Avaliação da produtividade e rentabilidade do projeto 10+ do irga e sua contribuição para a preservação ambiental / Evaluation of productivity and profitability of irga project 10+ and its contribution to environmental preservation

Alamir Mora Da Silva, Gustavo Krüger Gonçalves, Cleiton José Ramão, Henrique Vizzotto Caleffi, Emilio Mateus Schüller, Michelle Da Luz Munhoz, Marcus Vinicius Bentancur Fernandes, Eduarda Artreche Berón, Rúben Fernando De Lara, Rodrigo de moraes galarza

Abstract


O alto custo de produção da lavoura arrozeira e o baixo valor de comercialização do grão de arroz tem promovido a descapitalização do produtor e em consequência o seu endividamento e êxodo rural. Uma das maneiras para reduzir o custo de produção é realizar adequadamente o manejo da água e dos insumos agrícolas na lavoura arrozeira. Em função do exposto, o trabalho foi realizado objetivando pesquisar o manejo da água, manejo dos insumos agrícolas (fertilizantes e agrotóxicos) e a rentabilidade e posteriormente apresentar os resultados obtidos em cinco unidades demonstrativas. Foram avaliados a data e a densidade de semeadura; a quantidade de nutrientes aplicados na base; a quantidade e época de aplicação do nitrogênio em cobertura; a época de entrada da lâmina de água e o tempo necessário para formar a lâmina adequada; a utilização de agrotóxicos, a produtividade e rentabilidade da lavoura em Uruguaiana, RS. Posteriormente, esses resultados foram comparados com a produtividade média de arroz no RS na safra 2017/2018, com a média obtida pelas unidades de produção do projeto 10+ e com a maior produção da lavoura demonstrativa. Os resultados demonstraram que o atraso na época de semeadura, o atraso na entrada de água e o tempo demasiado para irrigar a lavoura, a época inadequada de adubação nitrogenada em cobertura na unidade demonstrativa cinco promoveram produtividade e rendimentos inferiores as demais unidades demonstrativas. A produtividade média nas unidades demonstrativas estabelecem que pode haver uma redução na área semeada e consequentemente a redução de utilização de água, fertilizantes e agrotóxicos. Conclui-se que o aumento da produtividade das lavouras de arroz pode aumentar a rentabilidade do produtor e reduzir os danos de impacto ambiental gerado pelo manejo inadequado de insumos.


Keywords


lavouras, insumos, produtividade.

References


BUENO, A. C. S.; LEMOS, C.A.S. Levantamento da fertilidade do solo cultivado com arroz irrigado no município de Uruguaiana. Revista da FZVA. Uruguaiana, v.13, n.1, p. 41-51. 2006.

COUNCE, P.A. et al. A uniform, objective, andadaptative system for expressing rice development. Crop Science, Madison, v.40, n.2, p.436-443, 2000.

DUARTE, F.M.; POCOJESKI, E.; SILVA, L.S. da; GRAUPE, F.A.; BRITZKE, D. Perdas de nitrogênio por volatização de amônia com aplicação de ureia em solo de várzea com diferentes níveis de umidade. Ciência Rural, Santa Maria, v.37, n.3, p.705-711, 2007.

FAGERIA, N. K.; SANTOS, A. B. dos; CUTRIM, V. dos. Produtividade de arroz irrigado e eficiência de uso do nitrogênio influenciados pela fertilização nitrogenada. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 42, n. 7, p. 1029-1034, 2007.

GROHS, M. MARCHESAN, E.; MASSONI, P.F.S.; SARTORI, G.M.S.; FERREIRA, R.B. Resposta do Arroz Irrigado ao uso de inibidor de uréase em Plantio Direto e Convencional. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n. 2, p. 336-345, 2011.

Instituto Rio Grandense do Arroz – IRGA. Projeto 10+, folder safra 2016/2017.

Instituto Rio Grandense do Arroz – IRGA. Boletim de resultados da lavora de arroz safra 2017/2018. Disponível em: http://irga-admin.rs.gov.br/upload/arquivos/201807/30100758-boletim-final-da-safra-201-18-final.pdf. Acesso em: 22 de novembro de 2018.

MENEZES, V. G.; RAMÍREZ, H. Rendimento de grãos de arroz irrigado em função do início da irrigação e do controle precoce de plantas daninhas em Cachoeirinha. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ARROZ IRRIGADO, 3.; REUNIÃO DA CULTURA DO ARROZ IRRIGADO, 25., 2003, Balneário Camboriú. Anais... Itajaí: EPAGRI, 2003. p. 190-192.

SCIVITTARO, W. B.; MACHADO, M. O. Adubação e calagem para a cultura do arroz irrigado. In: GOMES, A. S.; MAGALHÃES JÚNIOR, A. M. Arroz irrigado no Sul do Brasil. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2004.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-129

Refbacks

  • There are currently no refbacks.