Robot car: um carro robô controlado pelo movimento da face / Robot car: a robot car controlled by face movement

Maria Adriana Ferreira da Silva, Francisco Carlos Gurgel da Silva Segundo, Reudismam Rolim de Sousa, Ernano Arrais Junior

Abstract


O brincar é uma atividade fundamental para o desenvolvimento infantil. Entretanto, a sociedade tem limitado o brincar principalmente das crianças que apresentam com alguma deficiência. As crianças com deficiência física, por exemplo, acabam por enfrentar diversas limitações na hora de escolher um brinquedo, pois, na maioria dos casos, os brinquedos são projetados ou adaptados, sendo que alguns deles estão desatualizados e os modernos são caros. Diante disso, com o objetivo de contribuir com a redução da desigualdade, este artigo apresenta uma proposta para um brinquedo inclusivo, intitulado "Robot Car", um carro robô destinado a crianças com deficiência física. O brinquedo será controlado por sinais biomédicos oriundos dos músculos faciais (sinais de eletromiografia (EMG)), com o objetivo de aumentar a oportunidade do brincar para todas as crianças de todas as idades e contribuir para o processo de inclusão. O sistema é processado utilizando a plataforma arduino e a comunicação é feita via Bluetooth

 


Keywords


Brinquedo Inclusivo, Crianças com Deficiência, Músculos Faciais

References


[Alves et al. 2014] Alves, A., Hostins, R., Santos, M., Frisoni, B., Cipriani, M., Bianchini, P., Moreira, G., and Santos, R. (2014). Jogos digitais acessíveis na inclusão de alunos com deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades: desenvolvendo e avaliando um jogo sob a perspectiva do design universal. In Anais do 3o Seminário Nacional de Inclusão Digital, SENID’14, pages 1–10. SENID.

[Bairros et al. 2018] Bairros, G., Follmann, J., Amaral, E. M. H. D., and Saraçol, J. (2018). Proposta de solução para apoio à reabilitação física de pacientes com amputação de membros superiores. In Proceedings of 10o salão internacional de ensino, pesquisa e extensão, SIEPE’18, pages 1–6. SIEPE.

[Brasil 2009] Brasil, Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Comitê de Ajudas Técnicas. (2009). Tecnologia Assistiva. BRASIL, Brasília- CORDE.

[Chou et al. 2011] Chou, L., Liu, T., Li, D. C., Chen, Y., Ieong, M. T., Lee, P., and Lin, Y. (2011). Development of a game-based learning system using toy robots. In 2011 IEEE 11th International Conference on Advanced Learning Technologies, pages 202–204.

[Ferreira et al. 2016] Ferreira, R., Matos, D., Carvalho, V., and Soares, F. (2016). “hugme” development of an inclusive toy: First insights. In 2016 2nd International Conference of the Portuguese Society for Engineering Education (CISPEE).

[Furukawa et al. 2017] Furukawa, J., T. Noda, T. T., and Morimoto, J. (2017). Modeling to detect biosignal sensor failures for myoelectric assistive robot control. IEEE Transactions on Robotics, 33(4):846 – 857.

[Galvão Filho 2013] Galvão Filho, T. (2013). A construção do conceito de tecnologia assistiva: Alguns novos interrogantes e desafios. Disponível em http://www. galvaofilho.net/TA_desafios.htm. Acessado em 10 de maio de 2020.

[Gonçalves et al. 2018] Gonçalves, F., Cardoso, A., and de Aquino, R. (2018). Strategy for support people with physical limitation using games and wearable device myo. IEEE Latin America Transactions, 16(11):2808 – 2816.

[Holloway and Dawes 2016] Holloway, C. and Dawes, H. (2016). Disrupting the world of disability: The next generation of assistive technologies and rehabilitation practices. Healthcare Technology Letters, 3(4):254 – 256.

[IBGE 2010] IBGE, I. B. d. G. e. E. (2010). Censo Demográfico: Características Gerais da População, religião e pessoas com deficiência. IBGE.

[KLoc et al. 2009] KLoc, A. E., Koscianski, A., and Pilatti, L. A. (2009). Robótica: Uma ferramenta pedagógica no campo da computação. In I Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia, UTFPR, SINECT’09, pages 1–10. SINECT.

[Perez-Mun˜oz et al. 2018] Perez-Munõz et al., A. (2018). An interactive tool based on serious games and fuzzy logic to support the motor development and rehabilitation of children with disabilities. In 2018 Congreso Argentino de Ciencias de la Informática y Desarrollos de Investigación (CACIDI).

[Pérez-Munõz et al. 2018] Pérez-Mun˜oz, A., Ingavélez-Guerra, P., and Robles-Bykbaev, Y. (2018). New approach of serious games in ludic complements created for rehabilitation therapies in children with disabilities using kinect. In 2018 IEEE XXV International Conference on Electronics, Electrical Engineering and Computing (INTERCON).

[Razavi 2010] Razavi, B. (2010). Fundamentos de microeletrônica. LTC, Rio de Janeiro, 4 edition.

[Sagioneti. 2016] Sagioneti., M. A. R. (2016). Importância dos jogos para o ensino de conceitos matemáticos da criança com necessidades educacionais especiais. Disponível em www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/ pdebusca/producoes_pde/2016/2016_pdp_edespecial_uel_ mariaaparecidaribassagioneti.pdf. Acessado em 20 de maio de 2020.

[Silva 2009]Silva, A. F. d. (2009). Roboeduc: Uma metodologia de aprendizagem com robótica educacional. In Tese (Doutorado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica, Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, pages 1–127.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-268

Refbacks

  • There are currently no refbacks.