Geoprocessamento aplicado ao estudo do entorno das pequenas centrais hidrelétricas Verde 8 e Ypê, Goiás / Geoprocessing applied to the study of the surroundings of small hydroelectric power plants Verde 8 and Ypê, Goiás

Pedro Rogerio Giongo, Francsuel Vieira de Oliveira, Bruno Henrique Tondato Arantes, Leticia Tondato Arantes, Jaqueline Aparecida Batista Soares, Luiz Fernando Gomes, Victor Hugo Moraes, Thomas Jefferson Cavalcante

Abstract


A sustentabilidade dos empreendimentos de centrais hidrelétricas é questionada em função da demonstração de impactos ambientais, já que as PCH’s possuem essencialmente as mesmas características que as grandes hidrelétricas, divergindo apenas na diferença de escala. Assim, o presente estudo teve como objetivo utilizar dados provenientes do sensoriamento remoto para analisar os impactos provocados pelo avanço da água ocorrido entre julho de 2015 e abril de 2018 e a proporção dessas áreas atingidas, com relação a área de estudo definida. Para isto, utilizou-se dados de elevação e declividade, bem como de duas (antes e após a formação do lago) imagens orbitais do sistema Landsat 8. Verificou-se também o tipo de solo predominante na área de estudo. Esses dados foram analisados e processados em um sistema de informação geográfica (SIG), o Qgis 2.18. Com o aumento do nível da água constata pela imagem de abril de 2018, uma área de 791,55 foi alagada, sendo a classe mais afetada as áreas de preservação permanente seguida da agricultura. Apesar da área destinada a agricultura compor a maior parte da área de estudo, a classe denominada de natural foi a mais afetada com relação ao total da área de estudo, representando uma diminuição de 0,73%, em proporção, quase 3 vezes a mais do que a classe agrícola. Logo esta pesquisa, permitiu, juntamente com o mapa de hipsometria e declividade, mapear os locais mais afetados e o tipo de uso do solo.


Keywords


bacia hidrografica, sensoriamento remoto, Landsat 8.

References


ABBASI, S. A.; ABBASI, N. The likely adverse environmental impacts of renewable energy sources. Applied energy, v. 65, n. 1-4, p. 121-144, 2000. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S030626199900077X.

AGEITEC. Latossolos Vermelhos. Disponível em: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br /gestor/solos_tropicais/arvore/CONT000fzyjaywi02wx5ok0q43a0r9rz3uhk.html. Acesso em: 28 de abr. 2020.

ALVES, L. A.; UTURBEY, W. Environmental degradation costs in electricity generation: The case of the Brazilian electrical matrix. Energy Policy, v. 38, n. 10, p. 6204-6214, 2010. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0301421510004696.

AMORIM, R. S. S. et al. Influência da declividade do solo e da energia cinética de chuvas simuladas no processo de erosão entre sulcos. Revista brasileira de engenharia agrícola e ambiental, v. 5, n. 1, p. 124-130, 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415-43662001000100023&script= sci_arttext.

ANEEL. Atlas de energia elétrica do Brasil. 2002. Disponível em: http://www2.aneel.gov.br/arquivos/ PDF/livro_atlas.pdf. Acesso em: 07 de janeiro de 2019.

ANEEL. Banco de Informações de Geração. 2015. Disponível em: www.aneel.gov.br/aplicacoes /capacidadebrasil/capacidadebrasil.cfm. Acesso em: 05 de mar. 2019.

ANEEL. Banco de Informações de Geração. 2019. Disponível em: http://www2.aneel.gov.br/aplicacoes /capacidadebrasil/capacidadebrasil.cfm. Acesso em: 08 de mar. 2020.

ARANTES, L. T. et al. Avaliação da acurácia posicional de feições lineares detectadas a partir da integração de foto aérea e dados LiDAR. In. MEIRELES, T. A. V.; SANTIL, F. L. P.; SILVA, C. R. (Orgs). Geotecnologias Aplicadas ao Mapeamento. 1 ed. Monte Carmelo: PGE, 2017. cap. 1, p. 10-29.

BAPTISTA, I. et al. Improving rainwater-use in Cabo Verde drylands by reducing runoff and erosion. Geoderma, v. 237, p. 283-297, 2015. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/ article/pii/S0016706114003474.

COELHO, C. D. et al. Comparison of the water footprint of two hydropower plants in the Tocantins River Basin of Brazil. Journal of Cleaner Production, v. 153, p. 164-175, 2017. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0959652617305322.

CORTES, R. M. V. et al. Contrasting impact of small dams on the macroinvertebrates of two Iberian mountain rivers. Hydrobiologia, v. 389, n. 1-3, p. 51, 1998. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1023/A:1003599010415.

COSKUN, H.G et al. Remote Sensing and GIS Innovation with Hydrologic Modelling for Hydroelectric Power Plant (HPP) in Poorly Gauged Basins. Water Resour Manage, v. 24, p.3757- 3772, 2010. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s11269-010-9632-x.

DARMAWI, R. S et al. Renewable energy and hydropower utilization tendency worldwide. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v.17, p. 213-215, 2013. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1364032112005072.

DINCER, I. Renewable energy and sustainable development: a crucial review. Renewable and sustainable energy reviews, v. 4, n. 2, p. 157-175, 2000. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1364032199000118.

FONI, A.; SEAL, D. Shuttle Radar Topography Mission: an innovative approach to shuttle orbital control. Acta Astronautica, v. 54, n. 8, p. 565-570, 2004. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0094576503002273.

