Avaliação de genótipos de milho para produção de minimilho em Piranhas - Alagoas / Evaluation of corn genotypes for baby corn production in Piranhas - Alagoas

Kleyton Danilo da Silva Costa, Jivanilson Silva dos Santos, Francismária Freitas de Lima, Ana Maria Maciel dos Santos, Helena Thays Rodrigues Filgueira, Denisson Lima do Nascimento, Michelangelo de Oliveira Silva, Maxwel Rodrigues Nascimento

Abstract


O trabalho foi conduzido entre os anos de 2018 e 2019 no Município de Piranhas - Alagoas, com o objetivo de avaliar genótipos de milho para produção de minimilho. O delineamento estatístico utilizado foi o de blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repetições, totalizando 20 parcelas experimentais. As parcelas experimentais foram constituídas por quatro fileiras de cinco metros de comprimento, sendo a área útil constituída pelas duas fileiras centrais. A primeira colheita foi realizada aos 50 dias após a semeadura. As variáveis avaliadas foram as seguintes: AP: altura da planta aos 90 dias; DC: diâmetro do caule aos 90 dias; CCP: comprimento da espigueta com palha; DCP: Diâmetro da espigueta com palha; CSP: Comprimento da espigueta sem palha; DSP: Diâmetro da espigueta sem palha; MVCP: Massa verde de espiguetas com palha e  MVSP: Massa verde das espiguetas sem palha. Os principais resultados obtidos foram: Quanto ao rendimento, qualquer um dos genótipos utilizados neste trabalho pode ser utilizado na região e indicados para o cultivo pelos agricultores, dando-se preferência os de polinização livre; Todos os genótipos apresentaram padrões de espiguetas comerciais em termos de comprimento e diâmetro sem palha; O minimilho por suas múltiplas características de cultivo e consumo poderá ser considerado uma nova alternativa para a diversificação da agricultura, e para a geração de emprego e renda na região.

 


Keywords


Zea mays L.; hortaliça, espigueta

References


ARAÚJO, A. V.; BRANDÃO JUNIOR, D. S.; FERREIRA, I. C. P. V.; COSTA, C. A.; PORTO, B. B. A. Desempenho agronômico de variedades crioulas e híbridos de milho cultivados em diferentes sistemas de manejo. Revista Ciência Agronômica, v. 44, n. 4, p. 885 – 892, 2013.

BORÉM, A.; MIRANDA, G.V. Melhoramento de plantas. 6. ed. Viçosa: Editora UFV. 2013.

FANCELLI, A. L.; DOURADO-NETO, D. Produção de milho. Guaíba: Agropecuária, 2000. 360p.

FERNANDES, L. A. C.; RIBEIRO, M. R.; OLIVEIRA, L. B.; FERREIRA, R. F. A. L. Caracterização e classificação de solos de uma litotoposseqüência do Projeto Xingó-SE. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.5, n.2, p.192-201, 2010.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v.35, n.6, p. 1039 – 1042, 2011

FERREIRA, P.V. Estatística Experimental Aplicada às Ciências Agrárias. Editora UFV. 2018. 588p.

FILHO, I. A. P.; CRUZ, J. C. Manejo cultural de minimilho. MAPA, 2001. (Comunicado técnico).

FILHO, I. A. P.; GAMA, E. E. G. Avaliação de genótipos de milho em diferentes densidades de semeadura visando à produção de minimilho com maior aproveitamento comercial. EMBRAPA, 2001. (Comunicado técnico).

GALINAT, W. C.; LIN, B. Y. Baby corn: Production in Taiwan and future outlook for production in the United States. Economic Botany, New York, v. 42, n. 1, p. 132-134, 1998.

LOPES, A. P.; NÓBREGA, L. H. P.; PACHECO, F. P.; CRUZ-SILVA, C. T. A. Maize varieties for baby corn yield and post-harvest quality under organic cropping. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 32, n. 2, p. 298-307, Mar./Apr. 2016.

