Estudo do efeito do pré e pós-aquecimento na junta soldada do aço sar 80T pelo processo de soldagem por arco submerso / Study of the effect of pre and post-heating on the waste joint of sar 80T steel by submerged arc welding process

Marcelo Pereira Gonçalves, Jairo Silva Bastos, Carlos Alberto Martins Ferreira, Joanes Silva Dias

Abstract


Sob o aspecto de fabricação de equipamentos onde utiliza o aço USI SAR 80T de alta resistência e baixa liga (ARBL), identificou-se uma tendência a formação de trincas em sua soldagem por arco submerso. Esse aço é utilizado na fabricação de equipamentos offshore, que serão utilizados sob severas condições, tais como altas pressões subaquáticas e temperaturas próximas a zero graus Celsius. Desta forma, as soldas estruturais devem possuir características de qualidade elevada. Foram realizados testes em três chapas planas com 80 mm de espessura, no que diferem somente nos valores das temperaturas de pré-aquecimento, transição e pós-aquecimento para comparar os resultados dos ensaios destrutivos e não destrutivos visando a melhor proposta. As três amostras não obtiveram defeitos, e os valores de dureza e limite de resistência foram próximos, não havendo a necessidade de temperaturas de pré-aquecimento maiores ou acréscimo do pós-aquecimento.

 


Keywords


ARBL; Pré-aquecimento; Pós-aquecimento.

References


Filho MCS. Influência do pós-aquecimento na soldagem por processo saw do aço Usi Sar 80T. Dissertação de pós-graduação em engenharia de soldagem. Faculdade Senai do Rio, Rio de Janeiro; 2016.

Albuquerque, Siderley F, Bracarense, Alexandre Q. Avaliação da microestrutura e propriedades mecânicas de metais de solda obtidos por processos de soldagem manual e automatizado utilizado na soldagem de Aço API 5L X80.São Paulo, 2011.

Modenesi PJ, Villani P. introdução aos processos de soldagem. Universidade Federal de Minas Gerais, 2000.

AWS A5.17/A5.17M. Specification for carbon steel electrodes and fluxes for submerged arc welding, 1997.

Salaroli CA. Soldagem de aços temperados e revenidos. Informe técnico Usiminas PATA0251. Ipatinga-MG, 1996.

Petrobras Contec SC-26. Soldagem. Norma N- 133-J. Petrobras, 2005.

AWS SFA-5.23/SFA-5.23M. Specification for low-alloy steel electrodes and fluxes for submerged arc welding. 2007.

AWS D1.1/D1.1M. Structural welding code – steel. American Welding Society,2010.

Perez FRC. A influência da temperatura de pré-aquecimento e tecimento namicroestrutura e propriedades mecânicas na soldagem Mig/Mag robotizada de aços SAE 8620 com ABNT LN28. Mestrado em engenharia mecânica. Faculdade de Engenharia da UNESP, Bauru; 2007.

Grover AG. McGrath JT, Tinkler MJ, Weatherly GC. The influence of cooling rate and composition on weld microstructure in a C-Mn and HSLA Steel. Weldin G. Research Supplement. 1977.

Modenesi PJ. Fissuração em juntas soldadas. Universidade Federal de Minas Gerais, 2004.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-376

Refbacks

  • There are currently no refbacks.