Manejo da adubação de base em soja no Noroeste do Rio Grande do Sul/ Management of soybean-based fertilization in the Northwest of Rio Grande do Sul

Henrique Ehlert Pollnow, João Roberto Pimentel, Cristian Troyjack, Márcio Peter, Letícia Barão Medeiros, Mariano Peter, Tiago Zanatta Aumonde, Tiago Pedó

Abstract


As adequadas práticas em campos de produção de sementes e grãos, são de fundamentais para se atingir altas produtividades. O uso de sementes de alta qualidade, bem como um correto manejo nutricional da cultura são pilares para se atingir elevadas produtividades. Sendo assim, este trabalho objetivou avaliar o desempenho da soja no Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, submetida a diferentes doses e fontes de adubação de base. Os tratamentos consistiram nas seguintes combinações: 350 de organomineral (T1), 350 de mineral (T2), 530 de organomineral (T3), 210 de organomineral + 230 de cloreto de potássio (T4), 210 de mineral + 230 de cloreto de potássio (T5) e 440 de organomineral + 230 Kg/ha de cloreto de potássio (T6). O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, sendo avaliado os componentes de rendimento e a qualidade fisiológica das sementes produzidas. Os melhores resultados nos tratamentos T3 e T5, ambos os tratamentos diferiam tanto na fonte quanto na dose da adubação. Não foram observadas grandes diferenças entre os tratamentos que receberam na adubação de base fertilizantes minerais ou organominerais, o que torna os fertilizantes organominereais uma opção a ser levada em conta pelo produtor. O aumento de doses de adubação potássica e fosfatada não levou a um aumento de vigor das sementes de soja.


Keywords


Glycine max, componentes de rendimento, crescimento de plantas, vigor das sementes.

References


BATISTELLA FILHO, F.; FERREIRA, M. E.; VIEIRA, R. D.; CRUZ, M. C. P. D.; CENTURION; M. A. P. D. C.; SYLVESTRE, T. D. B.; RUIZ, J. G. C. L. Adubação com fósforo e potássio para produção e qualidade de sementes de soja. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 48, n. 7, p. 783-790, 2013.

Bailey-Serres, J.; Parker, J.E.; Ainsworth, E.A.; Oldroyd, G.E.D.; Schroeder, J.I. Genetic strategies for improving crop yields. Nature, Vol 575, p. 109- 118, 2019.

BRASIL. Ministério da Agricultura e da Reforma Agrária. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília, DF: Mapa/ACS, 2009. 395p.

Cormier, F. et al. Breeding for increased nitrogen-use efficiency: a review for wheat (T. aestivum L.). Plant Breed. 135, 255–278 (2016).

CONAB. Acompanhamento de safra brasileira: grãos. Brasília, v. 5 - Safra 2017/2018, n.10. Décimo levantamento. 2018.

EMBRAPA. Centro nacional de pesquisa de solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3 ed. Brasília. 353p. 2013.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO – MAPA. AGROSTAT – Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro, out. 2019. Disponível em: http://indicadores.agricultura.gov.br/agrostat/index.htm. Acesso em: 21 out. 2019.

Li, S. et al. Modulating plant growth-metabolism coordination for sustainable agriculture. Nature 560, 595–600 (2018).

OLIVEIRA JÚNIOR, A. de; PROCHNOW, L.I. ; KLEPKER, D. Rendimento da soja em resposta à aplicação de rocha fosfática associada ao superfosfato triplo. Scientia Agricola ,Piracicaba, v.68, p.376 385, 2011.

SERAFIM, M.E.; ONO, F.B.; ZEVIANI, W.M.; NOVELINO, J.O.; SILVA, J.V. Umidade do solo e doses de potássio na cultura da soja. Revista Ciência Agronômica, v.43, p.222 227, 2012.

Schroeder, J. I. et al. Using membrane transporters to improve crops for sustainable food production. Nature 497, 60–66 (2013).

VELASQUES, G. Qualidade fisiológica e teor nutricional de sementes de soja (Glycine max L.) sob diferentes manejos nutricionais. 2018. 36 f. TCC (Curso de Agronomia) - Departamento de Estudos Agrários, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí, 2018.

VEIGA, A. D.; VON PINHO, E. V. R.; VEIGA, A. D.; PEREIRA, P. H. A. R.;OLIVEIRA, K. C.; VON PINHO, R. G. Influência do potássio e da calagem na composição química, qualidade fisiológica e na atividade enzimática de sementes de soja. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 4, p. 953-960, 2010.

ZUCARELI, C.; RAMOS JUNIOR, E. U.; BARREIRO, A. A.; NAKAGAWA, J.;

CAVARIANI, C. Adubação fosfatada, componentes de produção, produtividade e qualidade fisiológica em sementes de feijão. Revista Brasileira de Sementes, Pelotas, v. 28, n. 1, p. 09-15, 2006.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-435

Refbacks

  • There are currently no refbacks.