A avaliação da aprendizagem na educação infantil: o fazer do professor da rede municipal de teresina / The evaluation of learning in childhood education: the doing of the teacher of the municipal network of teresina

Juliana Ferreira de Sousa, Antonia Dalva França Carvalho

Abstract


O presente estudo investiga a prática avaliativa no processo de ensino e aprendizagem no contexto Educação Infantil. Vislumbra compreender de forma mais aprofundada o fenômeno pesquisado, estabelecendo diálogo com autores como Saul (1995), Perrenoud (1999), Hoffmann (2002) entre outros, que discutem a prática avaliativa.  Emprega a abordagem da pesquisa de natureza qualitativo-exploratória, tipo estudo de caso. Utiliza para coleta os dados as técnicas da entrevista do tipo semi-estruturada e da observação participante segundo Minayo(1994). Tem como sujeitos três professoras efetivas que trabalham com segundo período de Educação Infantil. Para analisar os dados recorre à proposta de Bardin (1997) que trabalha com técnica de análise de conteúdo, para tanto os dados foram organizados em categorias. As constatações que os professores se esforçam para acompanhar o desenvolvimento integral da criança e que a avaliação de Rede da SEMEC (Secretaria Municipal de Educação) desconsidera outros aspectos do desenvolvimento da criança, visto que concentra suas ações no aspecto cognitivo, ou seja, no que concerne à Linguagem oral e escrita, pois a avaliação de Rede tem como meta a verificação da leitura e escrita da criança do segundo período.


Keywords


Educação infantil. Avaliação. Prática pedagógica.

References


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Paris: Universidade de France, 1977.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

______. Ministério da Educação e do Desporto. Referencial curricular nacional para a educação infantil. Brasília: MECSEF, 1998.

CARVALHO, Antonia Dalva França. As transposições dos constructos teóricos da Psicologia para as práticas pedagógicas; limites e possibilidades. Linguagens, Educação e Sociedade. n. 07- jan/jun. Teresina: EDUFPI, 2002.

FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed,1999.

GODÓI, Elisandra Girardelli. Avaliação na educação infantil: um encontro com a realidade. Porto Alegre: Mediação, 2010.

HOFFMANN, Jussara. A avaliação mito e desafio: uma perspectiva construtivista em avaliação. Porto Alegre: Mediação, 2003.

______. Avaliação na pré-escola: um olhar sensível e reflexivo sobre a criança. Porto Alegre: Mediação, 2010.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar. 19. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 1994.

MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, 1986.

OLIVEIRA, Marta Kohl. Vigotsky: aprendizado e desenvolvimento, um processo sócio-histórico. Pensamento e Ação no Magistério. São Paulo: Scipione, 1997.

______. O pensamento de Vigotsky como fonte de reflexão sobre a educação. Cadernos Cedes. Campinas: Papirus, 1995.

PERRENOUD,Philippe. Avaliação. Da excelência á regulamentação das aprendizagens: entre duas lógicas. Porto Alegre: Artes Médicas,1999.

PIAGET, Jean. In: LEITE, Luci Banks. Piaget e a Escola de Genebra. São Paulo: Cortez, 1987..

SAUL, Ana Maria. Avaliação emancipatória: desafios à teoria e á prática de avaliação e reformulação de currículo. 3 ed. São Paulo: Cortez, 1995.

SCRIVEN, Michael; STUFFEBEAN, Daniel. Avaliação educacional II: perspectivas, procedimentos e alternativas. Petrópolis: Vozes, 1978.

SEBER, Maria da Glória. Piaget: o diálogo com a criança e o desenvolvimento do raciocínio. São Paulo: Scipione, 1997.

SILVA, Janssen Felipe da. Práticas avaliativas e aprendizagens significativas: em diferentes áreas do currículo. 8 ed. Porto Alegre: Medição, 2010.

SOARES, Magda Becker. Avaliação educacional e clientela escolar. In: PATOO, Maria Helena Sousa (Org). Introdução à psicologia da Educação. 7 ed. Petropólis: Vozes, 1985.

TERESINA-PI. Prefeitura Municipal de Teresina. Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Diretrizes Curriculares do Município de Teresina. Teresina-PI: Semec, 2008.

______. Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Projeto Político Pedagógico. Mocambinho, Cmei Mocambinho. Teresina: Semec, 2009.

VIGOTSKY, Lev Semenovitch. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

______. O desenvolvimento psicológico na infância. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

WALON, Henri. Do acto ao pensamento. Lisboa: Portugália, 1966.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-442

Refbacks

  • There are currently no refbacks.