Níveis crescentes de irrigação e maior densidade de plantas aumentam a produtividade do milho verde / Increasing levels of irrigation and higher plant density increase the yield of green corn

Felipe de Assis Oliveira, Julianna Catonio da Silva, Daniella Pereira dos Santos, José Adeilson Santos Barreto, Cinara Bernardo da Silva, Márcio Aurélio Lins dos Santos, Valdevan Rosendo dos Santos

Abstract


O milho verde é uma cultura que desperta interesse por ser uma alternativa de grande valor econômico e seu cultivo irrigado associado à adequada densidade de semeadura tem papel importante em seu rendimento. Objetivou-se avaliar a produtividade do milho verde em função de lâminas de irrigação e densidades de semeadura. A pesquisa foi conduzida na área experimental da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) – Campus de Arapiraca, no período de 18 de abril a 17 julho de 2016. Adotou-se o delineamento em blocos casualizados, em um esquema de parcelas subdivididas 5 x 5 x 3. Nas parcelas foram distribuídas as lâminas de irrigação (0; 50; 100; 150 e 200% da Evapotranspiração da cultura - ETc) e nas subparcela, as densidades de semeadura (83,3; 62,5; 50; 41,6 e 35,7 mil plantas ha-1). Ao final do ciclo foram avaliadas as variáveis: diâmetro da espiga com palha (D.E.C.P), diâmetro da espiga sem palha (D.E.S.P), comprimento da espiga com palha (C.E.C.P), comprimento da espiga sem palha (C.E.S.P), produtividade da espiga com palha (P.E.C.P) e produtividade da espiga sem palha (P.E.S.P). A densidade de semeadura proporcionou incremento para as variáveis C.E.C.P e C.E.S.P, obtendo os maiores valores na densidade de 41,6 plantas ha-1. As maiores lâminas de irrigação testadas (150 e 200%) proporcionaram os maiores incrementos para a cultura do milho verde. A cultura do milho verde obteve a maior produtividade nos maiores níveis de irrigação, assim como nas maiores densidades de semeadura.


Keywords


Zea mays L, manejo de água, espaçamento de cultivo, rendimento.

References


ALLEN, R.G.; PEREIRA, L.S.; RAES, D. Crop evaporation. Rome: FAO, (FAO Irrigation and Drainage, Paper 56). p.297,1998.

ARGENTA, G.; SILVA, P.R.F.; SANGOI, L. Arranjo de plantas em milho: análise do estado-da-arte. Ciência Rural, Santa Maria, v.31, p.1075-1084, 2001.

BISCARO, G. A.; MAIA, S. C. M.; SILVA, T. R. B. da. Influência da aplicação de água no milho verde irrigado na região do cerrado Sul-Mato-Grossense. Agrarian, Dourados-MS, v.1, n.1, p. 67-77, jul./set. 2008.

CABRAL, F. L.; BASTOS, A. V. S.; TEIXEIRA, M. B.; SILVA, E. C.; SOARES, F. A. L.; SANTOS, L. N. S. Níveis de fertilização de fósforo mineral e organomineral na cultura do milho. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n.6, p.36414-36426 jun. 2020.

CARDOSO, M. J.; BASTOS, E. A.; PACHECO, C. A. P.; ROCHA, L. M. P.; GUIMARÃES, L. J. M.; GUIMARÃES, P. E de O.; PARENTONI, S. N.; SILVA, A. R de. Rendimento de Grãos e Componentes de Rendimento de Híbridos Comerciais de Milho sob Deficiência Hídrica. In: XXVIII CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 2010, Goiânia: Associação Brasileira de Milho e Sorgo.

COSTA, M. R.; GUIMARÃES, M. A.; LEMOS NETO, H. S.; RABELO, J. S.; HENDGES, A. R. A. A.; VIANA, C. S.; SAMPAIO, I. M. G. Desempenho agronômico do rabanete em diferentes densidades populacionais. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 6, p. 35679-35689, jun. 2020.

DOORENBOS, J.; PRUITT, W. O. Crop water requirements. Rome: FAO, 1977. 179p. (FAO Irrigation and Drainage Paper, 24).

EMBRAPA- Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 5ª. ed. Brasília: EMBRAPA, 2018. 281 p.

FERREIRA, V. M.; ANDRADE JUNIOR, A. S de.; CARDOSO, M. J.; RIBEIRO, V. Q.; MORAIS, E. L. da C. Performance produtiva do consórcio milho – feijão caupi é disponibilidade hídrica do solo. Rev. Bras. Ciênc. Agrár. Recife, v.5, n.2, p.177-186, 2010.

FORNASIERI FILHO, D. Manual da cultura do milho. Jaboticabal: Funep, 2007, 576p.

MAGALHÃES, L. G. S.; LIMA, A. P. L.; LIMA, S. F.; SORATTO, D. N.; MARTINS, S. M. Densidade básica da madeira de clones de eucalipto em diferentes espaçamentos. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n.4,p.19435-19445 apr. 2020.

NASCIMENTO, F. N.; Características agronômicas do milho verde sob diferentes regimes hídricos. 81f. : il. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2012.

OKTEM, A. Effects of deficit irrigation on some yield characteristics of sweet corn. Bangladesh J. Bot. 37(2): 127-131, 2008 (December).

OSTI, A. M.; DALLACORT, R.; TIEPPO, R. C.; GRZEBIELUCKAS, C.; CONCEIÇÃO, A. M. Rentabilidade do milho e do feijão submetido a diferentes lâminas de irrigação em Mato Grosso. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 57, n. 4, p. 505-518, 2019.

PAIVA JUNIOR, M. C.; PINHO, R. G. von; PINHO, E. V. R. von; RESENDE, S. G. Desempenho de cultivares para a produção de milho verde em diferentes épocas e densidades de semeadura em Lavras-MG. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 25, n. 5, p.1235-1247. 2001.

PEREIRA FILHO, I. A.; CRUZ, J. C. Colheita, Transporte e Comercialização do Milho Verde. In: PEREIRA FILHO, I. A. (Ed.). O cultivo do milho verde. Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2002. cap. 11, p. 2002.

SANGOI, L. Understanding plant density effects on maize growth and development; na important issue to maximize grain yield. Ciência Rural, Santa Maria, v. 31, p. 159 168, 2001.

SILVA, C. B.; SILVA, J. C.; SANTOS, D. P.; SILVA, P. F.; BARBOSA, M. S.; SANTOS, M. A.L. Manejo de irrigação na cultura da beterraba de mesa sob condições salinas em Alagoas. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, v. 13, n. 2, p. 3285- 3296, 2019.

SILVA, J. C.; SILVA, C. B.; SANTOS, D. P.; SANTOS, M. A.L.; OLIVEIRA, W. J.; REIS, L. S. Evapotranspiração e coeficiente de cultura da cenoura irrigada no agreste alagoano. Revista Ceres, v. 65, n. 4, p. 297-305, 2018.

VIEIRA, M. de. A. Cultivares e população de plantas na produção de Milho-verde. 2007. 95 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Universidade Federal do Paraná, Paraná, 2007.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-088

Refbacks

  • There are currently no refbacks.