Produção audiovisual usando a técnica de Chroma Key com auxílio de aparelhos celulares para interligar o amadurecimento de frutas afro-brasileiras a conteúdos associados ao gás etileno / Audiovisual production using the Chroma Key technique with the aid of cell phones to connect the ripening of afro-Brazilian fruits to content associated with ethylene gas

Emmanuelle Ferreira Requião Silva, Laiane Lima dos Santos da Silva, Raissa Alves Carvalho, Aline dos Reis Conceição, Verônica da Cruz Oliveira, Genira Carneiro de Araujo

Abstract


Para favorecer a melhoria do ensino e da aprendizagem em Química, os professores usam metodologias ativas associadas às Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC’s) no ambiente escolar, atendendo: às demandas da contemporaneidade e às exigências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). No ensino da química, deve-se disseminar práticas que estimulem a cultura negra, evidenciando as contribuições dos africanos, suas descobertas e seus feitos ausentes nos livros didáticos. Desse modo, este trabalho discute a produção audiovisual (pelos estudantes), através do uso do aparelho celular, interligando frutas afro-brasileiras aos conteúdos relacionados à influência do gás etileno no amadurecimento dessas frutas. Isto visando contribuir na formação do cidadão crítico e reflexivo, bem como facilitar a aprendizagem ativa e prazerosa. Assim, esta atividade descreve desde a construção do roteiro até a edição do vídeo. Na produção audiovisual, no Colégio Estadual Assis Chateaubriand (em Salvador, Bahia), usou-se a técnica Chroma Key para criar uma nova realidade virtual, através da sobreposição de imagens, modificando os cenários para adequar ao enredo. Então, o docente ao diversificar sua prática pedagógica, usando a TDIC, promoveu aulas mais dinâmicas e interativas, através do uso aparelhos celulares, e assumiu o papel de formador do aluno protagonista da aprendizagem. Portanto, a produção audiovisual favoreceu a melhoria do ensino e da aprendizagem ativa dos conteúdos relacionados à influência do gás etileno no amadurecimento de frutas afro-brasileiras. Além disso, contribuiu na formação do cidadão criativo, colaborador, crítico e reflexivo.


Keywords


vídeo, aparelho celular, chroma key, frutas afro-brasileiras, gás etileno.

References


BACICH, L.; MORAN, J. Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso, 2018.

BATISTA FILHO, J. A lei 10.639/2003 e a escolha dos livros de química do PNLD (Programa Nacional dos Livros Didáticos) para 2018. Revista África e Africanidades, n. 26, p. 1-9, 2018.

BENITE, A. M. C.; BASTOS, M. A.; CAMARGO, M. J. R.; VARGAS, R. N.; LIMA, G. L. M.; BENITE, C. R. M. Ensino de química e a ciência de matriz africana: uma discussão sobre as propriedades metálicas. Química Nova na Escola, v. 39, n. 2, p. 131-141, 2017.

BENITE, A. M. C.; FAUSTINO, G. A. A.; SILVA, J. P.; BENITE, C. R. M. Dai-me agô (licença) para falar de saberes tradicionais de matriz africana no ensino de química. Química Nova, v. 42, n. 5, p. 570-579, 2019.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular-Versão Final. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: < http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site. pdf >. Acesso em: 18 abr. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. LDB. Lei nº 9.394. Brasília: DF, 1996.

BRASIL. Presidência da República. Lei 10.639 de 9 de janeiro de 2003. Brasília: Diário Oficial da União, 10 de janeiro de 2003.

BRASIL. Presidência da República. Lei 11.645 de 10 de março de 2008. Brasília: Diário Oficial da União, 11 de março de 2008.

BRITO, A. R. C.; MENDES, C. C. A. Cinema, conversas e produção de curtas-metragens como estratégias de aprendizagem crítica dentro da escola pública. Revista do Seminário Mídias & Educação, v. 3, p. 1-11, 2017.

CUNHA, S. S.; MESQUITA, S. S. O uso do Chroma key como recurso pedagógico: explorando os contos de medo. Revista do Seminário Mídias & Educação, v. 3, p. 1-7, 2017.

DUBIELA, J. L.; WAMBIER, S. M. O reconhecimento e a valorização da cultura africana no Brasil, 2016. Disponível em: < http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/ pdebusca/producoes_pde/2016/2016_artigo_port_uenp_lucilenepereiradasilva.pdf > Acesso em: 10 set. 2019.

FERRÃO, J. E. M. Na linha dos descobrimentos dos séculos XV e XVI intercâmbio de plantas entre a África Ocidental e a América. Revista de Ciências Agrárias, v. 36, n. 2, p. 250-269, 2013.

