Qualidade de vida de cuidadores de pacientes com deficiência motora: revisão integrativa/ Quality of life of caregivers of patients with motor disabilities: integrative review

Rosane Emanuele Paiva, Cácia Régia de Paula, Júlio César Souza Silva, Maria Alves Barbosa, Marcos Rassi Fernandes, Neuma Chaveiro, Rodrígues- Martín, Celmo Celeno Porto

Abstract


Trata-se de Revisão Integrativa da literatura sobre a qualidade de vida de cuidadores de pacientes com deficiência motora. Os estudos foram identificados por meio de busca eletrônica no banco de dados da Medline, Lilacs, Scielo e Medline/Pubmed, LILACS, e busca manual de resumos de trabalhos apresentados em congressos entre janeiro de 1995 a dezembro de 2017, utilizando-se os descritores “qualidade de vida and cuidador and  deficiência motora”; “qualidade de vida and cuidador and hemiplegia”; “qualidade de vida and cuidador and paraplegia”; “qualidade de vida and cuidador and tetraplegia”. Foram identificados 233 trabalhos. Destes, 224 foram excluídos por não se enquadrarem nos critérios de elegibilidade, 9 estudos foram incluídos. A publicação mais antiga foi em 2004 e a mais recente em 2015. Para avaliar a qualidade de vida os autores dos artigos utilizaram: SF-36 – Medical Outcomes Study Short Form 36, WHOQOL-bref - World Health Organization Quality of Life Group Bref, MQOL – McGill Quality of Life Questionarie. A análise dos artigos identificou que 4 correlacionaram a QV de pacientes com a QV dos cuidadores e 5 artigos estudaram especificamente a QV dos cuidadores.  Identificou também que a Qualidade de vida do cuidador está relacionada com a do paciente. Evidenciou-se outrossim, que os cuidadores são afetados de forma negativa pelo próprio despreparo em lidar com o paciente com deficiência motora e, aliado a isso, tem-se a limitação financeira dos familiares, a mudança na dinâmica social repentina. Entretanto, são necessários estudos futuros com maior abrangência e maior rigor metodológico.


Keywords


Cuidador,Pessoas com Deficiência, Qualidade de vida.

References


Organização das Nações Unidas (2020). Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Nova Iorque: ONU. Disponível em: https://nacoesunidas.org/acao/pessoas-com-deficiencia/ acesso em 10 de junho de 2020

Umphred DA. Reabilitação Neurológica. São Paulo: Manole, 2004.

SOMMERHALDER, Cinara. Significados associados a tarefa de cuidar de idosos de alta dependencia no contexto familiar. 2001. 86p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/251289 acesso em 10 de junho de 2020

Santos CMO. Transição no autocontrole continência fecal na pessoa com Lesão Medular Traumática. Dissertação [Mestrado em Enfermagem de Reabilitação]. Coimbra-PT: Universidade de Coimbra, 2014: 127p. Disponível em: https://repositorio.esenfc.pt/private/index.php?process=download&id=31747&code=532. Acesso em 10 de junho de 2020

Magalhães MO, Sousa, ADNB, Costa LOP, Pinto DDS. Avaliação em pacientes com traumatismo raquimedular: um estudo descritivo e transversal. ConScientiae Saúde, 2011; 10 (1): 69-76. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=saude&page=article&op=view&path%5B%5D=2508 acesso em 11 de junho de 2020

Brunozi AE, Silva AC, Gonçalves LF, Veronezi RJB. Qualidade de vida na lesão medular traumática. Rev Neurocienc, 2011; 19 (1): 139-44. Disponível em : http://www.revistaneurociencias.com.br/edicoes/2011/RN1901/revisao/444%20revisao.pdf acesso em 11 de junho de 2020

FRANCA et al, Inácia Sátiro Xavier de. Qualidade de vida em pacientes com lesão medular. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre , v. 34, n. 1, p. 155-163, Mar. 2013 . Available from . access on 11 June 2020. https://doi.org/10.1590/S1983-14472013000100020.

