Mine to plant na mina de Salobo / Mine to plant at the Saloto mine

Grazielle Gontijo, Olegario Junior, André Zecchini, Eduardo Uchoa, Victor Morais

Abstract


Este paper tem o objetivo de apresentar a metodologia e os resultados alcançados pelo Mine to Plant na mina de cobre da Vale Salobo. O Mine to Plant está baseado no conceito de que melhorias de fragmentação por desmonte de rochas tem efeito positivo sobre a performance da planta de beneficiamento.

A Vale iniciou as operações do Salobo I (12 Mtpa) em Q2-2012, em Q2-2014 iniciou-se a operação do Salobo II (24Mtpa). Em Q1-2015 iniciou-se a primeira fase dos trabalhos de Mine to Plant (Ano #1) e Q1-2016 a segunda fase do projeto (Ano # 2)

Mesmo com a complexidade das análises técnicas em se determinar o impacto correspondente para cada uma das iniciativas de melhorias na operação de desmonte realizadas em paralelo com start up da planta de beneficiamento, durante o Ano # 1, o departamento de mina e planta implementou a metodologia com sucesso na Vale Salobo.

Este paper apresenta os resultados de aumento de tratamento (tph) da segunda fase de trabalho, em cada uma das etapas de britagem primária e secundária, Moagem de rolos HPGRs e moagem de bolas, bem como a comparação dos resultados de KPIs da linha base, ano # 1 e ano # 2.

As melhorias nas técnicas de desmonte, dos controles operacionais, e uso de explosivos mais energéticos bem como uso de sistemas eletrônicos de iniciação permitiram uma redução do top size do ROM, P80 e P50 e consequentemente redução dos eventos de paradas na britagem primária por blocos e engaiolamento.

Nesta segunda etapa do trabalho, últimos12 meses, manteve-se as melhorias alcançadas nas etapas de britagens e buscou um incremento na participação de finos através de desmontes com alta razão de carga e explosivo mais energéticos. Foi possível determinar que o desmonte aumentou o tratamento da britagem primária em 20%, em 19% a britagem secundária e 2,5% no circuito de HPGR e moagem de bolas.


Keywords


Mine to Plant, melhorias, performance, taxa horária, explosivo, desmonte

References


Chiappetta, F. (2016). Innovative Blasting Technologies to Improve Fragmentation, Plant Throughput and Productivity. Orica’s technical seminar, Santiago, Chile.

Alarcón, J. et al. (2016). Mine to Plant Comissioning in Salobo mine, Procemin 2016, Santiago, Chile

Gontijo, G et al. (2015-2016-2017). Technical reports of Mine to Plant Service of Orica in Vale Salobo mine. Internal reports of service.

Zecchini, A. et al (2016). Fragmentation Improvement Blasting and Its Benefits in Mine and Plant Operations Through Technology and innovation, Word Congress mineral, 2016, Rio de Janeiro, Brasil.

Salobo ore characterisation database, Cobre Salobo – Resumo Resultados WI. Xls, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-092

Refbacks

  • There are currently no refbacks.