GOLDEMBERG, J.; LUCON, O. Energia e meio ambiente no Brasil. Estudos avançados, v. 21, n. 59, p. 7-20, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-40142007000100003&script= sci_arttext.

GONZÁLEZ-CEBOLLADA, C. et al. Optimization of field topography in surface irrigation. Journal of Irrigation and Drainage Engineering, v. 142, n. 8, p. 04016026, 2016. Disponível em: https://ascelibrary.org/doi/full/10.1061/%28ASCE%29IR.1943-4774.0001041.

JARDINI, M. G. M. et al. Monitoring system for hydroelectric reservoir using high resolution satellite images. In: 2011 IEEE Trondheim Power Tech. IEEE, 2011. p. 1-7. Disponível em: https://ieeexplore.ieee.org/abstract/document/6019302/.

LAND VIEWER. Landsat 8. Disponível em: https://eos.com/landviewer/?lat=-22.83050&lng=-43.21920&z=11. Acesso em: 27 de fev. de 2019.

LANDIS, J. R.; KOCH, G. G. The measurement of observer agreement for categorical data. biometrics, p. 159-174, 1977. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/2529310?seq=1#metadata_info_tab_contents.

LATINI, J. R.; PEDLOWSKI, M. A. Examinando as contradições em torno das Pequenas Centrais Hidrelétricas como fontes sustentáveis de energia no Brasil. Desenvolvimento e Meio Ambiente, v. 37, 2016. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/made/article/view/42599.

LIMA, J. W. C. et al. custo da erosão hídrica para diferentes usos do solo no semiárido brasileiro. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, v. 11, n. 6, p. 1772, 2017. Disponível em: https://search.proquest.com/docview/1963056842?pq-origsite=gscholar.

MEKONNEN, M. M.; GERBENS-LEENES, P. W.; HOEKSTRA, A. Y. The consumptive water footprint of electricity and heat: a global assessment. Environmental Science: Water Research & Technology, v. 1, n. 3, p. 285-297, 2015. Disponível em: https://pubs.rsc.org/en/content/articlehtml/2015/ew/c5ew00026b.

MORETTO, E. M. et al. Histórico, tendências e perspectivas no planejamento espacial de usinas hidrelétricas brasileiras: a antiga e atual fronteira Amazônica. Ambiente & Sociedade, v. 15, n. 3, p. 141-164, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-753X2012000300009&script= sci_arttext.

PEREIRA, L, S.; AGOSTINHO, A. A. Do advantages in resource exploration lead to better body condition? Environmental Biology of Fishes, v. 102, n. 7, p. 997-1008, 2019. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10641-019-00885-4.

PÉRICO, E.; CEMIN, G. Caracterização da paisagem do município de Arvorezinha, RS, com ênfase na dinâmica dos fragmentos florestais, por meio de sistemas de informações geográficas (SIGs). Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 1, n. 70, p. 9-21, 2006.

PREMALATHA, M. et al. A critical view on the eco-friendliness of small hydroelectric installations. Science of the Total Environment, v. 481, p. 638-643, 2014. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0048969713013302.

PUNETHA, D. et al. Compositional variability in inflorescence essential oil of Coriandrum sativum from North India. Journal of Essential Oil Research, v.30, p.113-119, 2018. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/10412905.2017.1399169.

SETTI, A. A. et al. Introdução ao gerenciamento de recursos hídricos. 2001. 2. ed. Brasília: Agência Nacional de Energia Elétrica, Superintendência de Estudos e Informações Hidrológicas, 2000. Disponível em: https://biblioteca.isced.ac.mz/handle/123456789/130.

SIEG. Sieg Mapas. Disponível em: http://www.sieg.go.gov.br/siegmapas/mapa.php. Acesso em: 11 de mar. 2019.

SILVA, C. R.; ANDRADE, S. L.; PACHECO, A. P. Avaliação de técnicas de processamento de imagem na identificação de impactos ambientais em linha de transmissão de energia elétrica. Ciência e Natura, v. 38, n. 1, p. 146-155, 2016. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/4675/467546196013.pdf.

TOLMASQUIM, M. T. Perspectivas e planejamento do setor energético no Brasil. Estudos avançados, v. 26, n. 74, p. 247-260, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010340142012000100017&script=sci_arttext&tlng=pt.

TOPODATA. Banco de Dados Geomorfométricos do Brasil. Disponível em: http://www.dsr.inpe.br/topodata/. Acesso em: 11 de mar. 2019.

VALE, J. R. B. et al. Análise comparativa de métodos de classificação supervisionada aplicada ao mapeamento da cobertura do solo no município de Medicilândia, Pará. Inter Espaço: Revista de Geografia e Interdisciplinaridade, v. 4, n. 13, p. 26-44, 2018. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/interespaco/article/view/7884.

VANZELA, L. S. et al. Proposta metodológica de avaliação da situação dos recursos hídricos superficiais nas bacias hidrográficas. In: AMÉRICA-PINHEIRO, J. H. P e BENINI, M. A. (Orgs). Bacias Hidrográficas: fundamentos e aplicações. 2 ed. Tupã: ANAP, 2019. cap 8, p. 145-156.

XU, J.; ZHENG, T. N. B. Hydropower development trends from a technological paradigm perspective. Energy Conversion and Management, v. 90, p. 195-206, 2015. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0196890414009728.

ZÖBISCH, M. A. et al. Nutrient losses from cropland in the Central Highlands of Kenya due to surface runoff and soil erosion. Soil and Tillage Research, v. 33, n. 2, p. 109-116, 1995. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/016719879400441G.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-201

Refbacks

  • There are currently no refbacks.