias integradas e circuitos regionais. Ensaios FEE, Porto Alegre, v.25 n.1, p.299-322, abr. 2004. Disponível em: . Acesso em: 16 dez. 2017.

ORSOLIN, J. Gestão da comercialização na Agroindústria Rural Familiar. Revista de Administração, Frederico Westphalen, v.5, n.8, p.15-37, jun. 2006. Disponível em: . Acesso em: 16 dez. 2017.

SCHNEIDER, S. A pluriatividade como estratégia de reprodução social da agricultura familiar no Sul do Brasil. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, n.16, p.164-184, abr.-set. 2001. Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2019.

SCHNEIDER, S. Teoria social, agricultura familiar e pluriatividade. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v.18, n.51, p.99-121, fev. 2003. Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2017.

SCHNEIDER, S. Mercados e Agricultura Familiar. In: MARQUES, F.C. et al. (Orgs.). Construção de Mercados e Agricultura Familiar: desafios para o desenvolvimento rural. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2016, p. 93-140.

SILVA, M.G. et al. Mudanças organizacionais em empreendimentos de agricultura familiar a partir do acesso ao Programa Nacional de Alimentação Escolar. Revista de Economia e Sociologia Rural, Piracicaba, v.53, n.2, p.289-304, Abr.-Jun. 2015. Disponível em: . Acesso em: 12 dez. 2017.

SILVA, C.V.A. et al. Agricultura familiar e mercado institucional de alimentos: ensaio crítico a partir de um projeto de pesquisa e extensão. VII Jornada Internacional de Políticas Públicas. 2015. Disponível em: . Acesso em: 21 dez. 2017.

SULZBACHER, A.W. Agroindústria Familiar Rural: caminhos para estimar impactos sociais. In: XIX Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2009, São Paulo. Anais... São Paulo: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana – USP, 2009. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2017.

TERRAZZAN, P.; VALARINI, P.J. Situação do mercado de produtos orgânicos e as formas de comercialização no Brasil. Informações Econômicas, São Paulo, v.39, n.11, nov. 2009. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2017.

WESZ-JUNIOR, V.J. et al. Os reflexos das agroindústrias familiares para o desenvolvimento das áreas rurais no Sul do Brasil. Cuadernos de Desarrollo Rural, Bogotá, v.6, n.63, p.59-85, 2009. Disponível Em . Acesso em: 19 dez. 2017.

WILKINSON, J. Mercados, redes e valores: o novo mundo da agricultura familiar. Porto Alegre: UFRGS, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-161

Refbacks

  • There are currently no refbacks.