Currículo transdisciplinar por competências e habilidades / Transdisciplinary curriculum by skills and skills

Maria de Fátima Viegas Josgrilbert, Sebastião Gabriel Chaves Maia, Sebastião Gabriel Chaves Maia, Alessandra Viegas Josgrilbert, Alessandra Viegas Josgrilbert

Abstract


O presente texto relata um trabalho pedagógico com base em um currículo transdisciplinar por competências e habilidades, que está sendo desenvolvido em Ponta Porã, fronteira seca com o Paraguai, nas Faculdades Magsul e nas Faculdades Integradas de Ponta Porã, de construção de um novo projeto pedagógico, paralelamente ao desenvolvimento de uma capacitação continuada que dê aos professores condições de implantação da proposta, por meio de diálogos entre as diversas tecnologias, currículo e diversidade, especialmente pela região de inserção das Instituições de Ensino Superior (IES). O caminho ainda é longo, mas nos parece muito promissor. Compreendemos que com o uso das estratégias de Aprendizagens Ativas (AA) busca-se engajar os estudantes de forma interativa, encorajando-os a ativamente “trabalhar” os assuntos a serem estudados. As estratégias de AA são baseadas na filosofia construtivista que afirma que os estudantes aprendem melhor quando eles constroem seu próprio entendimento, ao invés de simplesmente “receber” conhecimento. O olhar para o processo de ensino/aprendizagem, visando à formação, não pode ser desviado e não pode desconsiderar o indivíduo com múltiplos aspectos, uma vez que se deseja construir um currículo para a formação de pessoas, que acontece de forma contínua, sistêmica, complexa e em constante transformação, que relaciona o indivíduo, a sociedade e o ambiente; portanto uma ação ecologizada.


Keywords


Aprendizagem ativa, Formação docente, Ecologia de saberes.

References


FAZENDA, I. (Org.). Dicionário em construção: interdisciplinaridade. São Paulo: Cortes, 2001.

JAPIASSÚ, H. O sonho transdisciplinar e as razões da filosofia. Rio de Janeiro: Imago, 2006.

MORAES, M. C. Complexidade e currículo: por uma nova reflexão. POLIS: Revista de la Universidad Bolivariana, Chile, v. 9, n. 25, p. 289-311, 2010.

______ . Pensamento eco-sistêmico: educação, aprendizagem e cidadania no século XXI. 2. ed. Petrópolis, RJ, Vozes, 2008.

MORAES, M. C. e NAVAS, J. M. B. (Orgs.). Complexidade e Transdisciplinaridade: teoria e prática docente. Rio de Janeiro, Wak editora, 2010.

MORAES, M. C. e VALENTE, J. A. Como pesquisar em educação a partir da complexidade e da transdisciplinaridade? São Paulo, Paulus, 2008.

MOREIRA, A. F. B. e CANDAU, V. M. Indagações sobre currículo : currículo, conhecimento e cultura

Brasília, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007. Disponível em: . acessado em: 29 nov. 2015.

MORIN, E. A Via: para o futuro da humanidade. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 2013.

______. Os sete saberes necessários à educação do presente. In: MORAES, M. C. e ALMEIDA, M. da C. de (Orgs.). Os sete saberes necessários à educação do presente: por uma educação transformadora. Rio de Janeiro, Wak editora, 2012.

______. Introdução ao pensamento complexo. 4. ed. Porto Alegre, Sulina, 2011.

______. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. 12. ed. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 2006.

NASCIMENTO, P. L. e LIMAVERDE, F. Da Grade curricular à teia transdisciplinar. In: TORRE, S. de la. PUJOL, M. A., MORAES, M. C. Transdisciplinaridade e Ecoformação: um novo olhar sobre a educação. São Paulo, Triom, 2008.

NICOLESCU, B. et al. Educação e transdisciplinaridade. Brasília, DF, UNESCO, 2000.

______ . O Manifesto da Transdisciplinaridade. 3. ed. São Paulo, Triom, 2005.

PINEAU, G. A Autoformação no decurso da vida. Centro de Educação Transdisciplinar. CETRANS. Disponível em . Acesso em:16 ago. 2015.

SANTOS, A. e SOMMERMAN, A. (Orgs.). Ensino disciplinar e transdisciplinar: uma coexistência necessária. Rio de Janeiro, Wak Editora, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-377

Refbacks

  • There are currently no refbacks.