Desempenho agronômico do rabanete em diferentes densidades populacionais / Agronomic performance of radish at different population densities

Maria Risocleuda da Costa, Marcelo de Almeida Guimarães, Hozano de Souza Lemos Neto, Janiquelle da Silva Rabelo, Ana Régia Alves de Araújo Hendges, Caris dos Santos Viana, Italo Marlone Gomes Sampaio, Iana de Paula Brito Mendes

Abstract


O espaçamento e a densidade de plantio estão diretamente ligada a produtividade do rabanete. No entanto, são poucas as pesquisas com a avaliação do arranjo ideal de plantas com esta espécie. Assim, objetivou-se avaliar o desempenho agronômico do rabaneteiro em diferentes espaçamentos e densidades de plantio. O delineamento utilizado foi em blocos ao acaso em esquema fatorial (4 x 2), com quatro espaçamentos entre plantas (5; 10; 15 e 20 cm), combinados com uma e duas plantas por cova. Foram avaliados a massa fresca e seca da parte aérea (MFPA e MSPA) e da túbera (MFT e MST), comprimento e diâmetro de túbera (CT e DT), firmeza de túberas (FT), percentual de plantas sobreviventes (PS) e produtividade comercial (PC). A densidade de uma planta nos espaçamentos de 5 e 10 cm foram os que possibilitaram a obtenção de maiores massas fresca e seca, comprimento e diâmetro da túbera, além de maior PT. O espaçamento de 5 cm com a densidade de uma planta por cova foi o que possibilitou a maior produtividade. O espaçamento de 5 cm combinado com a densidade de uma planta por cova, por proporcionar maior produtividade e qualidade, é o mais indicado para o cultivo de rabanete.

 

 


Keywords


Raphanus sativus L., espaçamento, densidade de cultivo.

References


AMORIM, MS; ALMEIDA, DJS; SILVA, MAM; SILVA, BS; FREITAS, ASJ. 2014. Qual é o espaçamento ideal para maximizar a produção de Rabanete? Enciclopédia Biosfera 10 (19): 1574-1579.

BEZERRA, FTC; DUTRA, AS; BEZERRA, MAF; OLIVEIRA FILHO, AF; BARROS, GL. 2014. Comportamento vegetativo e produtividade de girassol em função do arranjo espacial das plantas. Revista Ciência Agronômica. 45 (2): 335-343.

BHANGRE, KK; SONAWANE, PC; WARADE, SD. 2011. Effect of different varieties and spacing on growth and yield parameters of broccoli (Brassica oleracea L. var. Italica Plenck) under Pune conditions. The Asian Journal of Horticulture 6 (1): 74-76, 2011.

CECÍLIO FILHO, A. B. DUTRA, A. F.; SILVA, G. L. 2017. Phosphate and potassium fertilization for radish grown in a latosol with a high content of these nutrients. Revista Caatinga 30, (2): 412 - 419.

CORTEZ, JWM; CECÍLIO FILHO, AB; COUTINHO, EL; ALVES, A. 2010. Cattle manure and N-urea in radish crop (Raphanus sativus). Ciencia e Investigación agraria 37 (1): 45-53.

FERREIRA, DF. 2011. Sisvar: A computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia 35: 1039-1042.

FILGUEIRA, FAR. 2008. Novo manual de olericultura: Agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. Viçosa, BR: Editora UFV, 421 p.

GOUVEIA, AMS; CARDOSO, AII. 2016. Rabanete híbrido - Mais resistência na lavoura e lucro no negócio. Campo & Negócio. Disponível em: https://lheira.com.br/campoenegocios/rabanete-hibrido-mais-resistencia-na-lavoura-e-lucro-no-negocio/. Acesso: 20 dez. 2019.

GUERRA, AMNM; FERREIRA, JBA; VIEIRA, TS; FRANCO, JR. 2017. Desempenho agronômico e atividade fotossintética de rabanetes nas condições amazônicas. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável (RBAS) 7 (3): 24-31.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. 2012. Censo agropecuário 2006: Brasil, grandes regiões e unidades da federação: segunda apuração. Rio de Janeiro: IBGE, 758 p.

MAGALHÃES, PR; LEMOS NETO, HS; ALMEIDA, MA; SILBA, BN; LIMA NETO, BP; MESQUITA, RO. 2017. Astronomia agrícola em aspectos produtivos e fisiológicos do rabanete. Cultura Agronômica 26 (3): 375-383.

MAIA, PME; AROUCHA, EMM; SILVA, OMP; SILVA, RCP; OLIVEIRA, FA. 2011. Desenvolvimento e qualidade do rabanete sob diferentes fontes de potássio. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável 6 (1): 148-153.

MATOS, RM; SILVA, PF; LIMA, SC; CABRAL, AA; DANTAS NETO, J. 2015. Partição de assimilados em plantas de rabanete em função da qualidade da água de irrigação. Journal of Agronomic Sciences 4 (1): 151-164.

MELO, RAC. 2017. Híbrido de rabanete - Mais lucro no negócio. Campo & Negócio, Uberlândia, MG.

NASCIMENTO, MV; SILVA JÚNIOR, RL; FERNANDES, LR; XAVIER, RC; BENETT, KSS; SELEGUINI, A; BENETT, CGS. 2017. Manejo da adubação nitrogenada nas culturas de alface, repolho e salsa. Journal of Neotropical Agriculture 4 (1): 65-71.

OLIVEIRA, AC. 2014. Injeção de ar atmosférico e fertirrigação nitrogenada em um sistema de irrigação subsuperficial, no cultivo do rabanete. Universidade Estadual Paulista, Faculdade de ciências Agronômicas. 112 f. (Tese de Doutorado), Botucatu, São Paulo.

OLIVEIRA, FRA; OLIVEIRA, FA; MEDEIROS, JF; SOUSA, VFL; FREIRE, AG. 2010. Interação entre salinidade e fósforo na cultura do rabanete. Ciência Agronômica 41 (4): 519-526.

RAI, N; PATRL, RK; DONGRA, R. 2003. Effect of various spacings and fertilizer combinations on growth and yield of Knol-Khol cv. White Vienna. Agricultural Science Digest 23 (1): 41- 43.

SILVA, LFO; CAMPOS, KA; MORAIS, AR; COGO; FD; ZAMBON, CR. 2012. Tamanho ótimo de parcela para experimentos com rabanetes. Revista Ceres 59 (5): 624-629.

TAIZ, L; ZEIGER, E; MØLLER, IM; MURPHY, A. 2017. Fisiologia e Desenvolvimento Vegetal. 6. ed. Porto Alegre: Artmed. 888 p.

TAVARES, AEB; CLAUDIO, MTR; FREITAS, PGN; CARDOSO, A. 2016. Densidade de plantio na produção de ervilha-de-vagem. Horticultura brasileira 34 (2): 289-293.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-199

Refbacks

  • There are currently no refbacks.