Modelagem numérica para cálculo do transpasse de vergas e contravergas / Numerical modeling for calculating bleed and counterfeit transpasses

Roger Otávio Pires Montes, Abimael Rêgo Pereira dos Santos, Kennedy Marques Cavalcante, Renildo Batista Melo

Abstract


Com o intuito de dissipar as tensões geradas nos bordos de aberturas para a instalação de esquadrias em painéis de alvenaria, constrói-se vergas e contravergas, alojadas na parte superior e inferior da abertura, respectivamente. Estes elementos estruturais podem ser fabricados in loco ou como pré-moldados, e têm a função de absorver as tensões, evitando o surgimento de fissuras no painel de alvenaria e melhorando o desempenho das vedações verticais. Portanto, neste trabalho têm-se o propósito de dimensionar o comprimento mínimo do transpasse das vergas e contravergas além da abertura, através de modelagens numéricas utilizando o Método dos Elementos Finitos por meio do software Diana. Os resultados obtidos, permitirão disponibilizar critérios para o dimensionamento das vergas e contravergas de forma eficaz e econômica, a fim de racionalizar os gastos e diminuir o risco de manifestações patológicas.

 

 


Keywords


Vergas, Contravergas, Transpasse, Elementos Finitos, Diana.

References


ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6118: Projeto de estruturas de concreto - Procedimentos. Rio de Janeiro. 2014.

_____. NBR 6120: Cargas para cálculo de estruturas de edificações. Rio de Janeiro. 1980.

_____. NBR 8545: Execução de alvenaria sem função estrutural de tijolos e blocos cerâmicos. Rio de Janeiro. 1984.

_____. NBR 8798: Execução e Controle de obras em alvenaria estrutural de blocos vazados de concreto. Rio de Janeiro. 1985.

_____. NBR 15270-1: Componentes cerâmicos – Parte 1: Blocos cerâmicos para alvenaria de vedação- Terminologia e Requisitos. Rio de Janeiro. 2017.

_____. NBR 15812-1: Alvenaria Estrutural – Blocos cerâmicos. Parte 1: Projetos. Rio de Janeiro. 2010.

DUARTE, R. B. Fissuras em alvenaria: causas principais, medidas preventivas e técnicas de recuperação. Porto Alegre: CIENTEC, 1998. Boletim Técnico n.25.

FRANCO, L. S. O Desempenho Estrutural e a Deformabilidade das Vedações Verticais. São Paulo, EPUSP-PCC, 1998.

JUSTE, A. E. Estudo da resistência e da deformabilidade da alvenaria de blocos de concreto submetida a esforços de compressão. São Carlos, 2001. Dissertação (Mestrado em Engenharia de estruturas) - Universidade de São Paulo.

MAMEDE, F. C. Utilização de pré-moldados em edifícios de alvenaria estrutural. São Carlos. 2001. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Estruturas) - Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.

REBELLO, Y. C. P. Bases para projeto estrutural. São Paulo: Zigurate Editora, 2007.

REZENDE, F. M. Estudo do comportamento mecânico de vergas armadas com treliças planas em alvenaria estrutural. Santa Maria. 2012. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Santa Maria.

SABBATINI, F. H. Alvenaria Estrutural – Materiais, execução da estrutura e controle tecnológico: Requisitos e critérios mínimos a serem atendidos para solicitação de financiamento de edifícios em alvenaria estrutural junto à Caixa Econômica Federal. Caixa Econômica Federal, Diretoria de Parcerias e Apoio ao Desenvolvimento Urbano. Março, 2003.

SAMPAIO, M. B. Fissuras em edifícios residenciais em alvenaria estrutural. São Carlos. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Estruturas) - Universidade de São Paulo

SILVA, M. M. A. Diretrizes para o projeto de alvenarias de vedação. São Paulo. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Estruturas) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

THOMAZ, E. Trincas em edifícios: causas, prevenção e recuperação. São Paulo: Pini, 1989.

VILATÓ, R. R. Estudo da metodologia do projeto para edifícios em alvenaria estrutural não armada. São Paulo. 1998. 175p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Estruturas) - Escola Politécnica, Universidade de São Paulo.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-428

Refbacks

  • There are currently no refbacks.