Gênero e educação: uma abordagem sobre a representação feminina no mestrado em educação profissional e tecnológica no IFCE / Gender and education: an approach on female representation in the master in professional and technological education at IFCE

Michele Gomes de Queiroz, Fernanda Geórgia Isidoro Corrêa, Cleide Helena Matos da Silva, Érika Cristiny Brandão F. Barbosa

Abstract


O antigo papel social feminino, identificado unicamente com a esfera privada da casa e das relações familiares tem, no contexto histórico contemporâneo, sofrido transformações. Atualmente, a mulher ocupa espaços educativos demandados pela vida moderna, construindo uma nova identidade feminina. Neste trabalho, buscou-se traçar, através de uma pesquisa exploratória com abordagem quali-quantitativa, o perfil sócio-econômico das mestrandas ingressantes nos anos de 2017 e 2018 no Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - ProfEPT-IFCE e relacioná-lo com os antecedentes e atuais contextos envolvidos na questão do acesso de mulheres à educação. Para a coleta de dados, utilizou-se um formulário desenvolvido por meio do software Google Forms, aplicado a uma amostra correspondente a cerca de 70% do total das discentes. Os resultados encontrados demonstram que a maioria das mulheres se declaram como pardas, possuem entre 30 e 39 anos, são casadas e servidoras públicas com faixa de rendimentos média entre seis e dez salários mínimos, caracterizando-se num perfil de acentuadas diferenças da mulher de outros contextos históricos.


Keywords


Gênero feminino. Formação educativa. Educação Profissional e Tecnológica.

References


ALMEIDA, Jane Soares de. Mulher e Educação: a Paixão pelo Possível. São

Paulo: UNESP, 1998.

ALVES, Maria Elaene Rodrigues; VIANA, Raquel. Políticas para as mulheres em Fortaleza: Desafios para a igualdade. São Paulo: Fundação Friedrich Ebert, 2008.

ANTUNES, R. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho. Campinas, SP, Cortez, 2003

BRASIL, Inep. Censo Escolar- Sinopse Estatística da Educação Superior-Graduação. Brasília: MEC, 2017.

BRASIL, Ministério da Educação. Instituto Federal do Espírito Santo, 2015.

Mestrado profissional em Educação Profissional e Tecnológica em rede

nacional. Disponível em: https://ifce.edu.br/prpi/documentos-

/mestrado/profept/regulamento-profept/view. Acesso em 02 de jun. de 2019.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Resumos técnicos. Brasília-DF (2018). Disponível em: http://inep.gov.br/web/guest/resumos-tecnicos1. Acesso em 30 de maio de 2019.

MÉSZÁROS, István. Para além do capital: rumo a uma teoria da transição.

Trad. Castanheiras, P; Lessa, S. São Paulo: Boitempo Editorial, 2011.

MARX, Karl. Manuscritos econômico-filosóficos. Trad. Ranieri, J. São Paulo:

Boitempo Editorial, 2004.

DUARTE, Geovanna Passos; GARIGLIO, José Ângelo. As relações de gênero no currículo da Educação Profissional: Uma análise dos cursos técnicos de Mecânica e Química. In: RAQUEL, Quirino (org.): Relações de Trabalho, Educação e Gênero. Jundiaí, Paco Editorial: 2014. 223-250.

OLIVEIRA, Elenilce Gomes de. Novos caminhos na educação profissional brasileira? In: SOUSA, Antônia de Abreu (org.): Educação profissional: análise contextualizada. Fortaleza: Edições UFC, 2014.

SILVA, E. L.; MENEZES, E. M. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 4. ed. Florianópolis, 2005.

VIEIRA, Josênia Antunes. A identidade da mulher na modernidade. Revista de Documentação de Estudos em Linguística, Teórica e Aplicada. São Paulo, v.

, n. Especial, 2005. Disponível em:

http://www.scielo.br/pdf/%0D/delta/v21nspe/29258.pdf. Acesso em 14 jun. 2019.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (org.): Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ, Editora Vozes, 2000, p. 7-72.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-374

Refbacks

  • There are currently no refbacks.