MARQUES, A. R. F.; DELOSS, A. M.; OLIVEIRA, V. S.; BOLIGON, A. A.; VESTENA, S. Produção e qualidade de mudas de Eugenia uniflora L. em diferentes substratos. Ambiência, v.14, n.1, p. 44- 56, 2018.

MENEGHETTI, A. M. Manejo da irrigação para produção de minimilho através do tanque classe A. p. 17. (Dissertação de mestrado) - UEOP. 2006.

MILES, C.; ZENS, L. The web of Science. Washington: State University, 1998. Disponível em: . Acesso em: 27 out. 2006.

MOREIRA, A.; SANTOS, M.Z.; FAVARÃO, S.C.M. Características agronômicas de genótipos de milho para a produção de minimilho. Revista em Agronegócios e Meio Ambiente, v. 7, n. 3, p. 633-643, 2014.

MOREIRA, A.; SANTOS, M.Z.; FAVARÃO, S.C.M. Características agronômicas de cultivares de milho para produção de minimilho. Rev. Em Agronegócios e Meio Ambiente, v.7, n.3, p.633-643, 2014.

NASCIMENTO, M. R. Avaliação de cultivares de milho para produção de minimilho em sistema orgânico. 79p. (Dissertação de mestrado – Produção Vegetal) – UENF, Campos dos Goytacazes-RJ, 2017.

NASCIMENTO, M. R.;; SANTOS, P. R.; COELHO, F. C.; COSTA, K. D. S.; OLIVEIRA, T. R. A.; COSTA, A. F. Genótipos de milho para produção de minimilho em sistema de cultivo orgânico. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 13, n. 4, p. 412-418, 2018.

PEREIRA FILHO, I. A.; CRUZ, J. C. Manejo Cultural de Minimilho. Sete Lagoas: EMBRAPA-CNPMS, 2001. 4p. (Circula Técnica, 07).

PEREIRA FILHO, I. A.; GAMA, E.E.G.; FURTADO, A.A.L. A produção do Minimilho. Sete Lagoas: EMBRAPA – CNPMS, 1998. 4 p. (Comunicado Técnico, 7)

PEREIRA FILHO, I. P. (2014) Minimilho, uma alternativa de renda para o produtor. Disponível em: Acesso em: 01 de março de 2017.

PEREIRA FILHO, I.A. e QUEIROZ, V.A.V. (2008) Milhos especiais garantem renda extra. Disponível em: Acesso em: fevereiro de 2016.

PEREIRA, L.C.; FONTANETTI, A.; BATISTA, J.N., GALVÃO, J.C.C., GOULART, P.L. Comportamento de cultivares de milho consorciados com Crotalaria juncea: estudo preliminar. Brasileira de Agroecologia, v.6, n.3, p.191-200, 2011.

PIMENTEL-GOMES, F. Curso de estatística experimental. Editora FEALQ. 15° edição. 451p. 2009.

RAUPP, D.S.; GARDINGO, J.R.; MORENO, L.R.; HOFFMAN, J. P.; MATIELLO, R.R.; BORSATO, A. V. Minimilho em conserva: avaliação de híbridos. Acta Amazonica, v.38, n.3, p.509-516, 2008

RODRIGUES. L.R,.F. SILVA. N.; MORI. E.S. Baby cron singles-cross hybrids yield in two plant densities. Crop Breeding and Biotecchonology, v.3, n.3, p. 177- 184, 2003.

SOUSA, I. F.; SILVA, V. P. R.; SABINO, F. G. et al. Evapotranspiração de referência nos perímetros irrigados do Estado de Sergipe. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 14, n. 6, p. 633–644, 2010.

TAIZ, L.; ZEIGER, E; MOLLER, I. M; MURPHY, A. Fisiologia e desenvolvimento vegetal. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2017. 954 p.

TARGANSKI, H.; TSUTSUMI, C. Y. Efeito de cultivar e do despendoamento na produção de minimilho. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável, v. 7, n. 4, p. 50-60, Dez, 2017.

WANGEN, D. R. B.; FARIA, I. O. Avaliação de variedades de milho para produção de minimilho. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.9, n.17; p. 385, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-393

Refbacks

  • There are currently no refbacks.