A lógica fuzzy no estudo da qualidade da água do rio Uraim Paragominas-PA / The fuzzy logic in the study of water quality in the Uraim Paragominas- PA

Mário Marcos Moreira Da Conceição, Ruana Regina Negrão de Souza, Ana Claudia De Sousa Da Silva, Nathalia Ingrid Gomes Machado, Caio César Abreu Carneiro, Fagner Lopes Guedes, Nathália de Sousa Silva, Melissa Oliveira e Silva, Ana Clara Saraiva de Lima, Luan Silva Tavares, Gabriela Brito de Souza, Isnabel Vitória Mendonça Martins, Thayane dos Santos Ribeiro, Marília Palheta da Silva, Antonia Simone Farias da Silva

Abstract


A preservação da qualidade das águas é um fator importante para o equilíbrio aquático e para o abastecimento da população que utiliza o corpo hídrico. Esta pesquisa justifica-se pela influência do regime pluviométrico sobre os corpos hídricos com alterações dos parâmetros físico-químicos destes, que interferem diretamente na qualidade da água dos rios e podem ser ocasionadas por diferentes fatores, como o aumento ou diminuição do índice de chuvas de uma região. Nesse sentido o objetivo deste trabalho é fazer um estudo da influência do índice pluviométrico do município de Paragominas-PA nos parâmetros pH, Turbidez, Cor e DBO das águas do rio Uraim utilizando para isso, o software MATrix LABoratory - MATLAB. Quanto ao método, ele foi hipotético-dedutivo, com isso a pesquisa torna-se observativa, sistemática, direta, com caráter exploratório. Os dados obtidos indicaram forte relação entre as variáveis analisadas, que entre os parâmetros hídricos o pH sofre interferências de parâmetros como a turbidez, cor, DBO, especialmente no período chuvoso. Além disso, devido a decomposição do material orgânico e a alta produtividade de algas presentes na água, influencia no aumento de microrganismos fotossintetizantes no recurso hídrico elevando as taxas de gás carbônico (CO2). Com uma base de dados consistente no que tange os índices pluviométricos do município de Paragominas e alguns parâmetros relacionados com a qualidade da agua do rio Uraim, observou-se a importância do uso de ferramentas computacionais para avaliação e verificação dos parâmetros da qualidade da agua.

 

 


Keywords


Qualidade das águas, Regime pluviométrico, Parâmetros físico-químicos.

References


APARECDIDO, C. F. R. et al. Manejo de bacias hidrográficas e sua influência sobre os recursos hídricos. Irriga. Botucatu, v. 21, n. 2, p. 239-256, mai-jun, 2016

BISOGNIN, R. P. et al. Análise e divulgação da qualidade da água de nascentes, afluentes e ponto de captação do arroio lajeado erval novo no município de três passos – RS. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, Santa Catarina, v. 6, n. 2, p. 44-55, ago. 2017.

BITENCOURT, Emanoelen Bitencourt e. Et al. Caracterização físico-química e microbiológica quanto a influência de resíduos na qualidade da água do Rio Tocantins, margem esquerda (MARABÁ – PA). Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. v. 11, n.6. p. 05-26. Jun. 2019.

BRASIL. A. P. Diagnóstico Socioeconômico e Florestal do município de Paragominas. Belém: Imazon, 2009.

BUZELLI, G. M.; CUNHA-SANTINO, M. B. Análise e diagnóstico da qualidade da água e estado trófico do reservatório de Barra Bonita, SP. Ambiente e Água – An Interdisciplinary Journal of Applied Science, Taubaté, v.8, n.1,p.186-205,abr.2013.

GIL. A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2008.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. População do município de Paragominas. 2016. Disponível em:. Acesso em: 08 ago. 2017.

JERÔNIMO, C. E. M.; SOUZA, F. R. S. Determinação do índice de qualidade da água da lagoa de extremoz-rn: série temporal e correlação a índices pluviométricos. Rev. Elet. em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, Santa Maria, v. 10, n. 10, p.2219-2232, abr. 2013.

MALAMAN, C. S.; AMORIM, A. Método Para Determinação De Valores Na Avaliação Imobiliária: Comparação Entre O Modelo De Regressão Linear E Lógica Fuzzy. Bcg - Boletim de Ciências Geodésicas, Curitiba, v. 23, n. 1, p.87-100, mar. 2017.

MALAQUIAS, G. B.; CÂNDIDO, B. B. Avaliação dos impactos ambientais em nascentes do Munícipio de Betim, MG: análise macroscópica. Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade, Minas Gerais, v.3, n.2, p.51-65, dez. 2013.

OLIVEIRA, M. F. Metodologia científica: manual para a realização de pesquisas em Administração. Goiás: Catalão, 2011. 72 p.

DECKER, A. et al. Análise ambiental e qualidade da água da lagoa dos patos nas proximidades de uma tradicional comunidade de pescadores. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, Santa Catarina, v. 7, n. 2, p. 105-123, 27 abr. 2018.

POL, J. J. et al. Avaliação ambiental da água superficial do arroio schmidt (Campo Bom, RS), por meio de análises físico-química, biológica e toxicológica em dois pontos. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, Santa Catarina, v. 8, n. 3, p. 159-171, out. 2019.

SANTI, G. M. et al. Variabilidade espacial de parâmetros e indicadores de qualidade da água na sub-bacia hidrográfica do igarapé São Francisco, Rio Branco, Acre, Brasil. Ecologia Aplicada, Lima, v. 11 n. 1, p. 23-31, jan./ago. 2012.

SILVA, A. E. P. et al. Influência da precipitação na qualidade da água do Rio Purus. Acta Amazonica, Manaus, v. 38, n. 4, p.733-742, out. 2008.

SILVEIRA, M.; ARAUJO NETO, M. D. Licenciamento ambiental de grandes empreendimentos: conexão possível entre saúde e meio ambiente. Ciência & Saúde Coletiva, Brasília, v. 19, n. 9, p.3829-3838, set. 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-413

Refbacks

  • There are currently no refbacks.