A formação inicial de professores mediada pelas TIC: um olhar sobre o curso de matemática da UFMT – Cuiabá / Initial teacher training mediated by TIC: a look at the mathematics course at UFMT - Cuiabá

Alvaro Júnio Bertipaglia da Silva, Adelmo Carvalho da Silva

Abstract


O texto apresentado refere-se a um estudo teórico sobre as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no processo de formação inicial de professores que ensinam matemática. Nosso objetivo consiste em analisar como a formação do acadêmico para o uso das TIC está sistematizado no PPP do curso de Licenciatura Plena em Matemática da UFMT – Campus Cuiabá, e se o mesmo atende as orientações prescritas nas resoluções e pareceres para tal formação.  Para isso, nosso trabalho é sistematizado em três momentos. No primeiro deles, buscamos compreender os desafios e as possibilidades das TIC no processo de formação inicial de professores. Na sequência, quais as diretrizes e resoluções sistematizam a formação para tal perfil e por último, como o referido curso está caracterizado em termos de projeto político para proporcionar essa formação a seus acadêmicos. Para fundamentar nossas discussões tomamos como referências teóricas D’AMBROSIO (2008); GATTI & NUNES (2009); MELLO (2004); MIRANDA (2007); PRENSKY (2001); PONTE & SERRAZINA (1998); SETTE, AGUIAR & SETTE (s.d.). Os dados levantados nos possibilitaram entender como o curso compreende uma formação mediada pelas TIC e entender a relação existente entre o proposto nas resoluções e diretrizes e a proposta do curso.

 

 


Keywords


Formação Inicial. TIC. Perfil do egresso.

References


BRASIL. Lei nº 9.394/96, de 20/12/1996. Estabelece as diretrizes e bases para a educação nacional. Diário Oficial da União. Brasília: 23/12/1996.

________. Coordenação de Ensino de Graduação em Matemática. Projeto Político Pedagógico Licenciatura Plena em Matemática. UFMT, Cuiabá, 2009.

___________. Parecer CNE/CEB nº 7/2010, aprovado em 7 de abril de 2010. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Disponível em Acesso em 06 ago. 18.

___________. Parecer CNE/CP nº 9/2001, aprovado em 8 de maio de 2001. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em Acesso em 06 ago. 18.

_________. Parecer CNE/CES nº1302/2001, aprovado em 6 de novembro de 2001. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Matemática, Bacharelado e Licenciatura. Disponível em < http://portal.mec.gov.br/observatorio-da-educacao/323-secretarias-112877938/orgaos-vinculados-82187207/12991-diretrizes-curriculares-cursos-de-graduacao> Acesso em 06 ago. 18.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Educação matemática da teoria à prática. 16.ed.

Campinas/SP: Papirus, 2008.

GATTI, B. A.; NUNES, M. M. R. (Orgs.) Formação de professores para o ensino

fundamental: estudo de currículos das licenciaturas em pedagogia, língua portuguesa, matemática e ciências biológicas. São Paulo, 2009.

MELLO, Guiomar Namo. Educação escolar brasileira: o que trouxemos do Século

XX? Porto Alegre/RS: Artes Médicas Sul, 2004.

MIRANDA, G. L. Limites e possibilidades das TIC na educação. Sísifo. Revista de

Ciências da Educação, v. 3, p. 41-50, 2007.

PRENSKY, Marc. Digital natives, digital immigrants. On the horizon, Bradford, v. 9(5), p. 1-6, 2001.

PONTE, J. P.; SERRAZINA, L. As novas tecnologias na formação inicial de

professores. Lisboa: DAPP do ME, 1998

SETTE, Sonia Schechtman; AGUIAR, Márcia Angela; SETTE, José Sérgio Antunes. Formação de professores em informática na educação: um caminho para mudanças.

Coleção informática para a mudança na educação. Brasília/DF: MEC/SED/PROINFO,

s.d.

________. Coordenação de Ensino de Graduação em Matemática. Projeto Político Pedagógico Licenciatura Plena em Matemática. UFMT, Cuiabá, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-263

Refbacks

  • There are currently no refbacks.