Notas sobre alfabetização e letramento no âmbito de uma política pública: PNAIC em questão / Notes on literacy and lettering under a public policy: PNAIC in question

Alexsandra Aguiar, Waldeck Carneiro

Abstract


Neste artigo, são abordadas as distinções e as interfaces entre os processos de alfabetização e de letramento, no âmbito do debate sobre uma política pública de alfabetização de crianças oficialmente materializada: o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). São discutidos os conceitos de alfabetização e de letramento, em diálogo com autores que se dedicam ao tema, especialmente Magda Soares, mas também com os pressupostos que fundamentam a proposta do PNAIC.

Keywords


Alfabetização e Letramento, Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC).

References


AGUIAR, A. Formação continuada de professores alfabetizadores: análise da contribuição do PNAIC no município do Rio de Janeiro. Dissertação de Mestrado. Niterói: UFF - Programa de Pós-Graduação em Educação, 2020.

ALBUQUERQUE, E. B. C. Conceituando alfabetização e letramento. In: SANTOS, C. F.; MENDONÇA, M. (Orgs.). Alfabetização e letramento: conceitos e relações. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

BRASIL. Lei n° 11.274, de 6 de fevereiro de 2006. Altera a redação dos arts. 29, 30, 32 e 87 da Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, dispondo sobre a duração de nove anos para o ensino fundamental, com matrícula obrigatória a partir dos seis anos de idade. Portal da Subchefia de Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República: Leis Ordinárias. Brasília: Casa Civil da Presidência da República do Brasil, 2006a.

______. Ministério da Educação. Manual do Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Brasília: DF, s.d.

______. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Formação do Professor Alfabetizador: caderno de apresentação. Brasília: DF, 2012c.

______. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Formação de Professores no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Brasília: DF, 2012d.

CARVALHO, M. Alfabetizar e Letrar: Um Diálogo entre a Teoria e a Prática. 5. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2008.

CONSTANT, E. (org). Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC/UFRJ). Rio de Janeiro: UFRJ, 2013.

FRADE, I. C. A. da S. Métodos e didáticas de alfabetização: história, características e modos de fazer de professores: caderno do formador. Belo Horizonte: Ceale/FaE/UFMG, 2005.

____________. Alfabetização na escola de nove anos: desafios e rumos. In: SILVA, Ezequiel Theodoro (org). Alfabetização no Brasil: questões e provocações da atualidade. Campinas: Autores Associados, 2007.

FRANCO, A. Metodologia de ensino: língua portuguesa. Belo Horizonte: Ed. Lê/ Fundação Helena Antipoff, 1997.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

________. Pedagogia do oprimido. 31ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2001.

________. Ensinar, aprender: leitura do mundo, leitura da palavra. Estudos Avançados, v. 15, nº 42, 2001.

GRAFF, H. O mito do alfabetismo. Teoria e Educação, nº 2, p. 30-64, 1990.

KLEIMAN, A. B. Modelos de letramento e as práticas de alfabetização na escola. In: ______ (Org.). Os significados do letramento: uma nova perspectiva sobre a prática social da escrita. Campinas: Mercado de Letras, 1995.

LEAL, T. F. Organização do trabalho escolar e letramento. In: SANTOS, Carmi Ferraz; MENDONÇA, Marcia (Orgs). Alfabetização e letramento: conceitos e relações. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

LIMA, M., ASSUNÇÃO, M. E., COUTINHO, D. J. Dificuldades na aprendizagem da leitura nas séries iniciais. Brazilian Journal of Development, v. 5, nº 11, 2019.

MAINARDES, J. Reinterpretando os Ciclos de Aprendizagem. São Paulo: Cortez, 2007.

MORAIS, A. G. Como as crianças aprendem a escrita alfabética? O que a capacidade de refletir sobre “os pedaços sonoros” das palavras tem a ver com isso? In.: Alfabetização: a aprendizagem e o ensino da leitura e da escrita. Salto Para o Futuro, Ano XXIII, Boletim nº 4, Abril de 2013.

MORAIS, A. G., ALBUQUERQUE, E. B. C., LEAL, T. F. Alfabetização: apropriação do sistema de escrita alfabética. Belo Horizonte: Editora Autêntica, 2004.

MORTATTI, M. do R. L.. Os sentidos da alfabetização (São Paulo: 1876-1994). São Paulo: Editora da UNESP/CONPED, 2000.

REGO, L. L. B. Literatura Infantil: uma nova perspectiva da alfabetização na pré-escola. São Paulo: FTD, 1988.

ROJO, R. H. R. Concepções não valorizadas de escrita: a escrita como “um outro modo de falar”. In: KLEIMAN, Ângela (Org.). Os significados do letramento: uma nova perspectiva sobre a prática social da escrita. Campinas: Mercado de Letras, 1995.

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 1998.

_________. Letramento: um tema em três gêneros. 2ª ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2001.

_________. Alfabetização e letramento. São Paulo: Contexto, 2003a.

_________. A reinvenção da alfabetização. Presença Pedagógica, Belo Horizonte, v. 9, nº 52, p. 1-21, jul./ago. 2003c.

________. Letramento e escolarização. In: RIBEIRO, Vera Masagão (Org.). Letramento no Brasil: reflexões a partir do INAF. São Paulo: Global, 2004.

________. Alfabetização e letramento: caminhos e descaminhos. Revista Pátio, nº 29, 2004.

_________. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Revista Brasileira de Educação, nº 25, p. 5-17, jan./fev./mar./abr. 2004.

_________. Por uma alfabetização até os oito anos de idade. In: De Olho nas Metas. São Paulo, 2010.

___________. Alfabetização e letramento. 6 ed. São Paulo: Contexto, 2011.

___________. Letramento: um tema em três gêneros. 4ª ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

__________. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2018.

VYGOSTSKY, L. S. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1992.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-011

Refbacks

  • There are currently no refbacks.