Formação e prática docente: o uso de temas sensíveis nas aulas de História e Literatura/Teacher formation and practice: the use of themes sensitive at classes in History and Literature

Adriano Alves Bezerra, Francisca Kelly Gomes Cristovam, Maria Jucineide Araújo, Simone Zeferino Pê

Abstract


O objetivo deste texto é proporcionar reflexões sobre o uso de temas sensíveis abordados nas aulas de História e Literatura nos tempos atuais, no âmbito do ensino, o que vai além da transmissão conteúdos. Docentes de diversas áreas têm enfrentado dificuldades nas suas salas de aula, vivenciando imensos desafios de discutir alguns conteúdos, haja vista estarmos presenciando transformações políticas, econômicas e sociais que interferem no pensamento e na vida de cada ser humano. Nesse contexto, diversos professores, em especial, os que trabalham com disciplinas que permitem o aluno pensar mais o social, têm sidos chamados de doutrinadores e comunistas, inclusive acusados de tentar fazer com que seus alunos tenham um pensamento único e igual o seu. Entretanto, essa realidade é controversa, pois o que a grande maioria, dos docentes, deseja é ver uma sociedade pensante e livre de amarras. Sendo assim, nós autores deste artigo, realizamos reflexões sobre o uso de temas sensíveis nas aulas de História e Literatura, buscando perceber como podem ser discutidas determinadas temáticas sem gerar um estratagema para a vida do docente. Consideramos que argumentar sobre a prática em sala de aula é de extrema importância, e deve ser compartilhado com nossos pares, pois através dessas experiências podemos aprender uns com outros. Assim, dialogamos no corpo do texto com autores que tratam da temática, promovendo uma discussão acerca do respeito pelas múltiplas formas de pensar e a diversidade cultural em nossa sociedade.

 


Keywords


Ensino, História, Literatura, Temas Sensíveis.

References


ALBERTI, Verena.O professor de história e o ensino de questões sensíveis e controversas. Palestra proferida no IV Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades. Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Caicó (RN), p. 1-11, 17 a 21 de nov. de 2014. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/17189/palestra%20Verena%20Alberti%20seminario%202014%20Caico.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 14 de mai. de 2020.

ALVES, Carlos Jordan Lapa; ROSA, Geder da Rocha. Uma reflexão sobre o ensino de História: um estudo de caso do processo de ensino-aprendizagem. Ensaios Pedagógicos. Revista Eletrônica do Curso de Pedagogia das Faculdades OPET, Curitiba - PR, p. 35-43, Jun, 2016. Disponível em: http://www.opet.com.br/faculdade/revista-pedagogia/pdf/n11/artigo3.pdf. Acesso em: 22 ago. 2019.

BITTENCOURT, Circe Fernandes. Reflexões Sobre o Ensino de História. Estudos Avançados, São Paulo, vol. 32, nº 93, maio/ago, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142018000200127&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 28 set. de 2019.

BONALDO, Caroline; FRASSON, Tamires. Projetos de incentivo à leitura espalhados pelas cidades buscam reverter baixo índice de leitores no Brasil. Jornal Subverbo. 24 Ag. 2019. Disponível em: https://medium.com/jornalsubverbo/projetos-de-incentivo-%C3%A0-leitura-espalhados-pelas-cidades-buscam-reverter-baixo-%C3%ADndice-de-leitores-ae24770261a3. Acesso em: 16 mai. 2020.

BORDINI, Maria da Glória. Leitores relutantes, professores resistentes. In: BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância. Debate: temas polêmicos na literatura, Rio de Janeiro, p. 32-37, Boletim 11, jun, 2007. Disponível em: https://cdnbi.tvescola.org.br/contents/document/publicationsSeries/1426102919389.pdf. Acesso em: 15 mai. 2020.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais. Secretaria de Educação Fundamental, Brasília : MEC/SEF, 1998. 436 p. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ttransversais.pdf. Acesso em: 15 mai. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. Brasília, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15548-d-c-n-educacao-basica-nova-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 15 mai. 2020.

CÂNDIDO, Antônio. O direito à literatura. In: Vários escritos. v.3. São Paulo: Duas Cidades, 1995. p. 235-263.

CAVALCANTE, Meire. Interdisciplinaridade: um avanço na educação. Nova Escola. 07 mar. 2018. Disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/249/interdisciplinaridade-um-avanco-na-educacao. Acesso em: 16 mai. 2020.

