Promoção da saúde mental com crianças no âmbito escolar: conversando sobre bullying / Promotion of mental health with children at school: talking about bullying

Giulia Lemos de Almeida, Jorge Luiz Lima da Silva, Ana Luísa de Oliveira Lima, Hikari Watanabe Ferreira, Cláudia Maria Messias, George Luiz Alves Santos, Cristina Portela da Mota, Mariana Alvares de Azevedo Vellasques

Abstract


Objetivo: realizar atividades interativas para discussão, construção de conhecimento e compartilhamento de relatos sobre o bullying. Método e material: foram efetuados cinco encontros, contando com duas reuniões, uma anterior as atividades, e uma para finalizar. Com as crianças, foram realizadas três sessões: duas atividades educativas acompanhadas de debates, e uma roda de conversa. Participaram graduandas de enfermagem UFF e bolsista, envolvidos em projetos da área de promoção à saúde. Resultado: as reuniões e sessões com os alunos foram extremamente produtivas, revelando a necessidade da temática do bullying e suas consequências na vida de quem sofre e pratica. A partir dos debates, foi montada cartilha entregue para os estudantes disseminarem as novas informações. Conclusão: pode-se perceber a importância do Programa Saúde na Escola e das Escolas Promotores de Saúde na construção de conhecimento, tanto da saúde física quanto mental e social.


Keywords


saúde mental; educação em saúde; saúde da criança; bullying.

References


Ministério da Saúde (BR). Programa de Saúde na Escola. Brasília, 2009.

Silva CS. Saúde na escola: intersetorialidade e promoção da saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2019.

Silva MRI, Almeida AP, Machado JC, Silva LS, Cardoso JAF, Costa GD, Cotta RMM. Processo de Acreditação das Escolas Promotoras de Saúde em âmbito mundial: revisão sistemática. Ciência & Saúde Coletiva, 2019; 24(2):475-486.

Piantino CB, Vanin AC, Vieira M, Souza DH. I. Propostas de ações educativas no ambiente escolar como prática de promoção da saúde. Ciência et Praxis, 2016;9(17):49-52.

Alves MG. Viver na escola: indisciplina, violência e bullying como desafio. Cadernos de Pesquisa, 2016;46(161):594-613.

Brandão EC, Matiazi LD. Bullying: violência socioeducacional – desafio permanente. Pedagogia em Ação, 2017;9(1):13-33.

Nakano MM, Gonçalves MFC. Promoção da saúde na educação básica: um estudo com licenciandos em enfermagem. Braz. J. of Develop., 2019;5(7):10480-10491.

Lima ALO, Santos BFT, Almeida GL, Ferreira HW, Mota CP, Messias CM et al. Educação em saúde mental no ambiente escolar: relato de caso. Saúde coletiva, 2019; 09(50):1784-1788.

Cavalcanti PB, Lucena CMF, Lucena PLC. Programa Saúde na Escola: interpelações sobre ações de educação e saúde no Brasil. Textos & Contextos, 2015; 14(2):387-402.

Wolke D, Lereya ST. Long-term effects of bullying. Arch Dis Child., 2015;100:879–885.

Santos SO, Maio APV, Barbosa CBB, Souza JM, Simões VAP. Depressão infantil: sintomas e aspectos sociais, psicológicos naeducação escolar. EDUCERE - Revista da Educação. 2016;16(1):47-60.

Zequinão MA, Cardoso AA, Silva JL, Medeiros P, Silva MAL, Pereira B, Cardoso FL. Desempenho escolar e bullying em estudantes em situação de vulnerabilidade social. J Hum Growth Dev. 2017; 27(1):19-27.

Oliveira CM, Marques VF,Schreck RSC. Aplicação de metodologia ativa no processo de ensino-aprendizagem: relato de experiência. Rev.EletrônicaPesquiseduca, 2017;09(19):674-684.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-028

Refbacks

  • There are currently no refbacks.