Produção de discos de silicato de cálcio para dosimetria da radiação ultravioleta / Manufacturing pellets of calcium silicate for ultraviolet radiation dosimetry

Nara Miranda de Oliveira Cangussu, Álvaro Barbosa de Carvalho Júnior, Carlos David Gonzales Lorenzo, Shigueo Watanabe

Abstract


O objetivo desse estudo foi investigar a resposta termoluminescente (TL) do silicato de cálcio (CaSiO3) para medidas de radiação ultravioleta (UV). Para isso, cristais obtidos com síntese por combustão a 1.550 °C foram moídos e classificados na faixa granlométrica menor que 75 µm. Para a obtenção de discos de CaSiO3 com 6 mm de diâmetro o material particulado foi compactado em uma prensa hidraúlica. Depois disso, os discos prensados foram sinterizados a 1.200 °C. A estrutrua cristalina do CaSiO3 foi confirmada por meio de análises com difração de raios X. Em seguida, as propriedades TL do CaSiO3 foram estudadas por meio da exposição dos discos à luz do sol. Como resultado, foi observado que o sinal TL integrado na região entre 275 °C to 375 °C cresce linearmente com o tempo de exposição. A sensibilidade e a linearidade da resposta TL dos discos de CaSiO3 mostraram-se adequadas, atestando o uso desse material como dosímetro das radiações UV.


Keywords


Termoluminescência, Dosímetro, Ultravioleta.

References


Campos, L.L. (1998), Termoluminescência em materiais e suas aplicações em dosimetria da radiação. Cerâmica, 290, 1-21.

INCA (2018), Incidência de câncer no Brasil, Instituto Nacional de Câncer, Ministério da Saúde, Coordenação de Prevenção e Vigilância, CONPREV, Rio de Janeiro, Brasil.

Kulkarni, S.; Nagabhushana, B.M.; Nagabhushana, H.; Murthy, K.V.R.; Shivakumara, C; Damle, R. (2013), Synthesis Structural Characterization and Thermoluminescence Properties of β-Irradiated Wollastonite Nanophosphor, Transactions of the Ceramic Society, vol 70, n.11, 163-166.

Mahesh, K.; Weng, P.S; Furetta, C. (1989), “Thermoluminescence in solids an its applicattions” Nuclear Tecnology, England.

McKeever, S.W.S. (1985), “Thermoluminescence of solids” University Press, Cambridge.

Mittani, J.C.; Prokic, M.; Yukihara, E.G. (2008), Optically stimulated luminescence and thermoluminescence of terbium-activated silicates and aluminates. Radiation Measurements, vol 43, 323-326.

MTE (2018), Atividades e operações insalubres, NR-15, Ministério do Trabalho, Brasília, Brasil.

Nagpal, J. (2010), “Ultraviolet radiation dosimetry – perspectives, problems & parameters”, X International Congress of The International Radiation Protection Association, Mumbai, 14-19.

Okuno, E., Vilela. M.A.C. (2005), “Radiações Ultravioleta: características e efeitos”, Editora Livraria da Física, São Paulo.

Palan, C.B.; Koparkar, K.A.; Bajaj, N.S.; Omanwar, S.K. (2016), Synthesis and TL/OSL properties of CaSiO3:Ce biomaterial. Materals Letters, vol 175, 288-290.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-045

Refbacks

  • There are currently no refbacks.