Série on line como sala de aula no limiar do sensível / On line series as a classroom on the threshold of the sensitive

Alessandro Flaviano de Souza, Andrea Ferraz Fernandez, Naiara Cristina Gonçalves Rocha Passos

Abstract


Comunicamos a utilização de séries on line como sala de aula. Buscamos solucionar o problema da relação entre as técnicas fornecidas por disciplinas para um objetivo comum nos cursos Radialismo e Cinema e Audiovisual, da Universidade Federal de Mato Grosso. O método é qualitativo, interventivo e relacional direcionado para a solução de problema. Trata-se de oportunizar a experiência de referência sem a construção de modelos mentais, mas o arranjo da multiplicidade de habilidades para a construção do conhecimento com aproximação decolonial. Possibilitou transitar de expressões artísticas em fazeres técnicos e a configuração de saberes e da construção dialética do conhecimento.

 


Keywords


Séries online, sala de aula, sensível, audiovisual, decolonial.

References


AUGÉ, Marc. Não-lugares. Introdução a uma antropologia da supermodrenidade. 5ª edição. Trad. Maria Lúcia Pereira. Campinas, SP: Papirus, 1994. (Coleção Travessia do Século).

ALVES, Rubem. O Desejo de Ensinar e a Arte de Aprender. Campinas: Fundação EDUCAR DPaschoal, 2004.

____________. A alegria de ensinar. 3ª ed. São Paulo: ARS Poetica Editora, 1994.

AUMONT, Jacques. A estética do filme. São Paulo: Papirus Editora, 1995.

BARBOSA, Jane Rangel Alves. Didática do ensino superior. 2ª ed. Curitiba: IESD Brasil S/A, 2011.

BATESON, Gregory. Uma teoria sobre bricadeira e fantasia. Tradução Lúcia Quental. Em: Passos para uma ecologia da mente. New York: Ballantine Books, 1972.

CENTENO, Maria João. O Conceito de comunicação na obra de Bateson - Interacção e regulação. Série: Estudos em Comunicação. Covilhã: Livros LabCom, 2009.

CERTEAU, Michel. Artes de fazer – A invenção do cotidiano. Tradução Ephraim Ferreira Alves. 3ª edição. Petrópolis: Editora Vozes, 1998.

DARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL. Projeto Pedagógico do curso Comunicação Social habilitação Radialismo, Cuiabá: UFMT/IL, 2009. Endereço da Internet: http://sistemas.ufmt.br/censo/ObterPlanoPedagogico.aspx?codigoExterno=221&nivel=g&formato=pres&callback=http://www.ufmt.br/ufmt/site/ensino/graduacao/Cuiaba?plano=false. Aacessado em 29/06/2014.

_______________. Projeto Pedagógico De Curso De Cinema e Audiovisual. Cuiabá: UFMT/FCA, 2018. Disponível em: http://sistemas.ufmt.br/ufmt.ppc/PlanoPedagogico/Download/232. Acessado em: 7/10/2018.

DELEUZE, Guilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs - capitalismo e esquizofrenia. Vol. 1 Trad. Aurélio Guerra Neto e Celia Pinto Costa. São Paulo: Editora 34, 1995.

DEWEY, John. A arte como Experiência. Trad. de Murilo Otávio Rodrigues Paes Leme. Em Os pensadores. São Paulo: Ed. Abril Cultural, 1974.

DUSSEL Enrique. Ética da Libertação na Idade da Globalização e da Exclusão. São Paulo: Vozes; 2002.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

GOMES, Pedro M. Serrano. As noções deleuzo-guattarianas de "território" e "agenciamento" a partir de "1837 - a lengalenga". Lisboa: Univeridade Técnica de Lisboa, 2008.Disponível em: https://www.academia.edu/352591/As_no%C3%A7%C3%B5es_deleuzo-guattarianas_de_territ%C3%B3rio_e_agenciamento_a_partir_de_1837_-_a_lengalenga_. Acessado em: 6/10/2018.

GREIMAS, Algirdas J.. Da Imperfeição. Pref. e trad. Ana Claudia de Oliveira. São Paulo : Hacher Editores, 2002.

GROSFOGUEL, Ramón. Para descolonizar os estudos de economia política e os estudos pós-coloniais: Transmodernidade, pensamento de fronteira e colonialidade global. Revista Crítica de Ciências Sociais [Online], 80 | 2008, colocado online no dia 01 outubro 2012. URL : http://journals.openedition.org/rccs/697 ; DOI : 10.4000/rccs.697. Visitado em 27 setembro 2019.

______________. Thinking the Contemporary. Em Intrnational conferene to Honour Boaventura Sousa Santos upon the 40th anniversary of Center of Social Studies “Imagining the future. Knlwleddges, experiences alternatives. Universidade de Coímbra, Novembro, 2018. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=r4oKv5wrEE8. Visitado em 12/5/2019.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologiacientífica. 2. ed. ver. ampl. São Paulo: Atlas, 1991.

MIGNOLO, Walter. Desobediência epistêmica: a opção descolonial e o significado de identidade em política. Traduzido por: Norte, Ângela Lopes. Em Cadernos de Letras da UFF – Dossiê: Literatura, língua e identidade, no 34, p. 287-324, 2008.

_____________. Historias locales, diseños globales: colonialidad, conocimientos subalternos y pensamiento fronterizo. Madrid: Akal, 2003.

MODRO, Nielson Ribeiro. Nas entrelinhas do cinema. Joinville, SC: UNIVILLE, 2008.

____________________. Cineducação 2: usando o cinema na sala de aula. Joinville, SC: UNIVILLE, 2006.

RODRIGUES, Chris. O Cinema e a Produção. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007.

SALLES, Filipe. Como se faz Cinema - Parte 1: Funções e equipe. Mnemocine, 2008. Disponível em: http://www.mnemocine.com.br/index.php/cinema-categoria/28-tecnica/154-fazercinema1. Acessado em 28/9/2018.

SANTOS, Mario Ferreira dos. Platão – O Um e o Múltiplo. Comentários sobre o Parmênides. São Paulo: IBASA, 2001.

SILVA, Ana Paula Rodrigues da; DAVI, Tania Nunes. O recurso cinematográfico como ferramenta em sala de aula. Cadernos da FUCAMP, v.11, n.14, p.23-36/2012.

SILVA, Luiz Inácio e HADDAD, Fernando. DECRETO 5.626, 22 DE DEZEMBRO DE 2005. Presidência da República/Casa Civil. Disponível no endereço da Internet: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Decreto/D5626.htm, acessado em 15/06/2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-146

Refbacks

  • There are currently no refbacks.