Resposta da temperatura e substrato na emergência de sementes e desenvolvimento inicial de mamão / Temperature and substrate response in seed emergence and early papaya development

Andréia da Silva Almeida, Thayse do Amaral Aires, Jacqueline Barcelos Silva, Bruna Andressa dos Santos Oliveira, Camila de Ávila Nunes, Carem Saraiva, Alexandre Milech Neumann, Lilian Vanussa Madruga de Tunes

Abstract


A produção de mudas de mamão pode ser afetada por germinação irregular devido, principalmente, a um período de dormência das sementes, bem como ao uso do substrato errado. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de três temperaturas de armazenamento e três substratos durante o desenvolvimento inicial de mudas de mamão. O experimento foi conduzido em casa de vegetação da Universidade Federal de Pelotas, RS. Após a remoção da mucilagem e secagem, as sementes foram acondicionadas em embalagens de papel Kraft e armazenadas a 5 ºC, 10 ºC e temperatura ambiente (18 ± 0,6 ºC) por 15 dias. Não houve efeito da temperatura na emergência, comprimento da parte aérea, número de folhas e massa seca da parte aérea e raízes. A maior porcentagem de germinação foi encontrada no substrato de casca de arroz carbonizada; no entanto, com exceção do comprimento da raiz e da massa seca da parte aérea e das raízes, o desenvolvimento da planta foi superior aos demais substratos. Portanto, o uso de temperatura de 10 ºC durante o armazenamento, bem como fibra de coco e S-10 Beifort® como substrato, são a melhor recomendação para melhorar o surgimento e desenvolvimento inicial do mamão.


Keywords


Carica papaya, dormência, mucilagem

References


Aguiar RS, Yamamoto LY, Preti EA, De Souza GRB, Sbrussi CAG, Oliveira EAD, De Assis AM, Roberto SR and Neves CSVJ (2014) Extração de mucilagem e substratos no desenvolvimento de plântulas de maracujazeiro- amarelo. Ciências Agrárias 35: 605-612.

Alves CZ, Sá ME, Corrêa LS and Binotti FFS (2006) Efeito da temperatura de armazenamento e de fitoreguladores na germinação de sementes de maracujá doce e desenvolvimento inicial de mudas. Acta Scientiarum Agronomy 28: 441-448.

Cavalcante LF, Da Silva G, Gheyi HR, Dias TJ, Jailson DC, Alves JC, Antonio DPM and Da Costa APMC (2009) Crescimento de mudas de maracujazeiro amarelo em solo salino com esterco bovino líquido fermentado. Revista Brasileira de Ciências Agrárias 4: 414-420.

Cortéz SP, Escala M and Tillett S (2005) Anatomia de la cubierta seminal en ocho especies de Passiflora l., subgénero passiflora. Acta Botánica Venezolana 28: 337-348.

Díaz LA, Fischer G and Pulido SP (2010) La fibra de coco como sustituto de la turba en la obtención de plántulas de uchuva (Physalis peruviana L). Revista Colombiana de Ciencias Hortícolas 4: 153-162.

Dos Santos CM, De Souza GRL and Da Silva JR (1999) Efeitos da temperatura e substrato na germinação da semente de maracujá (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.). Revista Brasileira de Sementes 21: 1-6.

Fachinello JC, Hoffmann A and Nachtgal JC (2005) Propagação de plantas frutíferas. Embrapa Uva e Vinho, Bento Gonçalves, Embrapa Informação Tecnológica, Brasília, 221p.

Fernandes C, Corá JE and Braz LT (2006) Alterações nas propriedades físicas de substratos para cultivo de tomate cereja, em função de sua reutilização. Horticultura Brasileira 24: 94-98.

Guerrini IA and Trigueiro RM (2004) Atributos físicos e químicos de substratos compostos por biossólidos e casca de arroz carbonizada. Revista Brasileira da Ciência do Solo 28: 1069-1076.

Gutiérrez MI, Miranda D and Cárdenas JFH (2011) Efecto de tratamientos pre germinativos sobre la germinación de semillas de gulupa (Passiflora edulis Sims.), granadilla (Passiflora ligularis Juss.) y cholupa (Passiflora maliformis L.). Revista Colombiana de Ciencias Hortícolas 5: 209-219.