CRISTOVAM, Francisca Kelly Gomes; ARAÚJO, Maria Jucineide. Formação e prática docente: o uso de temas sensíveis na sala de aula de história. VI Congresso Nacional de Educação, Fortaleza/CE, 2019. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV127_MD1_SA1_ID11951_03102019111600.pdf. Acesso em: 15 mai. 2020.

DAVILA, Denise; SOUZA, Renata Junqueira de. O Uso de Textos Polêmicos em Sala de Aula: formação e prática docente. Educação & Realidade, Porto Alegre, vol. 38, nº 4, out./dez., 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2175-62362013000400011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 28 set. de 2019.

FORGIARINI, Marcia Soares; AULER, Décio. A abordagem de temas polêmicos na educação de jovens e adultos: o caso do "florestamento" no Rio Grande do Sul. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, p. 399-421, vol. 8, nº 2, 2009. Disponível em: http://reec.webs.uvigo.es/volumenes/volumen8/ART2_Vol8_N2.pdf. Acesso em: 15 mai. 2020.

GIL, Carmem Zeli de Vargas; EUGÉNIO, Jonas Camargo. Ensino de História e temas sensíveis: abordagens teórico-metodológicas. Revista História Hoje, p.139-159, vol. 7, nº 13, jun, 2018. Disponível em: https://rhhj.anpuh.org/RHHJ/article/view/430/273. Acesso em: 28 set. 2019.

LACERDA, Nilma. Debate: temas polêmicos na literatura. In: BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância. Debate: temas polêmicos na literatura, Rio de Janeiro, p. 3-15, Boletim 11, jun, 2007. Disponível em: https://cdnbi.tvescola.org.br/contents/document/publicationsSeries/1426102919389.pdf. Acesso em: 15 mai. 2020.

MACHADO, Antônio Berto. Docência na Contemporaneidade: formação e identidades em disputa. In: RODRIGUES, Melânia Mendonça; ARCOVERDE, Rossana Delmar de Lima. (Orgs). Trabalho e formação docente na contemporaneidade. Campina Grande, PB: EDUFCG, 2009 p.77-93.

MORAES, Ana Paula da Cruz Pereira de. Caminhos da História Ensinada e a Construção de Novos Saberes e Histórias na Sala de Aula. In: LÔBO, Isamarc Gonçalves; NETO, Manoel Dionizio. (Orgs). Diferentes espaços no tempo: o ensino, a formação e os discursos. Cajazeiras, PB: EDUFCG, 2012, p. 80-96.

PENZANI, Renata. Por que estamos diante de uma onda de livros proibidos no Brasil? Lunetas. Publicado em: 04.10.2018; Atualização: 23.10.2018. Disponível em: https://lunetas.com.br/livros-proibidos/. Acesso em: 16 mai. 2020.

PEREIRA, Marcus Vinicius Mayer; SEFFNER, Fernando. Entre o dito e o não-dito: a morte na literatura infantojuvenil. Textura. v. 21, n. 45, p. 148-174, jan/mar 2019. Disponível em: http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/txra/article/view/4815/3333. Acesso em: 15 mai. 2020.

PEREIRA, Nilton Mullet. PAIM, Elison Antonio. Para pensar o ensino de história e os passados sensíveis: contribuições do pensamento decolonial. Revista Revista Educação e Filosofia, p.01-16, vol. 32, nº 66, dez, 2018. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/40152. Acesso em: 14 mai. 2020.

PRODANOV, Cleber Cristiano. FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013. Disponível em: http://www.feevale.br/Comum/midias/8807f05a-14d0-4d5b-b1ad-1538f3aef538/E-book%20Metodologia%20do%20Trabalho%20Cientifico.pdf. Acesso em: 15 mai. de 2020.

RODRIGUES, Cynthia Campelo. Livros, literatura e censura: caminhos da liberdade. In: BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância. Debate: temas polêmicos na literatura, Rio de Janeiro, p. 38-45, Boletim 11, jun, 2007. Disponível em: https://cdnbi.tvescola.org.br/contents/document/publicationsSeries/1426102919389.pdf. Acesso em: 15 mai. 2020.

THIESEN, Juares da Silva. A interdisciplinaridade como um movimento articulador no processo ensino-aprendizagem. Revista Brasileira de Educação, vol.13, no.39, Rio de Janeiro, set./dez. 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782008000300010. Acesso em: 16 mai. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-122

Refbacks

  • There are currently no refbacks.