O Storytelling na criação do posicionamento da marca: a propaganda da Apple que mudou o jogo / Storytelling in creating brand positioning: a game-changing Apple advertisement

Talita Souza Magnolo, Maxwell Costa Oliveira Moreira

Abstract


O Storytelling nunca esteve tão em voga na propaganda como hoje. Atualmente as marcas vêm sentindo cada vez mais a necessidade de ser vista e compreendida pelo consumidor e criar uma relação com seu cliente de confiança e identidade. Esse novo modelo de posicionamento passa a exigir novas ferramentas que tornam possível uma conexão entre marca e cliente muito mais forte e duradoura – esse novo mecanismo de construção de uma nova forma de comunicação é chamado Storytelling. Este artigo vai estudar o comercial da Apple de 1983, no lançamento do Macintosh, no qual será possível perceber como que a utilização do Storytelling fez com que o consumidor entendesse o caráter e o perfil da Apple e ajudou assim, a marca a se posicionar de forma que mudaria o mercado de tecnologia e informática da época.


Keywords


Storytelling, Apple, Propaganda, Poder, Marca.

References


AAKER, David A. Criando e administrando marcas de sucesso. São Paulo: Futura, 1996.

ATHAYDE, Edson. Storytelling e o futuro da propaganda. Coluna Revista Época, 2013. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2015.

BARBOSA, Denis Borges. O fator semiológico na construção do signo macário, 2006. Tese (Doutorado em Direito) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2006.

ISAACSON, Walter. Steve Jobs: a biografia. São Paulo: Companhia das letras, 2011.

KELLER, Kevin. Strategic Brand management: building, measuring and managing brand equity. 2a ed. Upper Saddle River: Prentice Hall, 2003.

______; MACHADO, M. Gestão estratégica de marcas. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006. KELLER, Kevin, KOTLER, Philip. Administração de Marketing. 12a ed. São Paulo: Person Education, 2007.

KOTLER, Philip. Administração de Marketing. 4a ed. São Paulo: Atlas, 1996.

______. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. Trad. Ailton Bomfim 5a ed. São Paulo: Atlas, 1998.

______. Administração de Marketing. Trad Bazán Tecnologia e Linguística; São Paulo: Prentice Hall, 2000.

LEE, Butcher. "Milionário por acaso: a história da Apple Computer e seu criador Steve Jobs." São Paulo, Ed. Bertrand Brasil SA, 1993.

MARK, Margareth; PEARSON, Carol, O Herói e o Fora-da-Lei: como construir marcas extraordinárias usando o poder dos arquétipos. Cultrix, São Paulo, 2001.

MCKEE, Robert, Big think interview with Robert McKee. Big Think, 2012. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2015.

MINTZBERG, Henry; QUINN, James Brian. O processo da estratégia. 3a ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

NUÑES, Antônio. Será mejor que lo cuentes. Barcelona: Ediciones Urano 2007.

ORWELL, George. 1984 . Trad Wilson Velloso. 29a ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2005

PEIRCE, Charles Sanders. Semiótica Perspectiva; 4ª ed. 2015.

PEREZ, Clotilde; BAIRON, Sérgio. Comunicação e Marketing. Teorias da comunicação e novas mídias um estudo prático. São Paulo: Futura: 2002.

PORTER, Michael. Competição: estratégias competitivas essenciais. 8a ed. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

ROBERTS, Kevin. Lovemarks: O futuro além das marcas: São Paulo: M, Books 2005.

SCARTOZZONI, Bruno. Agora você vai entender o que é storytelling. Blog três pontos, 2012. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2015.

SURHONE, Lambert M. Walter Landor - Landor Associates, Goldsmiths, University of London, Bauhaus: BetaScript Pub, 2010.

XAVIER, Adilson. Storytelling: histórias que deixam marcas. Rio de Janeiro, Best Business, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-109

Refbacks

  • There are currently no refbacks.