Agricultura familiar e ruralidade: Sustentável? / Family agriculture and rurality: Sustainable?

Márcia Hanzen, Clério Plein, Sandra Maria Coltre

Abstract


O estudo, de cunho bibliográfico, se propõe a fazer uma reflexão sobre o desenvolvimento e a sustentabilidade na contemporaneidade, traçando um paralelo destes conceitos com o desenvolvimento rural e a agricultura familiar. O texto procura trazer de forma dialética, a opinião de autores significativos para a formação do conceito de espaço rural e de ruralidade, colocando a emergência do desafio intelectual da renovação do pensamento sobre desenvolvimento, como a angústia da sociedade contemporânea. Seria um pensamento renovador a criação de uma sociedade sustentável? Ou apenas mais uma utopia? Finalmente, apresenta a ruralidade como fator de desenvolvimento da agricultura familiar.

 


Keywords


Ambiente rural. Desenvolvimento. Sustentabilidade. Agricultura familiar. Ruralidade.

References


ABRAMOVAY, Ricardo. O capital social dos territórios: repensando o desenvolvimento rural. Revista Economia Aplicada – n° 2, vol. IV: 379-397, abril/junho 2000.

ABRAMOVAY, Ricardo. Do setor ao território: funções e medidas da ruralidade no desenvolvimento contemporâneo. Rio de Janeiro: Texto para Discussão do IPEA n˚ 702, 2000.

ABRAMOVAY, Ricardo. Funções e medidas da ruralidade no desenvolvimento contemporâneo. Rio de Janeiro. IPEA. n. 702, 2000. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/portal/ Acesso em: 23/jun/2019.

BOFF, Leonardo. Sustentabilidade: o que é e o que não é. 4.ed. Petrópolis: Vozes, 2015.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar. Petrópolis: Vozes, 1999.

CARNEIRO, Maria José. Pluriatividade da agricultura no Brasil: uma reflexão crítica, CPDA/UFRRJ, 2004.

CHAYANOV, Alexander V. La organización de la unidad económica campesina. Buenos Aires: Nueva Visión, 1974.

GARCIA JR, Afrânio Raul. O Sul: caminho do roçado. Brasília: UNB, 1989.

GRAZIANO DA SILVA, José. O Novo Rural Brasileiro. 2.ed. Campinas: IE/UNICAMP, 1999 .

HENNERICH, Juçara Elza et al. Uso de indicadores de sustentabilidade na produção de leite: uma experiência metodológica. Brazilian Journal of Development. 2018. Disponível em: http://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/524/453. Acesso em: 03 de junho de 2020.

LUTZENBERGER, José A. Fim do futuro? Manifesto Ecológico Brasileiro..3.ed. Campinas: Movimento, 1980.

MEDEIROS, Rosa Maria Vieira. Ruralidades: novos significados para o tradicional rural. Revista Dinâmicas do espaço agrário : velhos e novos territórios: NEAG 10 anos. p. 179-189, 2017. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/157495 Acessado em: 29 de julho de 2019.

NAVARRO, Zander. Desenvolvimento rural no Brasil: os limites do passado e os caminhos do futuro. São Paulo. vol.15 no.43 Sept./Dec. 2001. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142001000300009 - ISSN 1806-9592

NAVARRO, Zander et al. Pequena produção rural no Brasil. CENTRO DE GESTÃO E ESTUDOS ESTRATÉGICOS, 2013.

Nosso Futuro Comum. 2.ed. Rio de Janeiro: FGV, 1991.

PLOEG J.D. Van Der et all. Rural Development: from practices and policies towards theory. Sociologia Ruralis, Netherlands, 40 (4): 391-407, 2000.

SACHS, Ignacy. Em busca de novas estratégias de desenvolvimento. Estudos Avançados (25), 1995.

SACHS, Ignacy. Caminhos para o Desenvolvimento Sustentável. 4.ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2002.

SACHS, Ignacy. Desenvolvimento includente, sustentável e sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2004.

SACHS, Ignacy. Desenvolvimento includente, sustentável e sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2008.

SCHNEIDER, Sergio. A pluriatividade como estratégia de reprodução social da agricultura familiar no Sul do Brasil. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, v. 16, p. 164-184, 2001.

SCHNEIDER, Sergio. Teoria social, agricultura familiar e pluriatividade. RBCS - Revista Brasileira de Ciências Sociais - VOL. 18 Nº. 51. 2003.

SCHNEIDER, Sérgio. A Pluriatividade na Agricultura Familiar. Porto Alegre: UFRGS, 2003.

SCHNEIDER, Sergio. A abordagem territorial do desenvolvimento rural e suas articulações externas. Sociologias, Porto Alegre, ano 6, nº 11, p. 88-125, jan/jun 2004.

SCHNEIDER, Sergio. Situando o desenvolvimento rural no Brasil: o contexto e as questões em debate. Rev. Econ. Polit. vol.30 no.3 São Paulo July/Sept. 2010. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31572010000300009. Acesso em: 27 de julho de 2019.

SEN, Amarthia. Desenvolvimento como Liberdade. São Paulo. Companhia das Letras, 2017.

SINGER, Paul. Introdução à Economia Solidária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2013.

VEIGA, José Eli da. O desenvolvimento agrícola: uma visão histórica. São Paulo: Universidade de São Paulo, Hucitec, 1991.

VEIGA, José Eli da. Desenvolvimento rural: o Brasil precisa de um projeto. Texto para CONTAG, 1998. 55 p.

VEIGA, José Eli da. O Brasil rural ainda não encontrou seu eixo de desenvolvimento. ESTUDOS AVANÇADOS 15 (43), 2001.

WANDERLEY, Maria de Nazareth Baudel .Raízes históricas do campesinato brasileiro. XX Encontro Anual da ANPOCS. GT 17. Processos Sociais Agrários. Caxambu, MG. Outubro 1996.

WANDERLEY, Maria de Nazareth Baudel. A ruralidade no Brasil moderno. Por un pacto social pelo desenvolvimento rural. Buenos Aires, Argentina. 2001. ISBN: 950-9231-58-4 Disponível em: http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/ar/libros/rural/ wanderley.pdf Acessado em: 28 de julho de 2019.

WANDERLEY, Maria de Nazareth Baudel. O mundo rural como um espaço de vida: reflexões sobre a propriedade da terra, agricultura familiar e ruralidade. UFRGS Editora, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-477

Refbacks

  • There are currently no refbacks.