Lúpus eritematoso sistêmico: uma análise clínico-assistêncial / Systemic erythematous lupus: a clinical assistance analysis

Mairla Bernardino Feitosa, Cicero Rafael Lopes da Silva, Maria Leni Alves Silva, Crystianne Samara Barbosa Araújo, Maria Elisa Regina Benjamin de Moura, Ana Paula Agostinho Alencar, Aline Filgueiras Cruz, Édylla Monteiro Grangeiro Silva

Abstract


O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença de natureza autoimune e sem cura, na qual haverá uma produção exacerbada de autoanticorpos, que acarretará em lesões teciduais e de órgãos que aos poucos perderão sua funcionalidade. O estudo teve como objetivo analisar os aspectos clinico-assistenciais de pacientes portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório com abordagem qualitativa e quantitativa com pacientes portadores de LES em um hospital situado na cidade de Barbalha- CE, referência na saúde do paciente. A entrevista foi semiestruturada e os dados foram analisados através do método de Bardin. Sendo esta realizada apenas após a aprovação do comitê de ética. Durante a pesquisa foram respeitados todos os direitos dos entrevistados, que assinaram um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido – TCLE, respeitando as leis 466/12 e 510/16. Ao decorrer da pesquisa, 100% (n= 10) dos participantes relataram ter conhecimento, mesmo que seja limitado, sobre o que é o LES onde 40% (n= 4) afirmaram ser uma doença reumatológica. Foi notório que a maioria dos participantes não conheciam essa patologia antes de adquiri-la, e que existe uma grande dificuldade dos mesmos em relação à obtenção das medicações e realizações de exames. De acordo com os resultados da pesquisa, foi possível observar que ainda há um déficit quanto a adesão da população à obtenção gratúita das medicações, realizações de consultas em locais publicos de saúde, bem como a realização dos exames necessários nessa patologia.

 

 


Keywords


Lúpus, Eritematoso, Assistência.

References


BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011, 229 p.

BARBER, C; GOLD, W. L; FORTIN, P. R; Infections in the lupus patient: perspectives on prevention. Curr Opin Rheumatol. 2011 Jul;23(4):358-65.

DATASUS. Mortality Information System. 2011.

FREIRE, E. A. M; SOUTO, L. M; CICONELLI, R. M. Medidas de avaliação em lúpus eritematoso sistêmico. Rev Bras Reumatol v.51(1), p. 70-8, 2011.

GONÇALVES, M. H; DUARTE, M. M. P; GONÇALVES, F. J; BORGES, A. M. M. Lúpus Eritematoso Sistêmico: Perspectiva da Enfermagem. 2016.

LERANG, K; GILBOE, I. M; STEINAR, T. D; GRAN, J. T. Mortality And Years Of Potential Life Loss In Systemic Erythematosus Lupus: A Population-Based Cohort Study. Lupus. 2014;23:1546–52.

MIRABELLI, G; CANNARILE, F; BRUNI, C. et al. One year in review 2015: systemic lupus erythematosus. Clin Exp Rheumatol. 2015 May-Jun;33(3):414-25.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. 2017. Lúpus: causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção.

PINHEIRO P. Sintomas Do Lúpus Eritematoso Sistêmico. 2019.

ROCHA; M. C. Lúpus eritematoso e cuidados de Enfermagem, Feira de Santana, Monografia (Bacharel em Enfermagem) - Faculdade Pitagóras, 2014.

REGINA, P. B. N; ARNAUD, E. P. F; RONALDO, J. M. C. Relação entre ansiedade, depressão e adesão ao tratamento em pacientes com lúpus. Revista Paraense de Medicina V.29(2) abril-junho 2015.

SCHUR, P. H; GLADMAN, D. D. Overview of the clinical manifestations of systemic lupus erythematosus in adults, 2012 Nov 21; 19(2).

SATO E. L et al. Consenso Brasileiro Para O Tratamento De Lúpus Eritematoso Sistêmico. Rev Bras Reum, 2012;42:362–9.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA. 2017. Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES).

SILVA, E. C. S; SENA, Q. M. S; CAVALCANTE, Y. V. N; Mecanismos Imunológicos do Lúpus Eritematoso Sistêmico. XIII Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão- Jepex UFRPE, Recife 09 a 13 de dezembro 2013.

SOUSA, G. A; LIMA, E. C. Complicações do Lúpus Eritematoso Sistêmico e o comprometimento da qualidade de vida. 2018 Brasília, v.2, nº 2, Agosto - Dezembro 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-114

Refbacks

  • There are currently no refbacks.