FREYRE, G. Casa-grande & senzala. Rio de Janeiro: Record, 2001.

GONÇALVES, L. A. O.; SILVA, P. B. G. Movimento Negro e Educação. Revista Brasileira de Educação, n. 15, p. 134-158, 2000.

GONZAGA, R. T.; SANTANDER, M. A.; REGIANI, A. M. A cultura afro-brasileira no ensino de química: a interdisciplinaridade da química e a história da cana-de-açúcar. Química Nova na Escola, v. 41, n. 1, p. 25-32, 2019.

KUNDLATSCH, A.; SILVEIRA, C. Interculturalidade e ensino de química: considerações sobre uma atividade didática envolvendo a cultura indígena. Revista Eletrônica Científica Ensino Interdisciplinar, v. 4, n. 12, p. 660-679, 2018.

LEITE, B. S. Tecnologias no ensino de química: teoria e prática na formação docente. Curitiba: Appris, 2015.

MOREIRA, P. F. S. D.; RODRIGUES FILHO, G.; FUSCONI, R.; JACOBUCCI, D. F. C. A bioquímica do candomblé – possibilidades didáticas de aplicação da Lei Federal 10639/03. Química Nova na Escola, v. 33, n. 2, p. 85-92, 2011.

PACZKOWSKI, I, M.; PASSOS, C. G. Whatsapp: uma ferramenta pedagógica para o ensino de Química. RENOTE – Revista Novas Tecnologias na Educação, v. 17, n. 1, p. 316-325, 2019.

PASSOS, I. N. G.; SOUSA, J. L. S.; SOUSA, S. F.; LEAL, R. C. Utilização do software PhET no ensino de química em uma escola pública de Grajaú, Maranhão. Revista Observatório, v. 5, n. 3, p. 335-365, 2019.

PEIXOTO, R.; SANTOS, S. F. A implementação das leis 10639/03 e 11645/08: possibilidades pedagógicas a partir do uso de imagens em sala de aula. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 3, p. 12709-12720, 2020.

PEREIRA, J. A.; SILVA JÚNIOR, J. F.; SILVA, E. V. Instagram como ferramenta de aprendizagem no ensino de química. Revista Debates em Ensino de Química, v. 5, n. 1, p. 119-131, 2019.

PINHEIRO, B. C. S.; ROSA, K. Descolonizando saberes: a Lei 10.639/2003 no ensino de ciências. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2018.

PINHEIRO, B. C. S.; ROSA, K.; CONCEIÇÃO, S. “Linda e preta”: discutindo questões químicas, físicas, biológicas e sociais da maquiagem em pele negra. Conexões Ciência e Tecnologia, v. 13, n. 5, p. 07-13, 2019.

SILVA, E. F. S.; SANTANA, S. C.; SANTOS, B. R. S.; ESTEVAM, I. H. S. Construção de fotonovela com auxílio dos dispositivos móveis utilizado como estratégia de avaliação sobre estrutura e função das vitaminas no organismo. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 11, p. 25972-25993, 2019.

SILVA, J. B.; ANDRADE, M. H.; OLIVEIRA, R. R.; SALES, G. L.; ALVES, F. R. V. Tecnologias digitais e metodologias ativas na escola: o contributo do Kahoot para gamificar a sala de aula. Revista Thema, v. 15, n. 2, p. 780-791, 2018.

SILVA, L. H.; PINHEIRO, B. C. S. Produções científicas do antigo Egito: um diálogo sobre Química, cerveja, negritude e outras coisas mais. Revista Debates em Ensino de Química, v. 4, n. 1, p. 5-28, 2018a.

SILVA, D. M. V.; PINHEIRO, M. T. F. Ensino com intermediação tecnológica: ampliando a sala de aula como o uso do Chroma Key. RED-CUAED. 2018b. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2020.

SOUZA, D. M.; NASCIMENTO, V. R.; KLEIN, V.; SANTOS, C. V.; BOSS, R. Uso do aplicativo photometrix® para determinação de fosfato em fertilizantes: um recurso didático para o ensino de química analítica. Revista Educacional Interdisciplinar, v. 8, n. 1, p. 1-13, 2019.

SOUZA, L. A. “Etileno e frutas maduras: qual a relação?”; Brasil Escola, 2020. Disponível em: . Acesso em: 13 mai. 2020.

VERRANGIA, D. Conhecimentos tradicionais de matriz africana e afro-brasileira no ensino de Ciências: um grande desafio. Revista África e Africanidades, n. 8, p. 1-14, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-139

Refbacks

  • There are currently no refbacks.