Verificação da influência nas características físicas, mecânica e custo de produção, da aplicação de montagens distintas do sistema de preaquecimento em aço de ARBL SAR 80T pelo processo de soldagem por eletrodo revestido/ Verification of the influence on physical, mechanical and production cost, of the application different assemblies from the preheating system in ARBL SAR 80T in the welding process by coated electrode

Jairo Silva Bastos, Marcelo Pereira Gonçalves, Carlos Alberto Martins Ferreira, Joanes Silva Dias

Abstract


Com o objetivo de avaliar a influência de montagens distintas do preaquecimento no processo de soldagem obtido por eletrodo revestido - Shielded Metal Arc Welding – SMAW utilizando o aço de alta resistência e baixa liga SAR 80T como metal de base e o eletrodo AWS E7018 como metal de adição. Em soldas com aço baixa liga, é recomendado pelos fabricantes a realização de preaquecimento, controle de entrepasses e em alguns casos, pós-aquecimento, para evitar trincas causadas por contração da solda oriundas de tensões residuais e por teor de hidrogênio no aço após a operação de soldagem. Dependendo da forma que os equipamentos de preaquecimento forem montados, pode demandar maior ou menor tempo, para alcançar e manter a temperatura definida no procedimento de soldagem, elevando o custo da obra. Hoje não há uma padronização desta montagem, podendo interferir no consumo de energia, hora máquina e hora homem e prazos. Desta forma o presente estudo visou buscar uma forma de solucionar este problema e demonstrar possíveis diferenças nos resultados da junta soldada com tratamento térmico de preaquecimento em diferentes arranjos de montagem de juntas de topo em aços de ARBL e transforma-los em uma referência que possa ser adotado na indústria visando à redução de custo, além de verificar a possibilidade de obtenção de melhorias das propriedades mecânicas. Este trabalho teve como estimulo um caso real em que foi utilizado aço ARBL em construção naval de casco resistente de embarcação que existia um grande controle de temperatura e interpass e detalhes do arranjo de montagem dos equipamentos de tratamento térmico de pré-soldagem e pós-soldagem. Foram soldadas amostras com espessura de 25mm com soldagem multipasse, pelo processo eletrodo revestido – SMAW com diâmetro de 3,2mm, preaquecimento na faixa 95°C-120°C e interpass entre 200°C-225°C, corrente contínua, posição plana, aporte térmico médio 12,54kJ/cm, com três distâncias entre as resistências e a junta soldada 60mm, 100mm e 200mm. Após o procedimento de soldagem, foram realizados ensaio visual, charpy, tração, ultrassom e metalográficos a partir de corpos de prova retirado das amostras de soldagem chamadas de AM1, AM2 e AM3. Os resultados obtidos mostraram que os metais envolvidos no processo apresentaram resultados satisfatórios em todas as condições experimentadas. Concluiu-se então, que arranjos de montagens de equipamentos de preaquecimento diferentes, nas condições apresentadas nesse estudo, não apresentaram aumento de fragilidade a ponto de interferir na qualidade da junta, porém houve uma pequena diferença quanto ao tempo de preaquecimento da temperatura inicial até alcançar a temperatura de liberação para início de soldagem, podendo interferir no custo de produção da solda.


Keywords


Metal de solda, SMAW, Aços de alta resistência e baixa liga, Preaquecimento.

References


AWS D1.1, Structural Welding Code-Steel, AMERICAN WELDING SOCIETY, 2010.

AWS A5.5, Specification for Alloy Stell Electrodes for Shielded Metal Arc Welding, 2014.

BEZERRA, A. A.; Trinca a Frio na Soldagem, Sinergia, São Paulo, v.6, n.1, p.71-76, jan./jun. 2005.

BRAZ, M. H. P.; Propriedades de Fadiga de Soldas de Alta Resistência e Baixa Liga Com Diferentes Composições Microestruturais; Dissertação de Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil, 1999.

CALLISTER JÚNIOR, W. D.; Ciência e Engenharia dos Materiais Uma Introdução, 7 ed., Rio de Janeiro: LTC Editora, 2008. 687p.

CHIAVERINI, V.; Aços e Ferros Fundidos, 7 ed., São Paulo: ABM – Associação Brasileira de Metalurgia, 2012. 599p.

ESAB, Apostila de Soldagem MIG/MAG, 2005.

JIANG, Y., Zhou, R., Microstructures and properties of a bainite and martensite dual-phase cast steel fabricated by combination of alloying and controlled cooling heat treatment. Material Science Forum, vol. 475-479, p. 93-96, 2005.

MARQUES, P. V., MODENESI, P. J., BRACARENSE, A. Q.; Soldagem Fundamentos e Tecnologia, 3º ed. atualizada, Belo Horizonte, MG, Editora UFMG 2011. 362p.

PINHEIRO, M. M.; Influência do Preaquecimento e Tratamento Térmico Pós Soldagem Nas Propriedades Mecânicas do Metal de Solda de Aços de alta Resistência Obtidos Por Processo de Arame Tubular Tipo Metal Cored, Dissertação de Mestrado em Engenharia Mecânica e Tecnologia dos Materiais, CEFET, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2012.

USIMINAS, Catálogo USIMINAS de Chapas Grossas, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-370

Refbacks

  • There are currently no refbacks.