Gestão da cultura organizacional no Instituto Federal: limites, desafios e rotatividade docente na Amazônia Sul Ocidental / Management of organizational culture at the Federal Institute: limits, challenges and teaching turnover in the South Western Amazon

Francislene Rosas da Silva, Ronegildo de Souza Silva, Hellen Sandra Freires da Silva Azêvedo, José Marlo Araújo de Azevedo

Abstract


A pesquisa objetiva analisar a gestão da cultura organizacional nos Institutos Federais a partir do Instituto Federal do Acre, Campus Cruzeiro do Sul, apontando os limites, desafios e rotatividade dos docentes, bem como as perspectivas de mudanças e melhorias para gestão da cultura organizacional. O servidor ao ingressar na instituição precisa se apropriar do conhecimento relativo a cultura organizacional, as formas de organização e gestão escolar, tais elementos lhe assegurarão meios e condições para a consecução dos propósitos e objetivos educacionais.  A pesquisa foi realizada no IFAC - Campus Cruzeiro do Sul, foram realizadas investigações bibliográficas, documentais e aplicação de questionários semiestruturado aos docentes. Verifica-se que no Campus Cruzeiro do Sul a gestão da cultura organizacional apresenta limitações, representando desafios para a inserção na carreira, especialmente para a prática docente. Observa-se relevância do conhecimento da cultural organizacional para garantir ao servidor melhor adaptação na instituição, bem como êxito nas atividades educacionais.


Keywords


Cultura organizacional. Educação profissional. Identidade institucional. Gestão escolar.

References


ARAÚJO, L. C. G de. Gestão de Pessoas: estratégias e integração organizacional. São Paulo: Atlas, 2009.

BRASIL, Lei N° 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 23 de dez. 1996, p.1-27.

BRASIL, Lei Nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Cria os Institutos Federais de Educação Ciência e Tecnologia. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 29 de dez. 2008.

CERTO, S. C. Administração Moderna. 9. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

CHIAVENATO, I. Gestão de Pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

FONSECA, J. J. S da. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002.

GAETANI, J. A. R. O papel da cultura organizacional na implantação do planejamento estratégico: o caso FIEMG. 1999. 158 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1999.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

INSTITUTO FEDERAL DO ACRE. RESOLUÇÃO CONSU/IFAC Nº 14, de 27 de Fevereiro de 2019. Dispõe sobre aprovação da criação e regulamentação do Conselho de Campus – Cocam do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre. Boletim de Serviço. Rio Branco, a. 9, n. 13, p. 19-35, 01 Mar. 2019.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Técnicas de pesquisa. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LIBÂNEO, J. C.; OLIVEIRA, J. F de; TOSCHI, M. S. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. 10. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

LUCK, H. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba: Positivo, 2009.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC). Portaria MEC Nº 1.170 DE 21 de setembro de 2010. Autoriza as Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica a promover o funcionamento de seus respectivos Campus. Diário Oficial da União. Brasília, DF, Nº 182, p. 16, 21 de set. 2010.

MORGAN, G. Imagens das organizações. São Paulo: Atlas, 1996.

MOTTA, F. C. P.; VASCONCELOS, I. F. G. A cultura organizacional. In: MOTTA, F. C. P. Teoria geral da administração, v. 3, 2002.

MONTEIRO, J. A. Gestão escolar: os reflexos da gestão administrativa e pedagógica nos cursos de ensino superior do IFES Campus Vitória. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 22, n. 1, p. 285-302, 2018.

OLIVEIRA, M. A. M. (Org.). Gestão Educacional. Novos olhares, novas abordagens. 10. ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2014.

PAGNEZ, K. S. M. M. A identidade profissional docente: um olhar interdisciplinar. In: BASSIT, A. Z. (Org.). O interdisciplinar: olhares contemporâneos. São Paulo: Factasch Editora; 2010. p.165-180.

PDI. Instituto Federal do Acre (IFAC). Resolução Nº 12/CONSU/IFAC, de 21 de janeiro de 2020. Aprova o Plano de Desenvolvimento Institucional (2020-2024). Disponível em: Acesso em: 8 mar. 2020.

ROCHA, L. C. S.; PELOGIO, E. A. Cultura organizacional: um estudo empírico em um campus do instituto federal de ensino. Qualit@s Revista Eletrônica, v. 2, n. 2, p. 1-12, 2011.

SCHEIN, E. H. Career anchors revisited: implications for career development in the 21st century. Academy of Management Executive, v. 10, p. 80-88, 1996.

SCHEIN, E. H. Cultura organizacional e liderança. São Paulo: Atlas, 2009.

SEVERINO, A. J. Metodologia do Trabalho Científico. São Paulo: Cortez, 2016.

SILVA, A. R da; TERRA, D. C. T. A expansão dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e os desafios na contribuição para o desenvolvimento local e regional. In: I SEMINÁRIO NACIONAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO, Curitiba, 2013.

TEIXEIRA, L. H. G. Cultura Organizacional e projeto de Mudança em Escolas Públicas. Campinas, SP: Autores Associados, 2002.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução de Daniel Grassi. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-475

Refbacks

  • There are currently no refbacks.