Análise e o ensino de estatística em um livro didático / Analysis and statistics teaching in a teaching book

Laura Cristina dos Santos

Abstract


A Estatística está presente em todos os ramos da nossa sociedade, mas apesar do seu crescimento constante, a Estatística não é o foco principal nos livros didáticos utilizados na Educação Básica. Para que os alunos tenham total domínio sobre este assunto, precisam adquirir o letramento estatístico proposto por Gal (2002). Com base nisso, fizemos a análise dos exercícios de um livro didático utilizando a Teoria Antropológica do Didático (TAD) proposta por Chevallard (1995), verificando assim se o livro didático proporciona aos alunos o nível mais avançado do letramento estatístico.  

 


Keywords


Estatística. Letramento Estatístico. Ensino Médio. Livro Didático.

References


CHEVALLARD, Y. El análisis de las prácticas docentes en la teoría antropológica de lo didáctico. Recherches en Didactique des Mathématiques, Vol 19, nº 2, pp. 221-266, 1.999

FERNANDES, J. A; MORAIS, P. C. Leitura e Interpretação de Gráficos Estatísticos por Alunos do 9º ano de Escolaridade. Educ. Matem. Pesq., São Paulo, v.13, n.1, pp. 95-115, 2011.

GAL, I. Adults’ Statistical Literacy: Meanings, Components, Responsibilities. V. 70, n. 1, pp. 1-25, abril, 2002.

SANTOS, D. M. N. Análise de livros didáticos conforme as considerações do Programa Nacional do Livro Didático: Estatística e Probabilidade. 2016. 145f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Federal de Sergipe, 2016.

SENA, F. D. L. Educação Financeira e Estatística: Estudo de Estruturas de Letramento e Pensamento. 2017. 108 f. Dissertação (Mestrado) – Mestrado Acadêmico em Educação Matemática, Pontifícia Universidade Católica do São Paulo, 2017.

SHAMOS, M. The myth of scientific literacy. New Brunswick: Rutgers University Press, 1995.

SIMONE NETO, F. Análise do Letramento Estatístico nos Livros Didáticos do Ensino Médio. 2008. 158 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Ensino de Matemática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-193

Refbacks

  • There are currently no refbacks.