Organização Mundial de Saúde (OMS). Envelhecimento ativo: uma política de saúde. World Health Organization. Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS); 2005. Disponível em: http://dtr2001.saude.gov.br/svs/pub/pdfs/envelhecimento_ativo.pdf

Makiyama TY, Battisttella LR, Litvoc J, Martins LC. Estudo sobre a qualidade de vida de pacientes hemiplégicos por acidente vascular cerebral e de seus cuidadores. Acta Fisiatr, 2004; 11 (3): 106-109. Disponível em: http://www.luzimarteixeira.com.br/wp-content/uploads/2010/01/qualidade-de-vida-pos-ave.pdf acesso em 11 de junho de 2020

Blanes L, Carmagnani MIS, Ferreira LM. Health-related quality of life of primary caregivers of persons with paraplegia. Spinal Cord, 2007, 45: 399-403. Disponível em: https://www.nature.com/articles/3102038.pdf acesso em 11 de junho de 2020

Gauthier A, Vignola A, Calvo A et al. A longitudinal study on quality of life and depression in ALS patient–caregiver couples. Neurology, 2007, 68, (12): 923-926. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/17372127/ acesso em 11 de junho de 2020

Rivera-Navarro J, Benito-León J, Oreja-Guevara C et al. Burden and health-related quality of life of spanish caregivers of persons with multiple sclerosis. Multiple sclerosis, 2009, 15 (11): 1347-1355. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19797453/ Acesso em 11 de junho de 2020

Nogueira PC, Rabeh SAN, Caliri MHL, Dantas RAS, Haas VJ. Sobrecarga do cuidado e impacto na qualidade de vida relacionada à saúde de cuidadores de indivíduos com lesão medular. Rev Latino-am Enfermagem, 2012; 20 (6): 1048-1056. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rlae/v20n6/pt_06.pdf acesso em 11 de junho de 2020

Baumann M, Couffignal S, Le Bihan E, Chau N. Life satisfaction two-years after stroke onset: the effects of gender, sex occupational status, memory function and quality of life among stroke patients (Newsqol) and their family caregivers (Whoqol-bref) in Luxembourg. BMC neurology, 2012; 12 (1), 105. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3551740/pdf/1471-2377-12-105.pdf Acesso em 11 de junho de 2020

Graça A, Nascimento MA, Lavado EL, Garanhani MR. Qualidade de vida de cuidadores familiares de pessoas com lesão da medula espinal. Revista brasileira de Enfermagem, 2013; 66 (1): 79-84. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/236915879_Quality_of_life_of_primary_caregivers_of_spinal_cord_injury_survivors acesso em: 11 de junho de 2020

MOURA, Maria Clara Drummond Soares de et al. A dependência funcional dos pacientes com distrofia muscular de Duchenne é determinante da qualidade de vida e da carga de seus cuidadores? Arq. Neuro-Psiquiatr. São Paulo, v. 73, n. 1, p. 52-57, janeiro de 2015. Disponível em . acesso em 11 de junho de 2020. https://doi.org/10.1590/0004-282X20140194 .

Costa TF, Costa KNFM, Fernandes MGM, Martins KP, Brito SS. Qualidade de vida de cuidadores de indivíduos com acidente vascular encefálico: associação com características e sobrecarga. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 2015; 49 (2): 245-252. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reeusp/v49n2/pt_0080-6234-reeusp-49-02-0245.pdf acesso em 11 de junho de 2020

Prince JM, Manley MS, Whiteneck GG. Self-managed versus agency-provided personal assistance care for individuals with high level tetraplegia. Arch Phys Med Rehabil. 1995;76(10):919‐923. doi:10.1016/s0003-9993(95)80067-0 Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/7487431/ acesso em 11 de junho de 2020




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-158

Refbacks

  • There are currently no refbacks.