Conhecimento de idosos acerca da retinopatia diabetica em hospital de ensino / Knowledge of elderly about diabetic retinopathy in the teaching hospital

Fabiana Gomes da Silva, Bárbara Jeane Pinto Chaves, Lucilla Vieira Carneiro, Mayara Muniz Peixoto Rodrigues, Karinna de Abreu Lima, Andressa Rocha Marques Sitônio, Ana Pedrina Freitas Mascarenhas, Jacira dos Santos Oliveira

Abstract


Objetivo:Verificar o conhecimento  de idosos de um Hospital de Ensino sobre a Retinopatia Diabética. Metodologia: Estudo exploratório, descritivo e abordagem quantitativa, realizado com 98 idosos atendidos em uma unidade de visão no período de Janeiro a Maio de 2018. A seleção dos entrevistados obedeceu a critérios de inclusão e exclusão propostos, com assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os dados foram coletados através de instrumento pré-elaborado pelos pesquisadores, aplicado ao Programa SPSS versão 2.0 e os resultados representados em tabela. O estudo obedeceu a Resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde, com CAAE 80984917.0.0000.5183 e parecer nº 2.454.647. Resultados: Observou-se que 49(47,9%) recebeu o diagnóstico de diabetes a pelo menos cinco anos; 79(80,6%) faz uso de algum medicamento via oral para controle da doença e 54(55,1%) utiliza insulina; 85(86,7%) refere acuidade visual reduzida; 32(32,7%) sofreu alguma queda no último ano; 18(18,46%) utiliza dispositivo para locomoção; 45(46,0%) desconhece o que seria a Retinopatia Diabética; 51(51,1%) tinha realizado consultas com o oftalmologista anteriormente e 50(51,1%) referiu consultas duas vezes ou mais ao ano. Conclusão: Evidenciou-se que quase a metade dos idosos não tem conhecimento acerca da patologia, sinalizando necessidade dos profissionais que os assistem de sensibiliza-los sobre a doença.

 

 


Keywords


Enfermagem, Retinopatia Diabética, Idoso, Conhecimento.

References


ABREU, A.C. et al. Primeiros 5 anos de Implementação do Programa de Rastreio de Retinopatia Diabética no Centro Hospitalar do Porto. Rev. bras.oftalmol., Rio de Janeiro , v. 76, n. 6, p. 295-299, dez. 2017. Disponível em .Acesso em 17 maio 2019. http://dx.doi.org/10.5935/0034-7280.20170061.

ALMEIDA, S.A. et al. Hiperglicemia crônica e o seu comprometimento na visão. Revista Caderno de Medicina. v. 2. n. 2, 2019.

BRASIL. Resolução 466-Conselho Nacional de Saúde,Ministerio da Saúde, 2013. Disponivel em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html

Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2017-2018 / Organização José Egídio Paulo de Oliveira, Renan Magalhães Montenegro Junior, Sérgio Vencio. - São Paulo: Editora Clannad, 2017.

JANNUZZI, F. F., CINTRA, F. A., RODRIGUES, R. C. M., São-João, T. M., & Gallani, M. C. B. J. Adesão medicamentosa e qualidade de vida em idosos com retinopatia diabética. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 22, n.6, p:902-910, 2014.

LIMA, L.R. et al. Qualidade de vida e tempo desde o diagnóstico de Diabetes Mellitus entre os idosos. Rev. bras. geriatr. gerontol. Rio de Janeiro, v. 21, n. 2, p. 176-185, abr, 2018. Disponível em . Acesso em 10 de janeiro de 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1981-22562018021.170187.

MALERBI, F.K. et al . Doenças retinianas em um centro de referência de capital estadual na Amazônia Ocidental. Einstein (São Paulo), São Paulo , v. 13, n. 4, p. 530-534, dez. 2015 . Disponível em .Acesso em 20 maio 2018. http://dx.doi.org/10.1590/S1679-45082015AO3538.

MENDANHA, D.B. de A. et al. Fatores de risco e incidência da retinopatia diabética. Rev. bras.oftalmol., Rio de Janeiro, v. 75, n.6, p.443-446, Dec. 2016 . Disponivel em :. Acesso em 16 May 2019. http://dx.doi.org/10.5935/0034-7280.20160089.

MOZETIC, V.; et al. What do Cochrane systematic reviews say about diabetic retinopathy?. Sao Paulo Med. J., São Paulo , v. 135, n. 1, p. 79-87, jan. 2017 . Disponível em . Acesso em 16 maio 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1516-3180.2016.0356040117.

NOGUEIRA, L.G.F; NOBREGA, M.M.L. Construção e validação de diagnósticos de enfermagem para pessoas com diabetes na atenção especializada. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v.49, n.1, p.54-60, Feb. 2015. Disponivel em: . Acesso em 16 fev 2019. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420150000100007.

SANTOS, et al. Complicações microvasculares em diabéticos tipo 2 e fatores associados: inquérito telefônico de morbidade autorreferida. Ciência e Saúde Coletiva, v.20, p.761-770, 2015.

SCHMIDT-ERFURTH, U.; et al. Guidelines for the Management of Diabetic Macular Edema by the European Society of Retina Specialists (EURETINA). Ophthalmologica. v.237, n.4, p:185-222. 2017doi: 10.1159/000458539. Epub 2017 Apr 20.

STEHOUWER, C.D. Microvascular Dysfunction and Hyperglycemia: A Vicious Cycle With Widespread Consequences. Diabetes, v.67, n.9, p.1729-1741, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-014

Refbacks

  • There are currently no refbacks.