A habilidade linguística oral do professor de Inglês e sua relação com a prática pedagógica: percepções de docentes / The english teacher oral language skill and its relationship with pedagogical practice: perceptions of teachers

Zaira Dantas de Miranda Cavalcanti, Relma Lúcia Passos de Castro Mudo, Isabela Camila Barreto de Oliveira, Marlécia Maria da Silva, Annye Louiza dos Santos Evangelista

Abstract


Este artigo relata os resultados obtidos em estudo acerca da concepção de professores de Língua Inglesa sobre a importância do letramento deste idioma, bem como a relevância da competência linguística de docentes no exercício dessa função, tendo o aporte teórico de Almeida (2015) Bakhtin (2006), Leffa (2011), dentre outros.  Tivemos por objetivo investigar o conhecimento linguístico de professores de inglês e seus reflexos na prática pedagógica frente a demanda atual da aquisição dessa língua. O estudo é de caráter qualitativo e tem como sujeitos dez professores de inglês da rede pública de ensino da cidade de Petrolina- PE, os quais responderam à um questionário semiestruturado que abordava a percepção do professor acerca da relevância do estudo de inglês e relação do saber linguístico dos docentes com a aprendizagem dos alunos. Os dados revelam que a maioria dos professores considera a importância de sua atuação no processo ensino aprendizagem, embora declarem não possuir a competência linguística necessária e afirmam não haver oportunidades de ambientes de formação continuada. Os resultados apontam para a necessidade de investimentos em políticas públicas que favoreçam o letramento dos professores de Língua Inglesa, visto que a falta de conhecimento da língua constitui um obstáculo e reflete negativamente no desempenho pedagógico do professor.


Keywords


Ensino de Língua Inglesa, Competência linguística, Formação continuada.

References


ALMEIDA FILHO. Dimensões Comunicativas no Ensino de Línguas. 8 ed. Campinas: Pontes, 2015.

BRASIL, Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB. Lei n° 9394/96. Brasília, 1996.

______________. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Fundamental. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Brasília, 1998.

LEFFA, Vilson J. Criação de bodes, carnavalização e cumplicidade: considerações sobre o fracasso da LE na escola pública. In: LIMA, Cândido D. Inglês em escolas públicas não funciona? Uma questão, múltiplos olhares. Campinas: Pontes, 2011.

MARTELOTTA, Mário Eduardo. Manual de Linguística. São Paulo: Contexto, 2010.

PAIVA, Vera Lúcia M. de O.(Org.). Ensino de Língua Inglesa: reflexões e experiências. 4. ed. Campinas: Pontes, 2010.

_____________. A LDB e a Legislação vigente sobre o Ensino e a Formação de professor de Língua Inglesa. In: STEVENS, Cristina M. T. (Org.). Caminhos e Colheita: Ensino e Pesquisa na área de inglês no Brasil. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2003.

WALESKO, Angela; PROCAILO, Leonilda. Espaços para a formação continuada de professores de língua inglesa. In: JORDÃO, Clarissa M.; MARTINEZ, Juliana Z.; HALU, Regina Célia. (org.). Formação “Desformatada” Práticas com professores de Língua Inglesa. Campinas: Pontes, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-012

Refbacks

  • There are currently no refbacks.