Hidalgo PRL, Vielma MS and Marín C (2009) Evaluación de sustratos a base de vermicompost y enmiendas orgánicas líquidas en la propagación de parchita (Passiflora edulis v. flavicarpa) en vivero. UDO Agrícola 9: 126- 135.

Hussain I, Assis AM, Yamamoto LY, Koyama R and Roberto SR (2014) Indole butyric acid and substrates influence on multiplication of blackberry ‘Xavante’. Ciência Rural 44: 1761-1765.

Jesus JRWC, Vale FXR, Coelho RR and Costa LC (2001) Comparison of two methods for estimating leaf area index on common bean. Agronomy Journal 93: 989-991.

Kämpf AN, Takane RJ and De Siqueira PTV (2006) Floricultura tropical: técnicas de preparo de substratos. LK Editora, Brasília, 132p.

Lima PO, Lira LM, Lopes KP and Barbosa RCA (2010) Armazenamento de sementes de maracujá-amarelo. Revista Verde 5: 102-109.

Mabundza RM, Wahome PK and Masarirambi MT (2010) Effects of different pre-germination treatment methods on the germination of passion (Passiflora edulis) seeds. Journal of Agriculture and Social Sciences 6: 57-60.

MAPA Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (2009). Regras para análise de sementes. MAPA/DAS/ACS, Brasília, 395p.

Martins CM, Vasconellos MAD, Rossetto CAV and De Carvalho MG (2010) Prospecção fitoquímica do arilo de sementes de maracujá amarelo e influência em germinação de sementes. Ciência Rural 40: 1934-1940.

Meletti LMM, Furlani PR, Álvares V, Soares-Scott MD, Bernacci LC and Azevedo Filho JA (2002) Novas tecnologias melhoram a produção de mudas de maracujá. O Agronômico 54: 30-33.

Meletti LMM and Maia ML (1999) Maracujá: produção e comercialização. Boletim Técnico, 181, Instituto Agronômico, Campinas, 64p.

Mesquita FO, Cavalcante LF, Pereira WE, Rebequi AM, Neto AJL and Nunes JC (2012) Produção de mudas de maracujazeiro amarelo submetidas à salinidade em solo como biofertilizante bovino. Ciencia Del Suelo 30: 31-41.

Pereira KJC and Dias DCFS (2000) Germinação e vigor de sementes de maracujá-amarelo (Passifora edulis Sims. f. favicarpa Deg.) submetidas a diferentes métodos de remoção da mucilagem. Revista Brasileira de Sementes 22: 288-291.

Pereira WVS, Vieira LM, Ribeiro LM, Mercante-Simões MO and Oliveira TGS (2011) Armazenamento de sementes de maracujazeiros. Pesquisa Agropecuária Tropical 41: 273-278.

Saidelles FLF, Caldeira MVW, Schirmer WN and Sperandio HV (2009) Casca de arroz carbonizada como substrato para produção de mudas de tamboril-da-mata e garapeira. Semina: Ciências Agrárias 30: 1173-1186.

Silva EA, Maruyama WI, Mendonça V, Francisco MGS, Bardiviesso DM and Tosta MS (2010) Composição de substratos e tamanho de recipientes na produção e qualidade das mudas de maracujazeiro ‘amarelo’. Ciência Agrotecnologia 34: 588-595.

Souza PVD, Carniel E and Fochesato ML (2006) Efeito da composição do substrato no enraizamento de estacas de maracujazeiro azedo. Revista Brasileira de Fruticultura 28: 276-279.

Souza RR, Matias SSR, Silva RR, Silva RL and Barbosa JSM (2015) Qualidade de mudas de mamão produzidas em substrato com esterco caprino e doses de superfosfato simples. Revista Agrarian 8: 139-146.

Wagner Júnior A, Santos CEM, Alexandre RS, Silva JOCS, Negreiros JRS, Pimentel LD, Álvares VS and Bruckner CH (2007) Efeito da pré-embebição das sementes e do substrato na germinação e no desenvolvimento inicial do maracujazeiro-doce. Revista CERES 54: 1-6.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-596

Refbacks

  • There are currently no refbacks.