Influência midiática e a percepção social sobre a crise do sistema carcerário / Influence of media and the social perception of the crisis of the prison system

Elcio João Gonçalves Moreira, Felipe de Araujo Chersoni, Maria Clara do Carmo de Melo, Matheus Ferrari França Carreira

Abstract


O presente trabalho objetivou investigar as motivações para cometer delitos e, aliado a isso, apurar como essa temática é abordada pelos meios de comunicação, bem como a percepção evocada na sociedade a respeito dessas questões. Para tanto, empreendemos uma revisão bibliográfica que consistiu na pesquisa de artigos, teses e livros que abordaram as diversas facetas desta temática, buscando assim, contemplar uma perspectiva interdisciplinar no artigo, bem como reportagens e documentários. Em relação aos resultados, foram averiguadas diversas arbitrariedades no que tange ao processo penal, a exemplo da ampla defesa, além de uma vasta crise na execução da pena, assim como um ambiente cultural que suscita o ódio e o encarceramento em massa.


Keywords


Criminologia. Discriminação social. Execução da pena. Políticas públicas.

References


ADORNO, Sérgio. Crise no sistema de justiça criminal. Cienc. Cult. vol.54 no.1 São Paulo June/Sept. 2002.

ARENDT, Hannah. A condição Humana. 13. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2017. 403 p. v. rev.

BARBOSA, Bia. Programas policialescos: a legitimação da barbárie. Carta Capital. 2015. Disponível em: . Acesso em: 06 mai. 2020.

BARROSO, Luís Roberto. Curso de Direito Constitucional Contemporâneo. 4. Ed. São Paulo: Saraiva, 2014, p. 355.

BRASIL. Lei de execução Penal. Lei nº 7210 de 11 de julho de 1984.

BRITO, Alexis Couto de. Execução Penal. 2°. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. 409 p.

DESCARTES, René. Discurso do Método. Porto Alegre (RS): L&PM Pocket, [1596/1650]. 128 p.

DIAS, Elsa Oliveira; LOPARIC, Zeljko. O Modelo Winnicott de atendimento ao adolescente em conflito com a lei. Winnicott e-prints, São Paulo , v. 3, n. 1e2, p. 1-14, 2008. Disponível em: . Acesso em: 16 mai. 2020.

DOSTOIÉVSKI, Fiódor. Notas do Subsolo. Porto Alegre (RS): L&PM Pocket, [1821/1881]. 160 p.

DOWDNEY, Luke. Criança do tráfico: um estudo de caso de criança em violência armada organizada no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Sete Letras, 2003.

EMMERICH, Natalia Nardelli; COSTA, Simone Pinto Da. O DIREITO À LIBERDADE DE EXPRESSÃO E O DISCURSO DE ÓDIO: A DISSOLUÇÃO DO PARADIGMA LIBERAL QUANTO AO DIREITO DE LIBERDADE E O TRATAMENTO JURÍDICO DO HATE SPEECH. Revista Brasileira de Direitos e Garantias Fundamentais, Minas Gerais, v. 1, n. 2, p. 1-19, jul. 2015.

FAVERET, Bianca Maria Sanches et al. Eros no século XXI: Édipo ou Narciso? Tempo Psicanalítico, Rio de Janeiro, v. 39, p. 35-50, jan. 2007.

FREUD, Sigmund. O mal-estar na civilização. São Paulo: Penguin Classics Companhia das Letras, 1930. 91 p.

FREUD, Sigmund. O futuro de uma ilusão. In: FREUD, Sigmund. Obras completas volume 17: Inibição, sintoma e angústia, O futuro de uma ilusão e outros textos (1926-1929). 1°. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1927. cap. 3, p. 232-301.

GOMES, LUIZ FLÁVIO; BUNDUKY, Mariana Cury. Crimes patrimoniais: 71,6% dasprisõesnoBrasil.Disponívelem:. Acesso em: 06 mai. 2020.

Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD); Instituto Tomie Ohtake. OSSO Exposição-apelo ao amplo direito de defesa de Rafael Braga. Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, 2017.

Instituo de Defesa do Direito de Defesa (IDDD). Liberdade em Foco. Apresenta projetos quebuscam destacar os riscos da violação do Direito de defesa. 2016. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2020.

NERI, Marcelo et al. Motivos da evasão escolar. Rio de Janeiro: Centro de políticas sociais FGV/IBRE/EPGE 2015.

PUPPO, Eugenio. Sem Pena. Produzido por Heco Produções. Youtube. 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 mai. 2020.

SÁ, Alvino Augusto de. Criminologia Clinica e Psicologia Criminal. São Paulo: Revista dos Tribunais,2007.206p.Disponívelem:. Acesso em: 06 nov. 2018.

SILVEIRA, Rosa Maria Godoy et al. Educação em direitos humanos: Fundamentos teórico-metodológicos. João Pessoa: Editora Universitária, 2004. 513 p. Disponível em: . Acesso em: 03 out. 2018.

TOKARNIA, Mariana. Educação: Estudo mostra que 1,3 milhão de jovens de 15 a 17 anos abandonamescola.2016.Disponívelem:. Acesso em: 06 nov. 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-261

Refbacks

  • There are currently no refbacks.