Lutas na educação física: um diálogo entre a teoria e prática / Fights in physical education: a dialogue between theory and practice

Marco Antonio Chalita, Artur Felipe de Souza Lins, Wagner Alexandre Pereira, Reginaldo de Lima Santos

Abstract


Este trabalho pretende analisar a importância do conteúdo lutas dentro do ambiente escolar. A prática da luta, em sua iniciação esportiva, apresenta valores que contribuem para o desenvolvimento pleno do cidadão. Enquanto futuros professores de educação física trabalharemos diretamente com o corpo do indivíduo, seja ele criança, jovem ou adulto e as lutas é uma das formas com as quais trabalhamos mais diretamente com o corpo de nossos alunos, podendo ensiná-los a respeitar ao próximo. o decorrer das aulas pudemos perceber que o conteúdo lutas pode ser abordado de diversas formas nas aulas de Educação Física, através de brincadeiras, atividades lúdicas podemos intervir de forma com que nossos alunos possam adquirir não só a essência da arte marcial em si, mas todos os aspectos que estão ligados a ela, independente de região, espaço e tempo. Para a construção do presente trabalho fez-se necessário o relato de vivência de três estudantes do curso de Educação Física Licenciatura ofertado no Instituto de Educação Física e Esporte - IEFE da Universidade Federal de Alagoas – UFAL. Com isso os objetivos deste trabalho é analisar os aspectos relacionados à teoria e prática do conteúdo lutas nas aulas de educação física e identificar as possibilidades de intervenções através das artes marciais. Podemos concluir que é totalmente possível levar o conteúdo de lutas para escola de forma leve, descontraída e sem o clima pesado de violência.

 

 


Keywords


luta, ensino, educação física.

References


BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017.

CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Dispõe sobre a Intervenção do Profissional de Educação Física e respectivas competências e define os seus campos de atuação profissional. Resolução nº 046, de 18 de fevereiro de 2002, Rio de Janeiro.

DAOLIO, J. Educação Física e o Conceito de Cultura: polêmicas do nosso tempo. Autores associados, 2018. Disponível em: Acesso em 23 de abril de 2019.

DENZIN, N. K. e LINCOLN, Y. S. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K. e LINCOLN, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006. p. 15-41. Disponível em: Acesso em 11 de abr. 2019.

FERREIRA, H. S. As lutas na educação física escolar. REVISTA DE EDUCAÇÃO FÍSICA/JOURNAL OF PHYSICAL EDUCATION, v. 75, n. 135, 2006. Disponível em: Acesso em 20 de abril de 2019.

DRIGO, A. J. Lutas e escolas de ofício: analisando o judô brasileiro. Motriz: Revista de Educação Física, p. 396-406, 2009. Disponível em: Acesso em 22 de abril de 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-004

Refbacks

  • There are currently no refbacks.