Reflexão sobre as redes locais e globais: perspectiva sobre possibilidades e fragilidades, conexões e desconexões do município de Jenipapo dos Vieiras/MA / Reflection on local and global networks: perspective on possibilities and weaknesses, connections and disconnections in the municipality of Jenipapo dos Vieiras/MA

Grete Soares Pflueger, Bruna Andrade Ferreira, Shirlen Caroline Rabelo Cabral

Abstract


Este artigo busca refletir sobre as potencialidades de Jenipapo dos Vieiras, localizado no Estado do Maranhão, enquadrado como um dos 30 municípios deste com pior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e, consequentemente, classificado como município em estado de extrema pobreza na perspectiva das redes urbanas, utilizando como referencial teórico o sociólogo espanhol Manuel Castells. A reflexão toma como ponto de partida a análise do histórico do município, evidenciando as condições em que se encontra hoje, na tentativa de esclarecer os motivos para sua atual situação, suas peculiaridades e possibilidades para a criação/inserção em uma rede que se conecte a nível regional e/ou mundial, baseada na divisão territorial do trabalho. Por fim foram analisados dados específicos da Proposta de Regionalização para o Desenvolvimento do Maranhão, com foco no município em questão, elaborada pelo IMESC (Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos), em 2015.


Keywords


potencialidades, Jenipapo dos Vieiras, redes.

References


ABRANCHES, Dunshee de. A esfinge do Grajaú. 2 ed. São Luís: Alumar, 1993.

ALVES, Jovelina Samara Ferreira. Estudo químico e biológico Genipa americana L. Jenipapo/ Jovelina Samara Ferreira Alves.___Natal, 2014.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.

CASTELLS, Manuel. A Era da Informação: Economia, Sociedade e Cultura. A Sociedade em Rede. Volume 1, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

___________________.Fim de milênio. Editora Paz e Terra, 2002.

_____________________. O poder da identidade. Editora Paz e Terra, 2002.

FIGUEIREDO, Raimundo W. de. et al. Características físicas e químicas do Jenipapo. Brasília, 1986.

GEOVIEW. Imagens de jenipapeiros. Disponível em: . Acesso em: 03 de Outubro de 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA. Censo demográfico 2010. Disponível em: . Acesso em: 25 de Setembro de 2018.

_____________________.História. Disponível em: . Acesso em: 01 de Outubro de 2018.

INSTITUTO MARANHENSE DE ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS E CARTOGRÁFICOS. Plano Mais IDH: diagnóstico avançado: Jenipapo dos Vieiras. São Luís, 2016. 60p.

INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA. O que é grilagem? Brasília: INCRA, 2009. Disponível em: . Acesso em: 03 de Outubro de 2018.

PFLUEGER, Grete Soares. Redes e ruínas: apogeu e declínio de uma cidade: o caso de Alcântara - Maranhão/Grete Soares Pflueger.___Rio de Janeiro: UFRJ/PROUB, 2011.

PORTAL SÃO FRANCISCO. Jenipapo. Disponível em: . Acesso em: 03 de Outubro de 2018.

PREFEITURA DE JENIPAPO DOS VIEIRAS. Nossa história. Disponível em: < http://jenipapodosvieiras.ma.gov.br/cidades/cidades>. Acesso em: 02 de Novembro de 2018.

RABELO, Ana Célia. Jenipapo dos Vieiras – Início -13/06/2009. Disponível em: . Acesso em: 09 de novembro de 2018.

VELOSO, Roberto. A esfinge do Grajaú. Disponível em: .Acesso em: 02 de Outubro de 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-056

Refbacks

  • There are currently no refbacks.